Saciando a Fome #15

Ooolá! Como está a semana de vocês? A minha está ótima! :D
Eu estou mais controlada com as minhas compras, mas ainda chegou muita coisa então vamos lá.
Nossas habilidades fotográficas estão piorando ou é impressão minha?
Eu resolvi começar a minha coleção de Irmandade da Adaga Negra! Os livros costumam custar R$35, mas eu estou aproveitando umas promoções bem legais. Amante Eterno e Amante Desperto (J. R. Ward - Universo dos Livros) eu comprei por R$20 cada. Eles são o 2º e 3º volumes da série, que já tem 9 livros publicados no Brasil. O 1º volume eu troquei pelo skoob (está lá no Saciando #11), e tem mais um volume aqui, então faltam 5!
Falando no outro volume, chegou aqui o 9º da mesma série, Amante Libertada (J. R. Ward - Universo dos Livros). Comprei assim, fora da ordem, porque ele estava em uma super promoção em que por apenas R$30 você levava este livro e Príncipe Sombrio (Christine Feehan - Universo dos Livros), o 1º de uma série nova que lá nos EUA já tem mais de 20 volumes!

Por fim, da mesma compra (no Extra), chegou Invocação (Kelley Armstrong - Novo Século). É o primeiro de uma trilogia (sobre bruxas?) e os outros dois livros foram publicados recentemente, planejo comprar todos e essa capa metalizada é linda!

Quinta das Capas #7

 OMG! Cadê a minha testa?

Eu realmente não entendo esse "estilo" de capa que se tornou tão popular. Quero dizer, ou você mostra o rosto da modelo logo ou não mostra nenhum pedaço!

Antes de sair falando mal das capas, vou comentar sobre as que ficaram legais. A capa de Invocação eu achei linda, o corte da foto ficou "natural" e as cores ficaram muito bonitas. Já A Countess Below Stairs acertou e errou ao mesmo tempo. O foco no pescoço e colo da modelo até ficou bonito, mas eu acho que poderiam ter cortado a foto um pouquinho mais embaixo, tenho a impressão de consegui ver os cílios da modelo e ficou estranho. Agora, sejamos sinceros, o que é aquilo na capa de Doce e Distante? Eu odiei o lugar que escolheram pra cortar a foto, no meio da boca da modelo. A sorte da Rocco é que a roupa e o cabelo chamam mais atenção e acabam escondendo aquele "detalhe".

Resenha - Predestinados


Resenha feita pela Luh!  
Título: Predestinados
Título Original: Starcrossed
Série: Predestinados (#1)
Autora: Josephine Angelini
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Ano: 2012
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Fnac


Um leitura interessante e muito diferente.

Sinopse: Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isto está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que esteja perdendo o juízo. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e visões de três mulheres derramando lágrimas de sangue a têm atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças muito antigas.


A Trama: Neste primeiro volume da série conhecemos Helen, uma garota um pouquinho diferente. Helen tem pesadelos recorrentes sobre um lugar árido e quando acorda ela está toda suja de areia, como se tivesse fisicamente ido até lá! Além disso, a garota sofre umas cólicas terríveis sempre que recebe muita atenção das pessoas e consegue correr muito mais rápido que uma adolescente normal. Tudo bem, essas coisas podem "atrapalhar" um pouco, mas Helen consegue viver uma vida relativamente normal - até Lucas se mudar para a cidade.
É então que ela tenta matar Lucas e tudo fica meio complicado.
Predestinados é um livro sobre romance, família, mitologia e super-poderes. Certas partes do livro me fizeram rir em voz alta, coisa que dificilmente acontece, e outras partes me deixaram aflita e ansiosa. Demorei um pouquinho para realmente "entrar" na trama, mas assim que isso aconteceu eu não queria mais largar o livro.


Terça do Top #13

Top 10 Adaptações Para o Cinema


Esse top será um pouquinho diferente, farei as 4 melhores e as 4 piores adaptações! Séries também estão inclusas. Começando com as piores:

A Fera - Alex Flinn
Honestamente, se você já leu a emocionante releitura de A Bela e a Fera vai juntar-se a mim e ficar tentando entender como puderam transformar o filme naquilo. Os atores não tem química alguma, Vanessa Hudgens estava com uma péssima atuação e a "transformação" de Alex Pettyfer em fera não podia ser mais diferente daquela descrita no livro.






Amanhã, Quando a Guerra Começou - John Marsden
Ah, John Marsden, seu livro tinha potencial para um filme tão bom! Eu honestamente não sei o que foi pior sobre esse filme. Os atores eram péssimos (ok, tirando a Phoebe Tonkin que é um amor), o cenário era ruim e eu só posso imaginar que o filme precisava de um pouco mais de tempo ($$) para ser filmado, porque ficou muito "2ª categoria".





Avalon High - Meg Cabot
Uma prova de que a Disney consegue arruinar qualquer coisa, até a Meg Cabot. Serei sincera: eu sei que Avalon High é um livro "infanto-juvenil" e não é uma das melhores obras da Meg, mas simplesmente assassinaram o livro na tentativa de "comercializá-lo". E o final? Gente, mudaram completamente uma das partes mais importantes da história!



Resenha - Desperta ao Amanhecer


Resenha feita pela Mari!  
Título: Desperta ao Amanhecer
Título Original: Awake at Dawn
Série: Acampamento Shadow Falls (#2)
Autora: C. C. Hunter
Editora: Jangada
Páginas: 348
Ano: 2012
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino

Quem gostou do primeiro vai se apaixonar por essa continuação tão emocionante! Esta resenha não contém spoilers de Nascida á Meia- Noite! 
Resenha do primeiro livro aqui.

Sinopse: Este é o segundo livro da série Acampamento Shadow Falls. Kylie anseia por descobrir sua própria identidade sobrenatural e o que seus poderes significam. Agora ela vai precisar deles mais do que nunca, porque está sendo assombrada por outro espírito, que insiste em dizer que alguém que ela ama morrerá antes do final do verão. Se ao menos Kylie soubesse quem ela precisa salvar e como...
Mas a maior causa de seus problemas são os dilemas do coração. Kylie sabe que precisa decidir entre Lucas, o lobisomem que conheceu quando ainda era garotinha, e Derek, um fae muito atraente, para não correr os risco de perder os dois. Mas o romance vai ter que esperar, porque alguém do lado sombrio do mundo natural se esconde em Shadow Falls. 

A Trama: No começo do livro eu  cheguei a me perder um pouco pois faz um tempinho que li o primeiro volume da série, mas logo me lembrei de toda a história e a emoção voltou. Quem leu a primeira resenha viu que eu me apaixonei pelo livro e pelos personagens e essa foi uma verdadeira continuação com muito mistério, fantasia e paixão, uma mistura emocionante que C. C. Hunter consegue fazer com maestria. O livro segue a linha de Nascida à Meia-Noite, novamente com muitos elementos sobrenaturais e um triângulo amoroso cada vez mais complicado.


Os Protagonistas: A protagonista continua basicamente a mesma, assim como sua vida, paixões, mistérios e dúvidas, mas agora está mais madura, descobrindo melhor quem ela é e o que pode fazer, o acampamento agora é sua casa e Miranda e Dalla sua família. Ela está cada vez mais próxima da mãe e procurando descobrir mais sobre o pai, as coisas começam a ficar sérias com Derek mas ela está sempre fugindo do compromisso. Basicamente a mesma Kylie de sempre.

Os Personagens Secundários: Mesmas amigas, mesmo triângulo amoroso e, assim como a protagonista, os personagens secundários seguem a linha do primeiro livro. Antes mal explorados, eles agora voltam à cena e vamos descobrir um pouquinho mais da vida de cada um, vampiros, bruxas, faes (fadas) e lobisomens, todos em um só lugar.

Capa, Diagramação e Escrita: A capa é mais linda do que a primeira, totalmente combina com o livro e retrata a cachoeira que tanto é comentada pela autora, gostei do efeito metalizado e apesar de ser contrária à meninas em capas de livros, pois acredito que influencia a imagem que o leitor cria da personagem, essa é discreta e segue todas as característica de Kylei. A diagramação é simples com muitos travações, apesar de contada em 3ª pessoa ( narrações em 3ª pessoa me irritam pois a autora fica repetindo milhões e milhões de vezes o nome da protagonista ).  

Concluindo: Leiam o primeiro livro pois a continuação não vai fazer sentido sem essa base, e se gostarem eu totalmente recomendo o segundo, amei novamente e já morrendo de vontade de ler o terceiro da série, que ainda não foi publicado no Brasil.

Classificação:
Quer escolher a próxima resenha? É só clicar lá em cima em "Resenhas" e sugerir um dos livros da lista!

Novidades de Agosto #4

E chegamos nas últimas novidades do mês! Já estou aproveitando e colocando alguns lançamentos de setembro para vocês se prepararem :D
Hoje teremos lançamentos das editoras Galera, Companhia das Letras e Rocco.


A Seleção - Kiera Cass - Seguinte (Companhia das Letras)
Para trinta e cinco garotas, a Seleção é uma chance única na vida. A oportunidade de escapar de uma vida escolhida para elas desde o nascimento. Para cair com tudo em um mundo de vestidos maravilhosos e jóias de inestimável valor. De viver em um palácio e competir pelo coração do lindo Príncipe Maxon. 
Mas para a America Singer, ser Selecionada é um pesadelo. Significa dar as costas para seu relacionamento com Aspen, que está uma casta abaixo dela. Deixar sua casa para entrar em uma competição avassaladora por uma coroa que ela não deseja. Viver em um palácio que é constantemente ameaçado por rebeldes violentos. 
E então America conhece Príncipe Maxon. Lentamente, ela começa a questionar todos os planos que fez para sua vida- e realiza que a vida com que sempre sonhou pode nem se comparar a um futuro que ela nunca imaginou.

Toda Sua - Sylvia Day - Companhia das Letras
Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela — e provavelmente qualquer outra pessoa — já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer — e é claro que Eva acaba se entregando.
Uma relação intensa começa. O sexo é incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam — o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.


Os Pilares da Terra - Ken Follett - Rocco
Após 20 anos da primeira edição do livro "Os Pilares da Terra" chegar ao país em dois volumes a editora lança esse ano em um volume único de capa dura o premiado livro do autor Ken Follett. Um mergulho na Inglaterra do século XII e na construção minuciosa de uma catedral gótica.
Emocionante, complexo, pontilhado de coloridos detalhes históricos, Os pilares da terra traça o painel de um tempo conturbado, varrido por conspirações, jogos intrincados de poder, violência e surgimento de uma nova ordem social e cultural. A figura que melhor expressa os ideais que inspiraram Ken Follett a escrever este livro é Philip, prior de Kingsbridge, um homem que luta contra tudo e todos para construir um templo grandioso a Deus. Mas a galeria de personagens que gravitam em torno da catedral inclui Aliena, a bela herdeira banida de suas terras, Jack, seu amante, Tom, o construtor, William o cavaleiro boçal, e Waleran, o bispo capaz de tudo para pavimentar seu caminho até o lugar do Papa, em Roma. Como painel de fundo, uma Inglaterra sacudida por lutas entre os sucessores prováveis ao trono que Henrique I deixou sem descendentes.

Saciando a Fome #14

Oi gente! Eu estou tão tão animada! Hoje eu e a Mari não estaremos por aqui porque nós fomos no show do Maroon 5! :D
Editora Record dominando a caixinha de correio!
Essa semana chegaram livros de estilos muito diferentes, estou exibindo a nossa diversidade. Os dois primeiros, de uma comprinha, são O Nome do Vento (Patrick Rothfuss - Arqueiro) e Stonehenge (Bernard Cornwell - Record). Eu ainda não li nada de Patrick Rothfuss, mas pretendo corrigir isso. Só ouço coisas boas sobre esse autor e apesar de ter me assustado um pouquinho com o tamanho do livro, pretendo ler O Nome do Vento em breve! Bernard Cornwell, por outro lado, é um dos meus autores prediletos e como o livro estava por 9,90 no Submarino há alguns dias, fui obrigada a comprá-lo.

Quinta das Capas #6

 Debaixo d'água

Eu absolutamente adoro essas capas lindas em que as modelos estão debaixo d'água!



Começando pelas capas do Brasil, temos Deusa do Mar. Eu gosto do estilo misterioso da capa, mas a posição da modelo me faz pensar em alguém se afogando! Já Encanto tem uma capa bem divertida, a modelo parece feliz e eu adorei as cores utilizadas. Em  Despertar é possível ver boa parte do corpo da modelo na imagem escolhida e eu sempre pensei que não iria gostar de uma capa nesse estilo, mas ficou ótimo e o azul da água ficou bem "vivo".

Resenha - A Culpa É Das Estrelas

Resenha feita pela Luh!  
Título: A Culpa É Das Estrelas
Título Original: The Fault in Our Stars
Livro Único
Autora: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 288
Ano: 2012
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino

Prepare seus lenços e um bichinho de pelúcia pra abraçar, você vai precisar. (E me perdoem, talvez eu coloque muitos quotes e fale demais)

Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

A Trama: ACEDE (nome abreviado) conta a história de Hazel, uma jovem que foi diagnosticada com câncer aos 13 anos. Vou confessar que antes de começar a ler o livro, eu já estava pronta pra me emocionar profundamente, chorar e contar a todos que aquela era minha nova história predileta. Bem, não foi bem assim que aconteceu.
O livro é muito bem escrito e John Green me fez acreditar na trama, é quase como se ele tivesse vivido uma experiência similar, mas para mim o livro estava bem normal até a metade. A história é linda, sim, mas eu não estava sentindo aquilo de "esse livro é perfeito". Para ser sincera, estava começando a ficar decepcionada, pensando que eu era a única que não ia gostar tanto do livro. E então chegam as últimas 70 páginas e John consegue virar meu mundinho de cabeça para baixo.
ACEDE emocionou tantas pessoas pois sua história parece ser real. O autor pode tentar nos enganar e dizer que este é um livro de ficção, mas eu estou aqui afirmando que é mentira. Por meio de uma trama 'fictícia', John nos mostra os problemas e a realidade de milhares de adolescentes que tentam viver suas vidas após praticamente receber uma sentença de morte. A história me tocou do início ao fim e eu me sinto uma pessoa levemente diferente após ter lido ACEDE.

Não vou mentir aqui e dizer que este é o melhor livro que eu já li. Ele nem sequer é muito original, temos diversos clichês presentes em histórias similares e uma trama um pouco óbvia, mas tudo parece tão real que você acaba ignorando qualquer defeito que possa surgir.

Novidades de Agosto #3

Ops, estou me atrasando nas novidades. São tantas que fica difícil acompanhar (e tentar comprar tudo). Os lançamentos de hoje serão da iD, Suma de Letras, Novo Século, Gutenberg e Bertrand Brasil! Quebrem os cofrinhos!


Ilusões - Aprilynne Pike - Bertrand Brasil
Desde que lhe implorou para deixá-la em paz no ano anterior, Laurel não teve mais contato com Tamani. Embora seu coração ainda esteja ferido, a protagonista tem certeza de que David foi a escolha certa. Porém, quando a vida começa a voltar ao normal, ela descobre que há um novo inimigo à espreita. Uma vez mais, Laurel deverá contar com Tamani para protegê-la e guiá-la, pois o perigo que agora ameaça Avalon é algo que o mundo das fadas jamais imaginou que fosse possível. Pela primeira vez, o leitor verá a história não só pelos olhos de Laurel, como também, do elfo Tamani.
Caçadores de Sombras - Daniel Blythe - Bertrand Brasil
Quando a menina de treze anos Miranda Kay muda-se para uma pequena cidade, rapidamente se convence que está sendo seguida. O estranho é que ela tem a sensação de que seu perseguidor não é humano... Será que está enlouquecendo? Para enfrentar esse mal e resolver este mistério, a protagonista terá a ajuda de mais quatro jovens – Josh, Cal, Ollie e Lyssa.
O quarteto sabe que precisa de Miranda. E ela, por sua vez, tem a estranha sensação de que Cal e seus amigos têm as respostas para as muitas dúvidas que tiram seu sono. Liderados pela srta. Bellini, os quatro formam uma espécie de equipe de investigação de eventos paranormais, que vão muito além de fantasmas e fenômenos da natureza aparentemente inexplicáveis.
No ótimo Caçadores de sombras, o autor apresenta um suspense em que o mal só será vencido no momento em que corajosas crianças superarem suas diferenças e se unirem com o mesmo objetivo: derrotar a Forma.

Apaixonada por Palavras - Paula Pimenta - Gutenberg
Nos romances das séries “Fazendo meu filme” e “Minha vida fora de série”, Paula Pimenta conta a história de seus personagens. Já as 55 crônicas de “Apaixonada por palavras” contam o próprio dia a dia da autora. Aqui a protagonista é a Paula. Aqui é o destino dela que conta e que se conta. Aqui nos identificamos com ela e torcemos por ela. Aqui nos apaixonamos não por um personagem inventado, mas por uma pessoa de carne, osso, alma e, claro, palavras.




Resenha - O Legado dos Van Alen


Resenha feita pela Luh!  
Título: O Legado dos Van Alen
Série: Blue Bloods (#4)
Autora: Melissa de La Cruz
Editora: iD
Páginas: 400
Ano: 2013 
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // BookDepository

A série continua com um pouco de ação, muito romance e novos mistérios!
Nota: Essa resenha NÃO contém spoilers dos primeiros livros da série.

Sinopse: Com a incrível revelação sobre a verdadeira identidade de Bliss e sua paternidade, vem também a crescente ameaça dos sinistros Silver Bloods. Vivendo em Nova York, os Blue Bloods estão agora em uma batalha épica pela sobrevivência. Mas não se preocupe: o amor ainda está no ar para os jovens vampiros do Upper East Side. Mas será que está mesmo?
Schuyler tomou sua decisão: deixou Jack para ficar com Oliver, preferindo o humano ao vampiro. Mas antigos amores nunca morrem, não é? Até a fria Mimi parece sofrer com as peças que o amor prega.

A Trama: Mais de um ano se passa entre Revelações e O Legado dos Van Alen  mas a autora faz seu "resuminho" de sempre para situar o leitor naquele momento da história. O mais interessante é que, em um ano, não aconteceu quase nada. Vou admitir que eu gostei muito de Revelações, mas o 4º livro da série não atendeu minhas expectativas. Com muita enrolação (o livro tem 100 páginas a mais que o anterior), romances mornos e protagonistas indecisas e incoerentes, O Legado dos Van Alen peca em qualidade e acaba se tornando um pouco decepcionante.
O lado bom da história é que ela serve basicamente como um "fim" para diversas partes da trama que vinham sendo construídas desde O Baile de Máscaras. Este livro responde diversas perguntas sobre a história e é só nas últimas páginas que somos introduzidos à nova "fase" da trama, o que me deixou feliz pois foi o livro que escolhi para dar uma pausa na série.
Agora que terminei os quatro livros posso afirmar que Blue Bloods é uma série muito divertida, mas está longe de ser uma de minhas prediletas.

Saciando a Fome #13

Olá pessoas lindas <3 Essa semana chegaram algumas comprinhas que eu queria muito!

Tudo o que chegou nessa semana foram compras, mas eu ando comprando compulsivamente, terei livros para mostrar por algumas semanas!
O livro que a Mari estava querendo muito, Desperta ao Amanhecer (C. C. Hunter - Jangada), comprei para dar de presente para ela em seu aniversário. Ela ficou toda animada! A capa do livro é metalizada em verde, ficou muito bonita e o livro é enorme! Na mesma compra chegou Predestinados (Josephinie Angelini - Intrínseca), uma releitura de Tristão e Isolda, e como eu gosto muito da história original, estou ansiosa pela leitura e essa capa é muito bonita.
A Culpa é das Estrelas (John Green - Intrínseca) foi um dos livros mais aguardados do ano, e eu estava louca pelo meu. O livro é pequeno, mas vale a pena!

Quinta das capas #5


Capas com animais que te conquistam #2


Livros que você vê de longe a capa na livraria e não precisa nem consultar a sinopse, já tem vontade de ler só pelo cachorro/gato.
 
Bem pessoal, eu prometi pra vocês a parte dois desse post há três semanas, mas meu tempo anda curto ultimamente, finalmente estou aqui escrevendo sobre esses fofos *-* Os primeiros livros tem na capa o que eu acredito serem dois labradores e foi isso o que me ganhou, eu também tenho um aqui em casa e posso dizer que eles são os cachorros mais inocentes e brincalhões do mundo!
Lições de um cachorro livre-pensante conta a história de um vira-lata chamado Merle e sua amizade com Ted durante 13 anos, um livro sentimental e perfeito para os amantes de cachorros.
A arte de correr na chuva é um livro diferente dos tantos pois é narrado pelo Enzo, o próprio cachorro, ele tem um passado tipico de um sofredor e quando é adotado por um piloto de corridas chamado Denny tudo muda. 'Um livro que tem muito a nos ensinar sobre amor, tragédia, redenção. Do jeito que só um cão poderia narrar. A Luh leu esse livro faz um tempinho e amou, comovente e lindo!

4 vidas de um cachorro também conta a história pela versão do cachorro, O cachorro primeiro aparece como  Toby, um vira-lata, depois Bailey um golden retriever, Ellie uma fêmea de pastor alemão e por fim um labrador chamado Amigão. O cachorro(a) passa as encarnações procurando um propósito de vida, mas só até encontrar Ethan, a vida nunca mais será a mesma depois dele.
O melhor amigo do cão é um livro para os que ainda estão tentando aprender o melhor jeito de cuidar dessas coisas fofas, traz orientações sobre os problemas diários e os mais complexos, se você ainda não conseguiu entrar na cabecinha e no coração do seu amigo está ai a chance!
Larousse do cão e do cãozinho também é um livro de orientação pra se ter na cabeceira, traz muitas ilustrações, nos mostra um pouco mais das 250 raças,  além de um guia veterinário e outro para uma boa convivência.
Todos os tipos de livros sobre todos os tipos de cachorros, para os que precisam entendê-los um pouco mais e para os que já entendem e amam, animais em geral são a melhor coisa da vida de qualquer um!

Resenha - Amor Fora de Hora


Resenha feita pela Mari!  
Título: Amor Fora de Hora
Título Original: Grabben I graven bredvid
Livro Único
Autora: Katarina Mazetti
Editora: Lua de papel
Páginas: 174
Ano: 2011
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino

Um romance sem toda a água com açúcar!

Sinopse: UM LUGAR IMPOSSÍVEL PARA O ENCONTRO PERFEITO. Uma jovem mulher, amante dos livros, e um rapaz do interior se esbarram repetidamente no cemitério. Um local completamente inusitado para um encontro. Certo dia, um sorriso nasce nos lábios dos dois e eles ficam deslumbrados um pelo outro. É o início de uma paixão irrefreável. Com um romantismo agitado e um humor revelador, este livro combina o choque de culturas com uma história de amor terno e desenfreado.

A Trama: Primeira coisa que eu sou obrigada a dizer é não se enganem com a capa e a sinopse, eu achei que seria mais um daqueles romances arrebatadores, mas a história foge totalmente disso. Os capítulos são contados alternadamente pela Desiré (uma bibliotecária) e Benny (um fazendeiro). Eles se encontravam quase todos os dias no cemitério e por um bom tempo os dois não trocaram uma palavra, até que certo dia um garotinho que passava por lá faz um comentário inocente que faz o casal trocar um belo sorriso. Ambos ficam hipnotizados o bastante para não conseguirem esquecer o momento por semanas, a partir daí todo romance começa. 
A diferença desse para os outros romances que existem por aí é que nele os personagens são mais desapegados, no começo os dois pensavam sobre o futuro, a idade de ambos e como ainda estavam sozinhos, o namoro era quase uma necessidade física e biológica. O livro tem algumas partes românticas, mas são poucas se compararmos com outros do gênero. 
O final é completamente inesperado, mas ao mesmo tempo encantador.


Os Protagonistas: Desiré é uma bibliotecária simples, seu marido morreu há algum tempo e a vida tem sido solitária desde então, sem animais de estimação, filhos ou qualquer outra companhia, ela dedica a maior parte do tempo ao trabalho e tem uma boa amiga chamada Marta que não aparece muito na história. Benny é um fazendeiro que nunca realmente teve tempo pra namorar por culpa de seus muitos afazeres. Apesar do romance, os protagonistas são muito diferentes, Desiré é estudada, uma verdadeira "garota da cidade", enquanto Benny é carrancudo e largou os estudos muito cedo, seu conhecimento gira em torno da vida na fazenda.

Os Personagens Secundários: São raros os personagens secundários, Orjan (falecido marido da Desiré) é o que mais aparece, por causa das histórias do passado que a protagonista nos conta, mas fora ele  só consigo me lembrar da Marta e do casal Violet e Bengt-Goran que são vizinhos de Benny. No final da história aparecem mais 3 personagens secundários, mas pouco é comentado sobre eles.

Capa, Diagramação e Escrita: Como quase todo livro, a capa foi o que me convenceu a comprá-lo, mas ela nos passa todo esse colorido que lembra uma história de contos de fada e não é o que acontece. A diagramação é simples e a escrita é fluente. O que me irritou um pouco é que a história é contada duas vezes, uma versão pra cada protagonista, e assim repete toda situação, mas com o tempo você se acostuma e aprende a gostar de entender ambos os lados.

Concluindo: Um livro pra se dar de presente (maiores de 16 no mínimo) ou para se ter na própria cabeceira, uma leitura tranquila que foge dos felizes para sempre, totalmente recomendado.

Nota da Luh: Eu não li o livro, mas a Mari me contou a história em detalhes e é o tipo de trama que eu não gosto nem um pouco. Então talvez seja uma boa ideia dar uma pesquisada antes de sair comprando!

Classificação:
Quer escolher a próxima resenha? É só clicar lá em cima em "Resenhas" e sugerir um dos livros da lista!

Terça do Top #12

Top 8 Personagens Que Merecem Um Livro


Quem já leu alguma das minhas resenhas sabe que é difícil eu gostar do protagonista de algum livro, mas sempre me encanto com os personagens secundários. Então aqui está uma lista daqueles personagens que mereciam ser protagonistas e ter sua própria história contada:


Os Marotos - Harry Potter
Como uma fã de HP, esse é o #1 do top. Os Marotos foram personagens fascinantes e eu queria muito conhecê-los melhor e saber mais sobre seu passado. Além disso, eu acho que eles seriam protagonistas muito divertidos.








Peeta - Jogos Vorazes
Apesar de eu não gostar muito do Peeta nos livros, ele não aparece em várias cenas e eu fiquei com muita vontade de saber o que estava acontecendo com ele naqueles momentos.







Tamani - Asas
OK, talvez eu seja um pouco imparcial nessa escolha porque eu adoro o Tamani, mas todos que já leram a série da Aprilynne provavelmente querem saber mais sobre a família fofa de Tamani e conhecer melhor o grande mundo de Avalon.




Novidades de Agosto #2

Agosto está trazendo umas novidades lindonas. Hoje teremos Novo Conceito, Leya (com Lua de Papel e Fantasy) e Jangada!
Ah, e feliz dia dos pais a todos!


Fios de Prata - Raphael Draccon - Leya
Mikael Santiago realizou o sonho de milhares de garotos. Aos 22 anos era o jogador brasileiro com o passe mais caro da história do futebol. Mas à noite os sonhos o amendrontavam. Às vezes, o que está por trás de um simples sonho – ou pesadelo – é muito maior que um desejo inconsciente. Há séculos, Madelein, atual madrinha das nove filhas de Zeus, tornou-se senhora de um condado no Sonhar, responsável por estimular os sonhos despertos dos mortais. Uma jogada ambiciosa que acaba por iniciar uma guerra épica envolvendo os três deuses Morpheus, Phantasos e Phobetor, traz desordem a todo o planeta Terra e ameaça os fios de prata de mais de sete bilhões de sonhadores terrestres. Envolvido em meio a sonhos lúcidos e viagens astrais perigosas, a busca de Mikael pelo espírito da mulher amada, entretanto, torna-se peça fundamental em meio a uma guerra onírica. E coloca a prova sua promessa de ir até o inferno por sua amada.


Adormecida - Anna Sheehan - Lua de Papel
Rose Fitzroy esteve dormindo profundamente por décadas...
Imersa num sono induzido, esquecida em um porão por mais de 60 anos, a jovem foi tratada como desaparecida enquanto os anos sombrios pairavam sobre o mundo. Despertada como por encanto e descobrindo-se herdeira de uma corporação multimilionária, Rose vai entendendo pouco a pouco, tudo o que aconteceu em sua ausência. Ela descobre que seus pais estão mortos. O rapaz por quem era apaixonada não é mais que uma mera lembrança. A Terra se tornou um lugar estranho e perigoso, especialmente para ela, que terá de assumir seu lugar à frente dos negócios.
Desejando adaptar-se à nova realidade, Rose só consegue confiar numa única pessoa estranhamente familiar. Rose até gostaria de deixar o passado para trás, no entanto, ao pressentir o perigo, percebe que precisa enfrentá-lo – ou não haverá futuro.


O Rebelde - Jack Whyte - Fantasy

Algumas horas antes do amanhecer do dia 24 de agosto de 1305, na prisão Smithfield em Londres, o fora da lei William Wallace, se prepara para uma execução ao raiar do dia. É diante desse cenário que recebe a visita de um padre escocês para ouvir suas últimas confissões. A história de Wallace nos leva a conhecer as suas várias faces – como um fora da lei e um fugitivo, um herói e patriota, um rebelde e uma lenda. Ele foi a primeira figura heroica das guerras da Independência da Escócia e traz vida para a trilogia de Jack Whyte, seguido por dois compatriotas: Robert Bruce – o rei dos escoceses e o verdadeiro Coração Valente, e Sir James Douglas, que carregou o coração de Bruce em um recipiente de chumbo em direção à Terra Santa. O comportamento desses três guerreiros, suas atitudes lendárias e narrativas de fuga, empenho, honra e selvageria medieval formam a alma e o conteúdo de uma novela épica sobre homens dispostos a tudo para colocar novamente de pé um país ajoelhado.