Resenha - Só Para Convidados

Resenha feita pela Mari!  
Título: Só para Convidados
Título Original: Invitation Only
Série: Exclusivo
1- Exclusivo (2009)
2- Só Para Convidados
3- Intocáveis (2012)
4- Confessions (2007 US)
(...)
13- Ominous (2011 US)
14- Vengeance (2011 US)
Autora: Kate Brian
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Ano: 2010
Saiba mais: Skoob
Comprar: FNAC // Submarino

Sinopse: Reed finalmente conseguiu o que queria - passe livre para o Alojamento Billings, assim como o direito de andar com um grupo exclusivo, cheio de glamour, dinheiro e... mentiras. Ela é uma menina do Billings agora e, além do prestígio, será convidada para as melhores festas do campus. A Legado é a maior e mais importante entre elas. Pena que para estar lá você precisa fazer parte de uma famíliia tradicional, e para isso Reed teria que nascer de novo. E agora?

A Trama: Reed agora faz parte do seleto grupo das Bilings, mas as coisas nunca ficam fáceis pra ela, agora que seu namorado Thomas desapareceu, todas as atenções estão voltadas para a garota que tem que ralar para conseguir estudar, manter as camas do alojamento arrumadas e servir as 'exclusivas'.
Enquanto isso, ela tem que arrumar um jeito de entrar na festa 'Legado' para poder (talvez) encontrar Thomas, mas só herdeiros das famílias que estudam na Academia Easton há gerações são convidados. Resumindo, a vida para Reed tem complicado cada vez mais!
Uma trama envolvente, típica de uma continuação, que consegue bater o primeiro livro, porém ainda não foi o bastante para me apaixonar pela série. Acho que a história é meio fútil com todas as menininhas ricas e desinteressadas, além disso os segredos não são muito convincentes, falta aquele toque que te deixa morrendo de vontade de ler o próximo livro.

A Protagonista: Reed continua como única narradora, o que continua me afastando da história, ela está cada vez mais pensando só nela mesma, ela é uma garota Bilings mas não é o bastante, está sempre querendo mais, bem diferente daquela garotinha do interior que chegou na Easton unicamente com esperança.
Por um lado isso é ótimo, no primeiro livro foi meio 'babaca' a personalidade da Reed, ela parecia toda focada em se encaixar e fazer o possível e o impossível para isso, mas quando a oportunidade aparecia ela fugia. O lado ruim é que eu, pelo menos, acabei ficando com ódio dela, de como ela  machucava as pessoas, da submissão, enfim, de tudo.

Personagens Secundários: Os personagens secundários continuam os mesmos, o que é excelente já que no primeiro livro mal chegamos a conhecê-los.
A única novidade é Whittaker, um veterano que todos da Academia Easton parecem conhecer e respeitar. Além disso ele está interessado na protagonista, que desiludida com o sumiço do namorado não desencoraja as investidas.
As garotas Bilings são basicamente as mesmas, mas elas parecem começar a realmente aceitar e incluir Reed no grupo, a princípio elas  maltratam muito a garota, submetendo-a à trabalhos degradantes.
Achei muito triste o Thomas ter desaparecido, vou admitir que estou sentido falta do garoto para apimentar a história.

Capa, Diagramação e Escrita: A capa é bem parecida com a primeira, bem High School com garotas uniformizadas, bem arrumadas e com um toque de classe. A narrativa não tem palavras complicadas e flui muito bem, um livro para relaxar e ler sem medo.
Não reparei em erros que atrapalhem e a letra pequena já não me incomodou tanto.

ConcluindoSó Para Convidados é melhor que Exclusivos, mas, como sempre, tinha potencial para mais! Os segredos são muito previsíveis  e fracos, para quem está ansiando por aquele livro de roer todas as unhas, ainda não é o segundo volume.


Classificação: