Resenha - Não sou este tipo de garota

Resenha feita pela Mari
Título: Não sou este tipo de garota
Título Original: Not That Kind of Girl
Livro Único
Autora: Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas: 248
Ano: 2011
Saiba mais: Skoob  // Goodreads
Comprar: Saraiva // Fnac

'Não sou este tipo de garota' é definitivamente o estilo de livro que eu não costumava ler, mas me apaixonei pela história e, seguindo o gênero, pretendo ler 'Anna e o beijo francês'.

Sinopse: Perversa ou inofensiva? Confiável ou hipócrita? Controlada ou insensata? A vida é sobre suas decisões e escolhas, e Natalie Sterling se orgulha de sempre fazer as melhores. Ela ignora os caras populares e babacas da escola, sempre ganha medalhas de honra e está prestes a ser a primeira estudante jovem a ser presidente do conselho estudantil em anos. Se apenas todas as outras garotas fossem tão sensíveis e fortes. Como o grupo de novatas que querem ser brinquedos dos jogadores de futebol. Ou sua melhor amiga, que tomou uma decisão idiota que quase arruinou sua vida. Mas ser sensível e forte não é fácil. Não quando uma brincadeira quase a faz ser expulsa. Não quando seus conselhos dóem mais do que ajudam. Não quando um cara que ela já deu um fora se torna o cara que ela não consegue parar de pensar. A linha entre o certo e o errado foi distorcida, e cruzá-la poderá resultar em um desastre… ou se tornar a melhor escolha que ela já imaginou fazer.


A capa do livro foi o que me convenceu, a Lu sempre reclama que eu mal leio a sinopse e já quero comprar só pela capa (o que não deixa de ser verdade). Ouvi muitos comentários sobre a infantilidade do livro e eu concordo, é mesmo um estilo para garotas de 14 anos mas, é também para as de 30, se você já passou a época da escola vai adorar as lembranças que o livro vai trazer. A princípio não tinha certeza se seria uma boa ideia trocar esse livro (sim, skoob facilitando a minha vida) e até a metade do livro pareceu mesmo não ter uma história em si, só mais uma Natalie (protagonista) contando sobre sua adolescência e todas as responsabilidades como presidente do conselho, é então que você se pergunta porque eu iria me apaixonar pela história de Siobhan Vivian, e eu te respondo Connor Hughes.
"Um único momento tomava toda a minha mente, todo o meu corpo: eu, Natalie Sterling, havia acabado de beijar, e dispensar, Connor Hughes. Senti uma paz estranha carregando esse enorme segredo, pois sabia que ninguém no ginásio acreditaria. Nem eu mesma conseguia acreditar."
Quando esse jogador de futebol de cabelos castanho ondulados começa a se aproximar da Natalie, a história ganha um rumo completamente diferente e a garota certinha e prevenida começa a contrariar tudo o que diz e pensa. A história se torna tão viciante que passei minhas aulas de matemática e física devorando o final do livro. Mas então porque só três nuvens na classificação? Primeiro pois, metade da história, apesar de fluir, não é tão atrativa e viciante, segundo, e o que me deixou mais triste, é que o livro (assim como todos os outros da autora) é volume único e quando você consegue passar toda explicação da vida da protagonista e o romance começa, parece que a história termina tão rápido que te deixa com aquele gostinho de água na boca.
Classificação:
Quer escolher a próxima resenha? É só clicar lá em cima em "Resenhas" e escolher um dos livros da lista!