Resenha - Adeus à Humanidade

Resenha feita pela Luh!   
Título: Adeus à Humanidade
Autora:Marcia Rubim
Editora: Novo Século
Páginas: 392
Ano: 2012
Saiba mais: Skoob
Comprar:Siciliano // Saraiva

Dando início ao nosso especial do Entre Linhas e Letras e estreando nossa nova forma de resenhas com "divisões"! Tem um presentinho para quem comentar nas resenhas deste especial, confira aqui!


Avisos Inciais: Dois pequenos avisos: De todas as sinopses que eu já li, essa é uma das que tem mais spoilers, então não recomendo que você a leia (eu farei um pequeno resumo antes da resenha). E mil perdões, eu esqueci os quotes!

Sinopse: Uma paixão acendendo após mais de um século de escuridão. Uma doença apagando a luz de uma vida. Somente sua mordida poderia curá-la. Apenas seu tipo sanguíneo seria capaz de matá-lo. Como um amor tão improvável sobreviveria? Do que você seria capaz de abdicar para salvar alguém e vivenciar, mesmo que por pouco tempo, um amor jamais sentido antes? Da cura de milhares de humanos? Da própria vida? Stephanie tinha todos os motivos do mundo para não acreditar em seres míticos ou na felicidade, mas vai descobrir que estava totalmente enganada. Sua alma gêmea existe. O problema é que a linha do tempo que a separa do amor eterno é muito tênue. E somente um milagre possa uni-los novamente.

A Trama: Adeus à Humanidade conta a história de Stephanie, uma mulher de aproximadamente 23 anos que, de uma hora para outra, se vê encarregada de tomar conta de sua família. Não vou dar detalhes de como isso acontece, mas é bem no início da história e eu ainda não tinha me conectado muito com a protagonista, então acho que não foi um momento tão impactante na hora. Stephanie então vai trabalhar em um hospital de São Paulo, onde conhece muitas enfermeiras e médicos simpáticos e um doutor não-tão-simpático-assim conhecido como Dr. Richard. Os dias passam lentamente enquanto a protagonista se acostuma com a rotina do hospital e eu gostei muito de como temos tempo para conhecer melhor a vida da mulher e nos aprofundar em sua relação com o Dr. Richard. A parte onde Stephanie está trabalhando no hospital foi, na verdade, minha predileta! 
A trama de Adeus à Humanidade pode parecer simples a princípio, mas toma rumos inesperados (especialmente se você não leu a sinopse cheia de spoilers) e o final é muito bom, eu não me decepcionei. O livro é bem diferente de outros do gênero e passei por momentos onde queria abraçar os personagens e outros onde gostaria muito de poder gritar com eles.


Os Protagonistas: Eu não gostava muito de Stephanie no início da história, ela me parecia uma jovem mimada e comum mas não demorei a me apaixonar por sua coragem e determinação. Gostei muito de ver sua evolução durante todo o livro e com certeza foi uma protagonista digna da história.
Richard é o tipo de personagem que você antagoniza desde o início e ao mesmo tempo adorava sua personalidade forte e odiava sua teimosia. É um personagem um pouco complexo e foi muito interessante aprender sobre seu passado, que explica tanto de seu comportamento irracional.

Os Personagens Secundários: Apesar de ter adorado os protagonistas, a história não nos deixa conhecer muito dos personagens secundários e este é um dos poucos pontos negativos do livro, na minha opinião. Minha personagem secundária favorita é Ava, a "irmã" de Richard, uma mulher estonteante que tornou a história ainda mais prazerosa e espero ver ainda mais dela na continuação do livro!

Capa, Diagramação e Escrita: Apesar de ser um pouco escura a capa do livro é bem bonita e eu gostei especialmente do detalhe da linha de batimentos cardíacos que acrescentaram na altura do título! No início eu estranhei a escrita da Marcia Rubim, que utiliza gírias brasileiras aqui e ali, mas assim que me acostumei foi uma leitura muito agradável e gostei bastante de sua atenção ao descrever personagens e ambientes.

Concluindo: Sempre tive um pouco de preconceito com livros nacionais mas fiquei feliz por ter dado uma chance à Adeus à Humanidade, pois o livro me surpreendeu bastante,me apaixonei pelos personagens e a história me prendeu de uma maneira que jamais teria previsto.
Classificação:
Quer escolher a próxima resenha? É só clicar lá em cima em "Resenhas" e escolher um dos livros da lista!