Quinta das Capas #26

Deitados
Nunca tinha notado antes de The Goddess Test que algumas capas tem os modelos deitados no chão. Achei super original, então hoje vou mostrar outras imagens do mesmo tipo.
Eu acho incrível como, mesmo todas as capas sendo de personagens deitadas, cada uma traz um ângulo diferente. A primeira, Te Amo, Te Odeio, Sinto Sua Falta, foca no rosto da modelo e tem um ar sombrio em tons sépia, gostei principalmente o título. Também com um ar sombrio, mas de uma maneira mais sobrenatural, acho que cortaram a foto  de Magia de Sangue no lugar certo, só não gostei muito daquela flor (?) que a modelo segura, o efeito ficou estranho. Minha capa predileta entre as nacionais, adorei as cores de A Intuitiva. Eu poderia jurar que uma fumaça rosa no meio da imagem ficaria feia, mas pelo contrário, deu um ar mais vivo à imagem e destacou bastante a cor da grama e do vestido.
Conselho de Amiga não me agradou, a imagem parece propaganda de absorvente (sabe, daquelas em que todo mundo está feliz e sorrindo) e o roxo do nome da autora não combina com nada. Sorte ou Azar não ficou ruim, mas acho que poderiam ter caprichado um pouco mais, toda aquela grama me deu a impressão de vazio, como se faltasse algo na imagem. Deslembrança, por outro lado, ficou ótima justamente pelos efeitos usados, aquelas bolinhas vermelhas e a imagem borrada me deixaram curiosa e tornaram a imagem diferente.

Cursed... não sei bem se gosto ou odeio a capa, sendo sincera. Não gostei da modelo, não gostei do chão, não gostei da cor do título, mas no final acabou ficando bonitinho. Between the Lines ficou bonito, mas não chamou tanto a atenção, acho que as cores ficaram neutras demais. Agora minha capa predileta do post, Born Wicked! Tudo ficou lindo nessa imagem, o chão, a cor e fonte do título e principalmente os olhos hipnotizantes da modelo!


A capa que inspirou o post, eu adoro The Goddess Test. As folhas do chão tem um verde lindo, a modelo ficou simples e bonita com aquele vestido branco, acho que tudo harmonizou perfeitamente. Lucid é uma das capas mais originais desse estilo, caso você não tenha entendido, a imagem foi virada de cabeça para baixo! Deu um ar super legal de que a modelo está flutuando e o roxo do fundo chama muito a atenção. Por fim, Stealing Parker não em nada de especial mas eu gostei, me lembra um dia quente de verão e um parque bonito, além de estar na cara que é um romance!