Promoção - Como Procurar Um Cachorro Perdido

Olá!!! 
Bienal rolando e eu aqui, sendo fofa com vocês, e trazendo um livro mais fofo ainda! 
Como Procurar Um Cachorro Perdido é uma história linda sobre uma garota autista e seu cachorro, que fez a Luh chorar. E quando a Luh chora, meu bem, você se prepara para se afogar em lágrimas. 
Não percam essa chance e se inscrevam já (se não por vocês, por mim, que estou doida ler esse livro)!


Resenha - Novamente Você

Resenha feita pela 
Título: Novamente Você
Livro Único.
Autora: Juliana Parrini
Editora: Suma de Letras
Páginas: 237
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon

Sinopse: Maria Rita foi embora para nunca mais voltar. Deixou para trás o marido, os pais, as irmãs e uma vida de pobreza em uma cidade pequena da qual sempre quis sair. Doze anos depois, ela volta como partiu: sem maiores explicações. Mas agora Maria Rita é a sofisticada Miah, acostumada ao glamour e à vida superficial de Hollywood. Ao chegar, ela se dá conta de que não foi a única que mudou: seu ex-marido, Leonardo Júnior, agora é um homem bem-sucedido, diferente do caiçara com quem ela se casou ainda muito jovem. Empresário de sucesso, Léo parece ter superado o trauma de ser abandonado pelo grande amor de sua vida, até que reencontra a mulher que pensou que nunca mais veria. Apesar da mágoa, ele não consegue deixar de ter vislumbres de sua Maria Rita sob a pele da arrogante Miah. E resistir à antiga paixão será o maior desafio que já enfrentou.

A Trama: Muito bom quando um livro te traz mais do que você esperava, e foi isso que aconteceu com Novamente Você. Fui surpreendida com uma trama curta, direta e gostei demais. Os personagens tem um crescimento incrível e a história segue num ótimo desenvolvimento. A saída de Maria Rita de Ilha Grande e seus motivos aparentes me deixaram com uma péssima primeira impressão dela, assim como seus primeiros dias após a volta dos Estados Unidos. O mesmo acontece durante as primeiras aparições de sua família, tive impressões que acabam por se modificar algumas páginas a frente... Claro que isso contribuiu para que esse não fosse apenas mais um romance clichê, apesar de algumas características previsíveis, mas uma trama que mexeu com minhas emoções e não entrou no marasmo em capítulo nenhum.

Resenha - Garota Online Em Turnê


Resenha feita pela Maay!  
Título: Garota Online Em Turnê
Título Original: Girl Online On Tour
Série: Garota Online
1- Garota Online (2015)
2- Garota Online Em Turnê (2016) 
3- Girl Online Going Solo 
Autor: Zoe Sugg
Editora: Verus
Páginas: 294
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Fnac // Amazon 

Eu amei, mas em alguns momentos confesso que odiei - e muito.
P.S.: Essa resenha não contém spoilers do primeiro livro, exceto na sinopse.


Sinopse: Penny está de malas prontas!
Quando Noah a convida para acompanhá-lo em sua turnê pela Europa, ela mal pode esperar para passar semanas na companhia de seu fantástico namorado roqueiro. Mas, entre a agenda cheia de Noah, seus companheiros de banda não tão amigáveis e mensagens ameaçadoras de fãs invejosas, Penny começa a se perguntar se foi feita para a vida em turnê. Ela sente muita falta da família, de seu melhor amigo, Elliot... E de seu blog, o “Garota Online”. Será que Penny vai aprender a equilibrar vida, amor, amizade, planos para o futuro — tudo isso com os pés na estrada —, ou vai pôr tudo a perder nas férias de verão mais emocionantes e imprevisíveis da sua vida?

A Trama: Se o primeiro volume da série demorou bastante para me prender,  o segundo me fez ficar grudada às páginas desde o início. E isso foi um ponto muito positivo.
Por outro lado, a trama de Garota Online me agradou mais do que a desenvolvida nesse segundo livro. Mais de uma vez eu tive que pausar a leitura e ir desabafar com alguém, de tanta raiva que os protagonistas me fizeram passar - Penny por ser tão sonsa e Noah por ser tão filho da $#@%. Em um momento onde o girl power está tão em alta, é bem revoltante ler uma garota de 16 anos tão submissa ao namorado. 
Enfim... Apesar dos pesares a leitura ainda é agradável, e pretendo continuar acompanhando a série. 

Resenha - O Androide

Resenha feita pela Tay!
Título: O Androide

Livro Único.
Autor: Paulo de Castro
Editora: Talentos da Literatura Brasileira (Novo Século)
Páginas: 256
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: 
Amazon // Saraiva // Submarino 

Sinopse
"Percebeu que se, de fato, um Deus que zela pelos humanos existisse, não designaria uma máquina para ser o profeta. Esse Deus, ora cruel, ora misericordioso, nem ao menos permitiria a própria extinção dos seres humanos. Poderia a máquina ser esse Deus, dando vida de novo aos homens?". Esse e outros sinais elétricos varriam o pro­cessador de JPC-7938 com velocidade sobre-humana. Processava uma infinidade de outras informações ao mesmo tempo, o que diminuía ainda mais a energia da sua bateria. Talvez era isso mesmo que ele quisesse, para consumar de uma vez o que já estava fadado ao fracasso. Sua bateria durou quatro horas até o desligamento completo. Nessas intermináveis horas, em que não via nada além da densa neblina, que ofuscava o céu azul, cercado de nuvens brancas, percebeu que tudo não passava de coincidência. Que o planeta fora criado, de fato, ao acaso, e que não havia um destino ou uma missão a ser cumprida; apenas a existência, até o inevitável dia do fim.

A Trama: A história se passa mil anos depois dos robôs terem se rebelado e extinto a raça humana. Além disso, androides que tentaram ajudar seres humanos durante a guerra também foram caçados e destruídos, restando alguns poucos, entre eles JPC-7938, OPR-4503 e NCL-6062, os protagonistas dessa história. Quando conhece OPR-4503, JPC-7938 descobre a possibilidade de restaurar a raça humana, e juntos vão embarcar nessa jornada, tentando sobreviver à sentinelas e a H1N1, o grande vilão da história. O livro é muito gostoso de ser lido e bem interessante, muitas vezes durante a leitura me peguei pensando qual a probabilidade de uma revolta dessas acontecer (se algum dia conseguirem construir robôs como os da ficção-científica). Algumas coisas não me convenceram tanto na história, mas o livro inteiro me manteve interessada em saber como a missão daqueles dois androides terminaria.  

Promoção - A Coroa

Olá gente fofa!!! 
Sexta feira está chegando!!! Estou maluca, pirada e ansiosa para a viagem e, ainda assim, consegui um tempinho para trazer uma super promo para vocês. Estão autorizados a me amar (hahaha). 
A Coroa é um livro que dispensa apresentações né... Ele é o quinto e teoricamente último volume da série A Seleção.
Não percam essa chance e se inscrevam já!


Mini Resenhas #4

Como em breve a Editora Record irá lançar mais um volume da série Becky Bloom, resolvemos fazer mini-resenhas sobre a série, para que quem não conhece possa conhecer, e quem já conhece possa relembrar. 

PS: Essa resenha contém spoillers (porque não tem como evitar). 

Record - 2000 - 432 páginas
Nota: 44
Meu livro favorito da série. Foi meu primeiro contato com Sophie Kinsella, e considerando que ela é uma de minhas autoras favoritas, vocês podem imaginar o quanto esse livro me cativou.
Aqui temos Becky mais imatura, estabanada e engraçada do que em qualquer um dos outros volumes! Além disso, é tão fofo ver o romance entre a nossa querida protagonista e Luke nascer. Na verdade, o livro é uma fofura do início ao fim! Se você não tiver paciência para ler a série toda, leia pelo menos esse (ele é muito melhor que o filme - MUITO). 



Record - 2001 -  466 páginas
Nota: 42
Esse livro é bem parecido ao primeiro no que diz respeito à trama, ele ainda foca bastante nas compras e tal. A única diferença é que, agora, Becky se mudou para Nova York - que vamos combinar, para uma consumista, é o paraíso. E claro, ela e Luke agora são um casal real, lindo maravilhoso e apaixonante.
Agora, um porém, sim, esse livro é parecido com o primeiro, mas ele compensa muito. A escrita sensacional de Sophie faz com que seja impossível você não se envolver com a história. 



Record - 2004 - 446 páginas
Nota: 42
Meu segundo favorito! Esse é um dos livros mais sentimentais da série, e foi o que conseguiu me conquistar de vez.
Primeiro porque ver Luke e Becky finalmente oficializando seu amor, é lindo. Segundo porque pudemos conhecer um pouco mais sobre a família de Luke, tirando um pouco do foco nas compras e na protagonista. E terceiro porque gente, não tem como você não se divertir vendo Becky planejar dois casamentos, um na Inglaterra e um nos Estados Unidos, no mesmo dia! Isso é confusão na certa!

Record - 2006 - 480 páginas
Nota: 40
Depois de quase um ano viajando em lua-de-mel (existe um conto chamado Shopaholic on Honeymoon que, infelizmente, não foi publicado no Brasil), Becky está empolgadíssima para voltar para casa. Porém, quando ela chega, as coisas não são bem como ela esperava.
Esse livro me deixou dividida, gostei muito de ver Becky construir uma relação com a irmã que caiu de paraquedas em sua vida. Mas o estremecimento de sua amizade com Suze foi desnecessário. Bex e Suze são melhores amigas, foram feitas uma para outra e nem Sophie tem o direito de atrapalhar isso!!!

Record - 2008 - 514 páginas
Nota: 38
Becky está grávida!!! Uma das coisas que mais gosto nessa série é ver a evolução dela e de Luke como um casal. Normalmente, os livros acabam quando o casal finalmente fica junto e mal temos tempo de aproveitar sua felicidade. Aqui, temos o felizes para sempre ao final de cada volume, e depois temos mais, e mais e mais!!!
Enfim... Becky está grávida, e é lógico que ela vai se meter em confusão por causa disso. Como se não bastasse curar seus enjoos matinais com compras, ela ainda arruma uma obstetra que é nada mais nada menos do que uma ex de Luke!

Record - 2011 - 544 páginas
Nota: 34
Aqui, na minha opinião, infelizmente a série começa a decair. Não me entendam mal, o livro tem seus pontos positivos. Essa ainda é uma série da qual gosto muito e pretendo continuar a acompanha-la até o final, mas sabe quando você acha que o autor devia parar por ali? Pois é.
Podem falar o que for, que criança é fofo e blablabla. Minnie é chata. É uma criança extremamente mal educada, birrenta e que me irritou absurdamente ao longo das páginas! Entendo que era para ela ser engraçadinha, consumista como a mãe e tal, mas pra mim não funcionou. 


Record - 2015 - 560 páginas
Nota: 30
Sabem o que eu falei ali em cima sobre ser a hora de parar? Esse livro só me convenceu ainda mais disso.
A leitura rápida e a escrita maravilhosa da autora foram as únicas coisas que me fizeram insistir na leitura, porque meu deus!!! Essa trama tem tantos absurdos! O descaso de Becky com todo mundo, além de me irritar, não convenceu! Ela nunca foi assim, e honestamente, é difícil acreditar que mudaria tão radicalmente de uma hora para outra. Isso sem falar que Sophie mais uma vez foi mexer na amizade entre ela e Suze, e isso é imperdoável!!! 



Becky Bloom em Hollywood, apesar de ser o livro do qual menos gostei, foi o primeiro que acabou com um cliffhanger bombástico, e é por isso que, apesar dos pesares, mal posso esperar pelo oitavo volume da série: Becky Bloom ao Resgate!



Promoção - Estrela Amarela

Oi, oi, oi!!! 
Cinco dias para a Bienal!!! Quem está animado? Quem vai? Eu e algumas das meninas estaremos lá nos dias 27 e 28 e estamos suuuuper ansiosas. Mas tudo bem, eu sei que não é disso que vocês querem saber, então, lá vai. 
O livro de hoje é cruel e mexeu muito comigo. E, exatamente por isso, merece muito ser lido. Estrela Amarela é baseado em fatos reais e conta a história de uma menina de apenas quatro anos que se viu presa em um gueto durante o Holocausto. 
Se fosse vocês, não perderia a chance de me inscrever!