Novidades de Dezembro #3

Dezembro está sendo um mês bem fraquinho em lançamentos, vai entender essas editoras, em plena época de Natal!
Hoje vamos mostrar livros da Record, Nova Fronteira e Bertrand Brasil. Na minha lista de desejados vão entrar Amor Contra o Tempo e Na Passarela!


Amor Contra o Tempo - Myra McEntire - Record
Emerson Cole sempre achou que algo estava errado com ela. Quando passou a ver pessoas deslocadas da realidade - que eram, na verdade, projeções do passado - e que, ao tentar tocá-las, elas desapareciam como fumaça, Em teve certeza. E então vieram os remédios, a depressão, o colégio interno. Agora que seu período no internato chegou ao fim e ela está de volta ao lar, Emerson vê sua sensação de paz prestes a desmoronar. Alguns fantasmas não estão mais desaparecendo com um simples toque. E com a chegada de Michael Weaver, o consultor de uma misteriosa organização que promete ajudá-la a se libertar dessa condição, um simples toque poderá condicioná-la a algo ainda mais perigoso: a paixão.


Na Passarela - Meg Cabot - Record
Onde se esconder quando todos sabem seu nome? Em Watts está fugindo; das notas da escola, dos compromissos de trabalho, das cobranças da família e dos amigos. Mas, principalmente, dela mesma. Uma viagem inesperada com Brandon Stark — aquele que deveria ser seu namorado, agora que Em é Nikki — faz com todos fiquem furiosos, mas ela nem pode explicar seus motivos. Pensou em chantagem? Acertou.




Conquistador - Conn Iggulden - Record
Último livro da série O Conquistador, de Conn Iggulden, este romance histórico primoroso narra o que acontece com a nação mongol depois da morte de um dos maiores conquistadores da humanidade: Gengis Khan. Após o breve canato de Guyuk, seu primo Mongke se torna cã e inicia significantes reformas no império, a fim de expandi-lo. Porém, Kublai, seu irmão, desponta como mais do que apenas um intelectual ao se revelar um habilidoso estrategista e deve assumir seu papel na condução de seu povo. É o momento de Kublai provar seu valor, o que marca para sempre a trajetória mongol e conduz o jovem a um futuro impensado. 
Headhunters - Jo Nesbo - Record
Roger Brown é o melhor headhunter da Noruega. As maiores empresas do país contam com seu faro na hora de escolher seus executivos. É casado com uma mulher deslumbrante e mora em uma mansão. Tem a vida perfeita, mas é cada vez mais difícil pagar por ela. E Roger só consegue pagá-la roubando obras de arte e vendendo para o mercado negro. Mas há outro caçador nesse jogo, e os riscos que Roger corre podem colocá-lo em um terrível pesadelo. 




Eu e Você - Niccolò Ammaniti - Bertrand Brasil
A história do menino Lorenzo, que decide se esconder por uma semana no porão para fugir do mundo. Diz à mãe que foi convidado a esquiar nos Alpes italianos. Finge partir com amigos para essa viagem. Reúne comida, bebida, roupas, jogos e livros. Seu sonho de solidão está prestes a se realizar. O plano de Lorenzo dá certo até a chegada de uma intrusa: sua meia-irmã, Olivia, uma garota problemática e praticamente desconhecida, por quem, de alguma forma, o jovem se sente atraído. Ele tentará afastá-la, ela não se deixará enxotar. Ele tentará ignorá-la, ela implorará por socorro. E ele terá que deixar de lado seu ego e livrar-se de seu orgulho caso deseje ajudar a irmã. Em Eu e você (cuja adaptação para o cinema tem direção de Bernardo Bertolucci), o profundo talento de Niccolò Ammaniti para criar personagens fortemente humanos, pelos quais é fácil afeiçoar-se, e sua capacidade de contar histórias comoventes reúnem-se em um relato sobre mentiras tão pueris quanto inescapáveis, promessas nunca cumpridas e tudo aquilo que se quer, mas não se pode ter. Ou ser. 


Morte Súbita - J.K. Rowling - Nova Fronteira




Quando Barry Fairbrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque. A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra. Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com os maridos, professores em guerra com os alunos… Pagford não é o que parece ser à primeira vista. A vaga deixada por Barry no conselho da paróquia logo se torna o catalisador para a maior guerra já vivida pelo vilarejo. Quem triunfará em uma eleição repleta de paixão, ambivalência e revelações inesperadas?

Resenha - Romeu Imortal

Resenha feita pela Mari!  
Título: Romeu Imortal
Título Original: Romeo Redeemed
Série: Julieta Imortal
1- Julieta Imortal (2011)
2- Romeu Imortal
Autora: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320
Ano: 2012
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Saraiva

'Nunca é tarde para encontrar redenção através do verdadeiro amor.'

Sinopse:  Amaldiçoado a viver por toda a eternidade em seu espectro, Romeu, conhecido por seus modos rudes e assassinos, recebe uma chance de se redimir viajando de volta no tempo para salvar a vida de Ariel Dragland. Sem saber, Ariel é importante para os dois lados, os Mercenários e os Embaixadores, e tem o destino do mundo nas mãos. Romeu deve ganhar seu coração e fazê-la acreditar no amor, levando-a contra seu potencial obscuro antes de ser descoberto pelos Mercenários. Enquanto sua sedução se inicia como outra mentira, logo ela se torna sua única verdade. Romeu jura proteger Ariel de todo o mal, e fazer qualquer coisa que for preciso para ganhar seu coração e sua alma. Mas quando Ariel se decepciona com ele, ela fica vulnerável à manipulação dos Mercenários, e sua escuridão interna poderá separá-los para sempre. 

A Trama: Lá vamos nós de novo com o 'amo x odeio'. Romeu Imortal segue demais a linha do primeiro livro, mas te deixa conhecer um pouco melhor personagens antes escondidos, como a Ariel e uma outra face do Romeu,. Antes um cretino manipulador que só queria acabar com qualquer casal apaixonado, agora Romeu se mostra disposto a mudar, a conquistar a garota que tanto o odeia.
Acho que faltou um pouco de espaço na história para Julieta e o final também não foi dos mais inspirados, porém amei conhecer Ariel, amei poder dar uma chance a um personagem antes tão castigado (Romeu) que agora tem a oportunidade de fazer seu próprio final feliz.
Não foi um daqueles livros onde uma continuação é 'forçada', contudo os leitores que pertencem ao time 'Odiei Julieta Imortal', seja pela falta de explicação sobre Mercenários e Embaixadores, ou seja pela falta de um enredo forte vão continuar pensando o mesmo da sua continuação. Eu particularmente gostei mais de Julieta Imortal.


A Protagonista: Nosso protagonista dessa vez é o galanteador e superficial Romeu, apesar de conhecermos seu lado bondoso nesse volume eu ainda não o achei merecedor de redenção. Meu personagem favorito no primeiro volume agora parece conseguir tudo muito facilmente...
Ariel descobre que foi enganada no final do primeiro livro e acaba jogando o carro de um barranco e matando a si mesma e ao Dylan, pois nesse volume Romeu (no corpo de Dylan) impede o acidente mas ainda assim tem uma missão semi-impossível pela frente, conquistar a garota que se entregou a Dylan e então descobriu ser só parte de uma aposta.
No lugar de Ariel eu estaria muito frustada certo? E ela estava mas a impressão que ficou foi a de que Romeu a conquistou em um dia, conquistou seu coração e seu perdão.
Outra coisa controversa foi a aceitação de Romeu em lutar pela vaga de Embaixador, claro que qualquer coisa seria melhor que viver em um corpo se deteriorando mas ele viu de perto a frustração de Julieta por diversas encarnações e no primeiro volume ele faz de tudo para conseguir um feitiço que o livre (e livre Julieta) dessa vida de escravos para Embaixadores e Mercenários e mesmo assim aceita lutar pelo coração de Ariel em troca da vaga de Embaixador...

Personagens Secundários: Raros personagens secundários, Gema só aparece lá pelo meio da história, Julieta tem raríssimos capítulos e acabamos conhecendo um lado dela egoísta e merecedor de pena, aquela garota que teve um final feliz no primeiro livro agora tem que lidar com o Frei a prendendo na tumba e aguardar seu fim pelas mãos de Romeu.
Ariel narra quase um terço do livro mas não parece ser uma protagonista se compararmos aos outros dois terços que o Romeu narra.
Ariel ganhou o novo título de personagem favorita que antes pertencia ao Romeu. Apesar de se entregar tão facilmente ao Romeu (isso só mostrou como qualquer garota pode ficar tola quando tem um homem encantador aos seus pés), a garota é determinada e apesar de todos os problemas de personalidade, é forte e decidida.
No primeiro volume realmente achei que odiaria Ariel, ela me pareceu tão amarga e infantil pelos olhos de Julieta mas na verdade  por baixo de toda baixa autoestima ela é merecedora de um príncipe como Romeu para poder superar todos os obstáculos que a vida põe em seu caminho.

Capa, Diagramação e Escrita: A capa é muito linda, mas a modelo não tem muito a ver com Ariel. Outro detalhe estranho é que a contracapa é idêntica a de Julieta Imortal e não combina muito com a capa. A única coisa que percebi de diferente na capa (comparando à de Julieta Imortal) foi a figura do casal na praia e aquelas ondas ao redor da garota pareceram muito falsas...
Mesmo tamanho de letra do primeiro volume e poucos erros de digitação, uma leitura prazerosa e fluida.

ConcluindoVale a pena ler para os que gostaram do primeiro porém eu esperava uma continuação e principalmente um final muito melhor, não posso dizer que amei o livro como aconteceu com Julieta Imortal e tenho outras leituras muito melhor recomendadas porém também não é o pior dos livros, simplesmente tinha potencial para muito mais.

Classificação:

Saciando a Fome #31


Olá! Como foi o Natal? Nós ganhamos vários presentes! A maioria deles já foi mostrada no Saciando a Fome #29, porque nós ganhamos alguns antes da data ;P

Cada livro lindinho! Os três de cima foram comprados pelo Better World Books e são em inglês, mas já foram lançados aqui no Brasil. Eu não sei o que me deu, já que eu gosto de manter as séries em um mesmo formato, mas eu comprei o primeiro livro da trilogia da Kelley Armstrong em português. Daí o segundo, que aqui se chama Despertar (Novo Século), eu comprei em paperback e o último, Confronto (Novo Século) está em hardcover! Gente, isso vai ficar lindo na minha estante. (Não, não vai)
Outro livro lindo que chegou essa semana foi 13 Little Blue Envelopes, que aqui ficou 13 Pequenos Envelopes Azuis (Maureen Johnson - Underworld). A história parece ser bem diferente, é sobre uma garota que fica recebendo esses envelopes com dinheiro e instruções e vai viajando por aí.

Quinta das Capas #20

 Cores #4: Azul

Hoje vou mostrar a quarta e, por enquanto, última parte do tema colorido. Acho que azul é uma das cores que mais chama a atenção e eu tenho várias capas de diferentes tons na minha estante. Não esqueça de comentar quais são as suas prediletas!

A capa de Romeu Imortal é muito fofa! Eu gosto da posição dos modelos e da praia, mas o mais lindo é a "roupa" da Ariel, ela parece estar vestindo o próprio mar, ou o mar está cobrindo ela, algo assim. Fico imaginando se é um pequeno trocadilho com o nome da garota, porque olho para a capa e imediatamente penso "sereia". Eu não gosto muito de quando cortam o rosto da modelo pela metade, mas em Devoted ficou bonito e elegante, o azul não pareceu forçado e a fonte do título é bonita.
Imortal foi uma das poucas capas de hoje que eu não gostei, acho que a ideia é legal, mas ficou azul demais, seria melhor se tivesse colorido a corrente do colar e a pedra. O título também ficou meio pequeno e sem graça =/ Já A Maldição do Tigre ficou muito bonito, principalmente a maneira como o tigre se mescla com o fundo perto das bordas. É uma imagem que chama bastante a atenção e me deixaria curiosa em uma livraria.
Eu não gostei muito da capa de Under the Never Sky da primeira vez que a vi, mas com o tempo ela foi parecendo mais legal. Acho que o único defeito da imagem é aquela modelo pequenininha em uma roupa toda preta, ficou totalmente diferente do fundo. Mas o título e todo o fundo da imagem ficaram ótimos! Agora a capa predileta do dia, Bitterblue poderia ter dado muito errado, mas deu certo. A imagem conseguiu mesclar várias cores e ainda deixar tudo com um aspecto natural, nunca pensei que aquele tom de azul e roxo fosse ficar bem com as chaves, mas eu adorei o resultado final!
Uma série que é muito elogiada pelas capas é The Iron Fey e é claro que eles não iam deixar a qualidade cair no último livro! Eu adoro aqueles enfeites nas bordas da imagem de The Iron Knight e o fundo parece gelo. Claro que o modelo, que não é nem um pouco difícil aos olhos, ajudou. Por fim, temos Sea Glass! Eu não sei o porque da estrela-do-mar, imagino que exista uma razão no livro, mas eu curti bastante, nunca vejo esse tipo de coisa em capas. O único defeito da imagem é o título, que é meio borradinho, e chega a doer meus olhos se ficar olhando por muito tempo.

Por hoje é isso aí gente, espero que tenham gostado do tema, porque vamos dar um tempo em cores por enquanto!

Resenha - Dezesseis Luas

Resenha feita pela Maay!  
Título: Dezesseis Luas
Título Original: Beautiful Creatures
Série: Beautiful Creatures
1- Dezesseis Luas
2- Desessete Luas (2012)
3- Dezoito Luas (2013)
4- Beautiful Redemption (2012 US)
Autora: Kami Garcia & Margaret Stohl
Editora: Record
Páginas: 490
Ano: 2011
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva

Um romance sobrenatural diferente de todos os outros.

Sinopse: Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona.

A Trama: Gatlin aparentemente é uma típica cidade sulista, cheia de lendas e tradições. Porém, com a chegada de Lena Duchannes, Ethan Wate passa a descobrir que talvez essas histórias sejam um pouco mais reais do que ele imaginava.
O já conhecido romance sobrenatural ganha agora uma pitada de mistério que faz toda a diferença.

Terça do Top #24


Top 12 Livros que Eu Quero Ler em 2013

Originalmente, essa postagem era parte daquela TAG '12 livros pra 2013', mas acabamos adaptando-a para o Top :D Então aqui vão os 12 livros que a Beatriz escolheu!



O Nome do Vento - Patrick Rothfuss
Acho que na maioria das respostas a essa Tag em outros blogs tinham esse livro. O motivo da preguiça de ler está obvia pelo tamanho do livro (656 páginas), afinal ele é um gigante! Mas com as promoções doidas do Submarino, creio que ano que vem vou parar com a desculpa de não ter ainda.





Falta coragem, admito. Eu até tenho o livro, mas só de olhar para ele, parado na estante, acumulando poeira, dá  dó e preguiça ao mesmo tempo. Mas eu sei que não vou me arrepender, caso dê uma chance.






Tadinho, eu vivo esquecendo que ele existe na minha estante. Toda vez eu prometo que será o próximo a ser lido e então aparece outro para substituir o cargo. Mas em 2013 ele não escapa e nem preciso me esforçar para lembrar, já que anda fascinada por dragões.






Por favor, não me matem por não ter nem lido ainda, nem assistido ao filme! Mas minha versão é pocket e eu acabo nem olho direito para ele. Mas será uma das minhas primeiras leituras de 2013. Sim, eu sou Pinóquio!




Saciando a Fome #30


:D Oi gente, como está a semana?

Estou feliz porque ninguém morreu! Então corram pra ver o que chegou aqui essa semana :D


Primeiro a Mari ganhou dois livros em uma gincana num blog. Perdão gente, não lembro qual era! Me surpreendi com o tamanho de Dizem Por Aí (Jill Mansell - Novo Conceito),  o livro tem mais de 430 páginas, é bem grandinho. Já Tudo o Que Ela Sempre Quis (Barbara Freethy - Novo Conceito) tem uma capa muito bonitinha ao vivo, eu adorei!  
A outra parte da foto é da minha compra no Better World Books. Os livros são usados, geralmente de biblioteca, mas onde mais você consegue comprar um hardcover, com frete grátis, por apenas 6 dólares? Eu estou morrendo pra ler  White Cat, aqui o livro foi publicado com o nome de Gata Branca (Holly Black - Rocco) e muitos americanos o amaram, então espero que seja uma leitura boa! Os últimos dois livros, aqueles fofos com o vestido, são Princess of the Midnight Ball e Princess of Glass (Jessica Day George), que são baseados no conto das Doze Princesas Bailarinas (tem até um filme da Barbie sobre ele). Como eu amo releituras e princesas, quero ver o que vai sair dessa mistura!

Vencedores!

Hoje é dia de dar os parabéns a algumas meninas sortudas que levaram muitos livros pra casa essa semana.

A primeira é a vencedora da promoção Natal Romântico, que teve mais de 140 mil entradas! Parabéns Waldirene Bandeira, que levou para casa 10 romances maravilhosos!

Depois tivemos a promoção Natal Adolescente, com mais de 75 mil entradas. A sortuda aqui foi Kesia Cristina, que faturou 7 livros super legais para jovens.


Por fim, tivemos mais outras garotas que deixarão a estante um pouquinho mais cheia.  Karina e Mariana ganharam 5 livros cada na promoção Natal Dramático!



Muito obrigada a todos que participarem e não esqueçam que ainda temos algumas promoções rolando, basta clicar nos banners no canto direito da página!

Quinta das Capas #19

 Apocalipse!

Em comemoração ao suposto fim do mundo, procurei (e olha que deu trabalho) várias capas relacionadas ao apocalipse. Não tinham muitas em português, mas elas ainda são legais :)
Vou começar direto na minha capa predileta de hoje! Article 5 é muito bonito, com a cidade toda destruída ao fundo e os jovens olhando de uma maneira meio enigmática. O título, cheio de vermelho, deixou a capa mais viva.
Representando os nacionais, A Batalha do Apocalipse tem até a desgraça no nome, mas a capa não deixa de ser maravilhosa. Se o mundo vai acabar, quem é que pode excluir a ira divina, certo? Breathe tem uma imagem intrigante, com o "mundo" em uma bolha e tudo aparentemente morto por fora, fico curiosa pra saber o que aconteceu. Por fim, a capa de Ashfall pode não parecer tanto um desastre natural, mas me lembra algo como apocalipse zumbi ou alguma doença ruim. Infelizmente, não é uma imagem que me dê tanta vontade de saber o que aconteceu.

TAG: 12 livros para 2013

Essa tag foi inicialmente criada pela Cláudia do canal A Mulher Que Ama Livros no Youtube e desde então está rolando pela blogsfera. Como gostamos muito, resolvemos responder também. A única regra é que você precisa já ter os livros.

Como eu tenho mais de 100 livros para ler, encalhados aqui na estante, tentei dar prioridade para os livros iniciais de séries grandes que eu já tenho aqui.


 E aqui vai a lista da May pra 2013! 

E vocês, querem ler o que em 2013? Deixem suas listas nos comentários!