Resenha - A Incendiária

Título: A Incendiária
Título Original: Firestarter
Livro Único.
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Páginas: 448
Ano: 2018 (Original: 1980)
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon 

SinopseUma criança com o poder mais extraordinário e incontrolável de todos os tempos. Um poder capaz de destruir o mundo. Após anos esgotado no Brasil, A Incendiária volta às livrarias como parte da Biblioteca Stephen King, coleção de clássicos do mestre do terror em edição especial com capa dura e conteúdo extra. No livro, Andy e Vicky eram apenas universitários precisando de uma grana extra quando se voluntariaram para um experimento científico comandado por uma organização governamental clandestina conhecida como “a Oficina”. As consequências foram o surgimento de estranhos poderes psíquicos — que tomaram efeitos ainda mais perigosos quando os dois se apaixonaram e tiveram uma filha. Desde pequena, Charlie demonstra ter herdado um poder absoluto e incontrolável. Pirocinética, a garota é capaz de criar fogo com a mente. Agora o governo está à caça da garotinha, tentando capturá-la e utilizar seu poder como arma militar. Impotentes e cada vez mais acuados, pai e filha percorrem o país em uma fuga desesperada, e percebem que o poder de Charlie pode ser sua única chance de escapar.

A Trama: Andy e Charlie McGee estão fugindo de alguns agentes do governo que volta e meia surgem para persegui-los. Isso porque eles são pessoas especiais, que podem representar uma ameaça, mesmo Charlie tendo apenas 7 anos de idade. Já tinha ouvido falar bastante desse livro antes de tê-lo em mãos e finalmente poder lê-lo. Apesar de já ter lido alguns livros do Stephen King antes, a primeira vez que fiquei sabendo dessa história foi pesquisando todas as referências de Stranger Things, e consegui ver bastante semelhança nas histórias de Charlie e Eleven. De um modo geral, esse livro foi uma montanha-russa para mim; no começo eu estava bem empolgada e curiosa para saber o que iria acontecer, depois as coisas foram esfriando um pouco, pra no final um pouco da empolgação voltar. 

Resenha - Perigo: Garotas Unidas!

Título: Perigo: Garotas Unidas!
Livro Único.
Autor: Babi Dewet, Iris Figueiredo, Sofia Soter e Dayse Dantas
Editora: Agência Página 7
Páginas: 154
Ano: 2018
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon 

SinopseJá tiraram seus vestidos pretos e delineadores do armário? Com histórias de amizade e feminismo, as escritoras Babi Dewet, Dayse Dantas, Iris Figueiredo e Sofia Soter trazem garotas e mulheres reais e universos místicos e emocionantes para bruxa nenhuma botar defeito! “Perigo: Garotas Unidas!” é a terceira coletânea da Página 7.Não tem nada mais mágico do que a companhia de uma amiga, né? Por isso, Babi Dewet nos leva ao show secreto da banda feminina Stacy, com quatro integrantes que são poderosas e carinhosas – embora elas não gostem de admitir. De volta à cidade natal, as garotas terão que se unir para mostrar mais uma vez ao mundo do que elas são capazes e o quanto são mulheres incríveis. Sofia Soter traz a história de três amigas que, após algumas mortes acontecerem pela escola, precisarão se unir mais do que nunca não só por uma questão de amizade e, sim, de sobrevivência. Com um parque de diversões como cenário, Iris Figueiredo narra a aventura de uma garota que, ao entrar na mansão mal-assombrada com praticamente um fantasma de seu passado, verá parcerias inesperadas serem formadas e lidará com lembranças de um passeio de roda-gigante muito especial. Com um toque místico, Dayse Dantas nos mostra a relação de três irmãs druidas em treinamento que enfrentarão a represália do Conselho por um acidente ocorrido em uma festa de Halloween. Não se esqueça do seu chapéu, do gato preto e da luz da lua, e venha conhecer esta nova coletânea de dia das bruxas!

A TramaEssa é uma coletânea de contos passados no dia das bruxas com um tema ligando todos eles: amizade feminina! Cada conto nos é apresentado com um gênero diferente, e eu adorei como, mesmo assim, as autoras conseguiram fazer com que eles realmente parecessem pertencer ao mesmo lugar, nenhum está fora de contexto aqui.

Resenha - A Lógica Inexplicável da Minha Vida

Título: A Lógica Inexplicável da Minha Vida
Título Original: The Inexplicable Logic of My Life
Autor: Benjamin Alire Sáenz
Editora: Seguinte
Páginas: 448
Ano: 2017
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva 

Sinopse: 
Salvador levava uma vida tranquila e descomplicada ao lado de seu pai adotivo gay e de Sam, sua melhor amiga. Porém, o último ano do ensino médio vem acompanhado de mudanças sobre as quais o garoto não tem nenhum controle, como ímpetos de raiva que ele não costumava sentir. Além disso, Salvador tem que lidar com a iminente morte da avó, com uma tragédia repentina que acontece na vida de Sam e com o fato de seu pai estar se reaproximando de um ex-namorado. Em meio a esse turbilhão de sentimentos, que vão do luto ao amor e da amizade à solidão, Sal passa a questionar sua própria origem e identidade, e tenta encontrar alguma lógica para a sua vida - uma tarefa que parece quase impossível.

A Trama: Salvador é um adolescente no último ano do ensino médio que leva a vida com bastante calma. Ele tem tudo o que poderia desejar: um pai adotivo carinhoso, uma melhor amiga que está sempre com ele e a avó mais amável do mundo. Porém, em poucos meses, seu mundo vai virar de ponta cabeça quando sua vó descobre uma doença terminal, seu pai se aproxima do ex-namorado e sua melhor amiga também tem que enfrentar problemas em casa. O livro não tem necessariamente uma trama cheia de eventos, é uma narrativa baseada mais em desenvolvimento de personagens do que de ação. Sei que essa característica do autor não agrada muitas pessoas, mas se você estiver aberto à essa oportunidade, o livro vale muito a pena.

Resenha - Aos Dezessete Anos

Título: Aos Dezessete Anos
Título Original: In Search of Us
Autora: Ava Dellaira
Editora: Seguinte
Páginas: 448
Ano: 2018
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva 

Sinopse: 
Em seu novo romance arrebatador, a autora de Cartas de amor aos mortos apresenta uma mãe e uma filha que precisam compreender o passado para poder seguir em frente. Quando tinha dezessete anos, Marilyn viveu um amor intenso, mas acabou seguindo seu próprio caminho e criando uma filha sozinha. Angie, por sua vez, é mestiça e sempre quis saber mais sobre a família do pai e sua ascendência negra, mas tudo o que sua mãe contou foi que ele morreu num acidente de carro antes de ela nascer. Quando Angie descobre indícios de que seu pai pode estar vivo, ela viaja para Los Angeles atrás de seu paradeiro, acompanhada de seu ex-namorado, Sam. Em sua busca, Angie vai descobrir mais sobre sua mãe, sobre o que aconteceu com seu pai e, principalmente, sobre si mesma.

A TramaUma história geracional que foca bastante na relação de mães e filhas, o livro é contado em duas linhas temporais distintas. Tudo começa com a história atual de Angie, uma adolescente mestiça que vive com a mãe e que sempre ouviu falar que seu pai havia morrido. De um lado, acompanhamos a história da mãe de Angie, Marilyn, e o romance dela com o pai da menina. Do outro, intercalamos com o relacionamento atual de Angie com o namorado enquanto ela tenta descobrir mais sobre seus pais para poder entender a si mesma.

Melhores Leituras de 2018

Oi, gente! Mais um ano finalizado e hoje eu trouxe para vocês meu Top 5 melhores leituras de 2018. Eu estava sentindo saudades de gravar vídeos, por isso dessa vez trouxe meu top nesse formato, um jeito que eu consigo falar melhor minha relação com cada um deles. Espero conseguir voltar a gravar mais esse ano e também espero que vocês gostem desse formato.