Resenha - O Poder dos Seis

Resenha feita pela Mari!  
Título: O Poder dos Seis

Título Original: The Power of Six
Série: Os Legados de Lorien (#2)

Autora: Pittacus Lore
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Ano: 2011
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Saraiva

Contém spoilers de Eu Sou o Número Quatro.

Sinopse: Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos — mas somos reais. Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. O Número Um foi capturado na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Eu sou o Número Quatro. Eu sou o próximo. 

A Trama: Eu bem que queria fugir dos spoilers mas a própria sinopse é cheia deles, então recomendo que só continuem a ler os que já conhecem o primeiro livro ou os que não se importam com spoilers.
Recapitulando: No final de Eu sou o Número Quatro aparece a nova personagem, a número Seis. Ela ajuda John na batalha contra os Mogadorianos dentro da escola e é lá que o Henri acaba morrendo, os dois agora tem que se virar, se recuperar de todos os danos e treinar muito pois esse foi só um teste. Apesar dessa batalha no colégio ser aparentemente bem diferente da que acontece no filme eu achei bem melhor, você consegue sentir o pavor dos personagens e toda coragem que eles precisam encontrar pra derrotar seus inimigos.
O Sam, aquele garotinho que é viciado em aliens do primeiro livro segue nessa jornada com eles e acabamos descobrindo que ele tem um importante papel nisso tudo, também conhecemos nesse livro a número Sete, que estava na Espanha em um convento, há muito tempo tendo que se virar sozinha e sem treinamento.


Os Protagonistas: Não posso deixar de citar a técnica dos autores, que conseguiram encaixar as histórias entre os dois protagonistas mudando a fonte da letra, de um lado o John vivendo todas as aventuras com a Seis e o Sam nos EUA e do outro a Marina na Espanha tentando descobrir um pouco mais dos seus legados, do seu passado e dos outros cinco. Os autores conseguiram misturar tão perfeitamente as histórias, com tantos detalhes, que fez esse volume muito melhor que o primeiro.
Todo o romance do primeiro livro foi embora, assim como Sarah, ela ainda é citada algumas vezes mas aparece pouco, agora é concentração no treinamento e em encontrar os outros, John se mostra muito centrado e dedicado, fica cada vez mais perfeito.
Marina é uma garota muito corajosa, conseguiu se virar por muito tempo sem ser descoberta e sem sua protetora que foi 'sugada' pela religião e esqueceu todas as crenças em Lorien. 

Os Personagens Secundários: Do lado de John: A número Seis se mostra muito experiente e começa a ensinar Sam e John,  seus legados são muito mais legais e desenvolvidos que os do protagonistas e descobrimos tudo que ela teve que passar antes de conhecê-lo, ela é forte e nunca perde o foco, amei conhecê-la. Sam agora não é mais um menino ingênuo que está sozinho no mundo, ele começa a treinar junto com os Legados e fica cada vez mais forte. Apaixonado pela número Seis, ele está sempre tentando deixá-la orgulhosa. Esperto e  com um passado que pode mudar o futuro dos três, ele parece ter um papel muito importante no próximo volume.
Do lado da Marina: Ella é uma garotinha de 7 anos que aparece no convento quando seus pais morrem, ela a princípio é só uma garota muito ingênua, mas quando vamos conhencendo-a melhor, muita coisa muda. Adelina é a guardiã da Marina, mas não é o que parece, quando o convento as acolheu Adelina começou a ficar crente demais na Biblía e na religião, até que deixou de lado Marina e todas as suas obrigações como protetora, sinto que ela vai nos surpreender cada vez mais.
O autor usa muitos personagens secundários então eu podia passar horas aqui falando do Héctor (um amigo da Marina), do fofo do Bernie Kosar que continua presente ou dos tantos outros personagens que aparecem pelo caminho mas vou encerrar aí. 

Capa, Diagramação e Escrita: A capa é sem graça, claro que tem a ver com a história e completa a capa original do primeiro livro, mas seria mais legal se tivesse os atores do filme. Eu realmente amei o recurso dos autores em compartilhar ambas histórias e o mais legal é que não fica uma coisa confusa, você lembra perfeitamente do que aconteceu quando a história foi interrompida, claro que existem pedaços em que o capítulo acaba super emocionante em um dos narradores e começa meio sem graça no outro, mas não tira a perfeição do livro. A escrita continua a mesma, narradores em primeira pessoa com o John e a Marina.

Concluindo: Mesmo pra quem não gostou do primeiro pode gostar desse, foge do romance, vamos conhecendo melhor os personagens e tendo muita ação. Amei o livro e espero que o terceiro volume, que já sai em outubro, seja ainda mais perfeito.

Quotes:
Eles estão aqui!, penso. Depois de todos esses anos, os mogadorianos finalmente estão aqui!
Seis pensa nisso por um momento. Morde o lábio e olha pelo retrovisor.
- Tenho certeza de que a Número Sete é uma menina; eu me lembro dela durante a viagem na nave.
No mesmo instante em que ela conclui a frase, ouvimos uma sirene soar atrás de nós.
Classificação:
Quer escolher a próxima resenha? É só clicar lá em cima em "Resenhas" e escolher um dos livros da lista!