Resenha - O Resgate do Tigre

Resenha feita pela Mari!  
Título: O Resgate do Tigre
Título Original: Tiger's Quest
Série: Saga do Tigre
1- A Maldição do Tigre (2011)
2- O Resgate do Tigre
3- A Viagem do Tigre (2012)
4- O Destino do Tigre (2013)
Autor: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Páginas: 432
Ano: 2012
Saiba mais: Skoob
Comprar: Extra // Submarino // Saraiva // Fnac

Alerta: A própria sinopse possui spoilers, se você ainda não leu o primeiro volume pule diretamente para a conclusão e corra pra ler A Maldição do Tigre.

Sinopse: Kelsey Hayes nunca imaginou que seus 18 anos lhe reservassem experiências tão loucas. Além de lutar contra macacos d'água imortais e se embrenhar pelas selvas indianas, ela se apaixonou por Ren, um príncipe indiano amaldiçoado que já viveu 300 anos. Agora que ameaças terríveis obrigam Kelsey a encarar uma nova busca – dessa vez com Kishan, o irmão bad boy de Ren –, a dupla improvável começa a questionar seu destino. A vida de Ren está por um fio, assim como a verdade no coração de Kelsey. Em O Resgate do Tigre, a aguardada sequência de A Maldição do Tigre, os três personagens dão mais um passo para quebrar a antiga profecia que os une.

A TramaNo final do primeiro volume Kelsey (a protagonista) termina com o lindo príncipe indiano (Ren) que estava namorando e não gostei do que aconteceu, mas compreendi que muito ainda estava por vir. Graças àquele final, O Resgate do Tigre tem um começo extremamente lento e choroso sem nenhuma aparição dos tigres. 
Kelsey começa a sair com outros rapazes e tenta seguir com a sua vida, agora matriculada na melhor universidade das redondezas e com sua própria casa e carros dados como 'pagamento' pelos seus serviços na Índia. Ela consegue levar uma vida normal, porém essa rotina continua apenas por um semestre, são as 50 páginas mais chatas do livro, mas valem a pena pelo que está por vir.
Logo quando o 'presente de natal' aparece na porta de Kelsey, a trama ganha um ritmo mais leve e se torna mais fluida, o romance retorna e, junto com ele, muita ação e aventura. 

A Protagonista: Pouca coisa mudou em Kelsey, ela tem me irritado um pouco com as lamentações (que acontecem em quase todas as páginas) e algumas atitudes, como a de não ir atrás do tigre, mas nada que atrapalhe muito o livro. Gosto do estilo da personagem, ela é muito decidida e corajosa, parece o tipo de garota por quem tigres\ príncipes indianos conseguem se apaixonar facilmente. Ainda acho que seria interessante conhecer a história,  ou ao menos alguns capítulos dela, pelos olhos de outro personagem.

Personagens Secundários: Mesmos personagens secundários, com exceção dos três azarados que aparecem no começo da história.
Nas primeiras páginas Kelsey resolve dar uma chance a outros garotos, mas mesmo o oponente mais forte parece não chegar nem aos pés de Ren. Na minha opinião, Collen poderia ter feito Lin um pouco mais interessante aos olhos dela.
Seja branco ou preto, os tigres continuam apaixonantes do início ao fim, fiquei imensamente feliz por Kishan ter ganho mais espaço e ter, até mesmo, acompanhado Kelsey nessa segunda missão. Ambos os tigres parecem ficar cada vez melhores, eles tornam o livro interessante, tanto que nas 50 primeiras páginas onde os irmãos não aparecem a leitura é tediosa.

Capa, Diagramação e Escrita: A capa continua maravilhosa, não reparei em nenhum erro de português e nenhuma palavra de difícil compreensão. Entretanto, nesse volume o título dos capítulos me chamou a atenção, parecia que em alguns capítulos eu levava um spoiler do que estava para acontecer, como por exemplo o título Kishan quando o tigre ainda não havia aparecido neste volume.
Eu amo a escrita da Collen pois ela consegue mesclar um pouco de cada gênero e ainda incluir nessa mistura fatos interessantes sobre a Ásia, a religião e os deuses da região tornando cada página mais interessante que a interior.

ConcluindoUma continuação à altura de um dos melhores livros que eu tenha lido, possui ainda mais potencial para o terceiro volume, me arrancou muitas lágrimas, sorrisos e surpresa. Para todas as idades, todos os gostos, eu recomendo que todos conheçam um pouco mais dessa jornada enigmática e mágica de Kelsey, Ren e Kishan.


Classificação: