Resenha - Química Perfeita

Resenha feita pela Mari!  
Título: Química Perfeita
Título Original: Perfect Chemistry
Série: Perfect Chemistry
1- Química Perfeita
2- Rules of Attraction (2010 US)
3- Chain Reaction (2011 US)
Autora: Simone Elkeles
Editora: Underworld
Páginas: 307
Ano: 2011
Saiba mais: Skoob
Comprar: Cia dos Livros // Saraiva

O amor ultrapassando barreiras sociais impostas pela própria sociedade.

Sinopse:  Os garotos do instituto Fairfiel, do subúrbio de Chicago, sabem que o lado norte e o lado sul não se misturam. Assim, quando a líder de torcida Brittany Ellis e o marginal Alex Fuentes são obrigados a trabalhar juntos como parceiros de laboratório na aula de química, os resultados prometem ser explosivos. Mas nenhum deles estava pronto para a reação química mais surpreendente de todas: O amor. Poderão romper os preconceitos e estereótipos que os separam?

A Trama: Uma história super batida, no subúrbio de Chicago (EUA) o lugar onde você nasce diz tudo sobre você, a gangue Sangue Latino governa toda  a parte sul da cidade e recruta os filhos de todas as famílias para juntar-se a eles, já na parte norte só a nata da sociedade com suas casas luxuosas e seus filhinhos perfeitos desfilando pelas ruas de BMW.
Apesar ter um enredo comum esse livro conseguiu me manter atenta por todas as 307 páginas e tenho que admitir que virei a noite lendo pois precisava saber como acabaria, o livro é pequeno em comparação com tantos outros, mas eu o li em apenas dois dias, tamanha era minha curiosidade por Brittany Ellis e Alejandro Fluentes.
Acredito que se tivesse lido a sinopse antes eu nem teria dado uma chance ao livro, mas neste caso foi a capa que me convenceu e só posso agradecer por isso. Uma história simples, gostosa de apreciar e apesar de ter seus momentos de puro romance (que eu particularmente não sou muito fã) também envolve drama e conseguiu até arrancar algumas lágrimas de mim.

Os Protagonistas: Temos dois narradores que revezam durante a história, ultimamente tenho lido muitos livros escritos dessa forma e estou amando cada vez mais, em cada capítulo eu mal podia esperar para saber a versão do outro protagonista.
Brittany Elis é a típica capitã das lideres de torcida, namora o astro do futebol da escola, tem uma BMW e é invejada por todas as garotas, mas por trás de toda imagem de perfeição que ela tenta passar existe o inferno acontecendo na casa dela, uma mãe bipolar, uma irmã deficiente mental e um pai ausente fazem com que todo peso caia em seus ombros.
Alejandro Fluentes é o cara de quem todos do lado norte tem medo, pertence a gangue, é cheio de tatuagens, trabalha na oficina do primo e dirige uma moto chamada Julio, é mexicano e faz de tudo para proteger sua mãe e seus dois irmãos pequenos mas bem lá no fundo ele queria ser professor de química, poder cursar uma boa faculdade e largar a Sangue Latino.
Eu amei o jeito como Simone Elkeles consegue fazer com que entremos na cabeça dos protagonistas, sempre aguardando ansiosamente pela versão dos fatos em outro ângulo, o livro foi muito bem escrito e os protagonistas muito bem trabalhados.

Personagens Secundários: São muitos e a maioria tem alguma importância na história por isso vou citar meus preferidos.
Sra. Peterson é a professora de química mais linha dura de todo colégio, está sempre cobrando o máximo dos alunos, mas quando Alex mais precisa é ela quem esta lá pra ajudar sempre. Hector manda na Sangue Latino e não deixa que ninguém se meta em seu caminho, é ele quem tenta influenciar Alex a entrar no mundo do tráfico.
Sierra é a melhor amiga de Brittany e está sempre disposta a ajudar, é contra o namoro mas não julga nem se afasta da amiga, ela namora Doug e pessoalmente eu acho que eles formam o casal mais bonito do livro *-*
Paco, o melhor amigo de infância de Alex, é quase um irmão para o protagonista, sua mãe o abandonou muito cedo e seu pai chega bêbado em casa e bate nele constantemente, o garoto está sempre lá por Alejandro, o tipo de melhor amigo que todos querem ter um dia. Colin, namorado da Brittany, é o típico jogador de futebol popular, só se importa com aparência e com o que as pessoas pensam dele.

Capa, Diagramação e Escrita: Eu não preciso nem dizer pela segunda vez que amei a capaneh? Não sou fã de rostos de protagonistas na capa, pois acho interessante criar a própria imagem do que acontece no livro, mas nesse caso a capa não deixa nem um pouco a desejar, os brilhantes olhos azuis de Brittany e o castanho e rebelde cabelo de Alex. Já a capa americana eu achei horrenda.
Uma leitura fácil sem palavras difíceis e não reparei em nenhum erro de digitação, prazerosa do começo ao fim.

ConcluindoRecomendo para todos que as vezes precisam daquele lembrete de que o amor realmente ultrapassa barreiras, para todas as idades e nem precisam ser fãs de romance ou drama, um livro pra relaxar e aproveitar.
Não foi o melhor livro do ano mas com certeza a leitura valeu a pena.

Classificação: