Resenha - A Viagem do Tigre e O Destino do Tigre

Resenha feita pela Mari!  
Título: A Viagem do Tigre / O Destino do Tigre
Título Original: Tiger's Voyage / Tiger's Destiny
Série: Saga do Tigre
1- A Maldição do Tigre (2011)
2- O Resgate do Tigre (2012)
3- A Viagem do Tigre
4- O Destino do Tigre
Autor: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Páginas: 496 / 400
Ano: 2012 / 2013
Saiba mais: Skoob Viagem do Tigre // Skoob Destino do Tigre
Comprar A Viagem do Tigre: Saraiva // Submarino // Extra
Comprar O Destino do Tigre: Saraiva // Submarino // Extra

Alerta: As seções Trama e Personagens Secundários contém spoilers (informações sobre a trama) de A Maldição do Tigre e O Resgate do Tigre.

Sinopse: Perigo. Desolação. Escolhas. A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor? Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores. Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga, e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia.
No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos.

A TramaEm A Viagem do Tigre a trama se torna basicamente um triângulo amoroso onde os protagonistas (Kelsey, Ren e Kishan) saem em busca do terceiro presente de Durga. Como de costume, Coollen consegue uma mistura emocionante de aventura, ação e muito romance. Nos livros anteriores, o casal Ren e Kelsey estava mais forte do que nunca e apesar de todos os problemas, o futuro era certo para os dois, porém agora Kishan tem uma chance de mostrar o perfeito cavalheiro que é, e a disputa será acirrada. O livro me arrancou algumas lágrimas e sorrisos.
Já em O Destino do Tigre o trio amoroso está de volta em busca do último presente, Ren está livre da 'maldição' e de volta à disputa! Vou admitir que em várias partes do livro a autora pecou no triângulo amoroso, parece que, não importa quanto Kishan tente, ele nunca chega aos pés de Ren e desde o começo sabemos exatamente com quem Kelsey vai terminar. A protagonista amadurece ainda mais e ganha um pouco de humildade, o que facilita muito a evolução da narrativa. Eu amei a 'segunda parte' da história e, ao contrário de todo mundo, amei a versão amazona da Durga.
Muitas surpresas e reviravoltas te aguardam no final da saga, muito choro e, ao menos para mim, muita decepção. Engana-se quem acha que a história vai terminar com um felizes para sempre, o final não foi todo infeliz ou chato, entretanto eu esperava algo bem diferente.

A Protagonista: Kelsey amadurece um pouco e grande parte da minha satisfação com a história se deu graças a isso, nos primeiros volumes a incessante choradeira em todos os capítulos tirava um pouco da emoção. Amei o desfecho do segundo volume da série e toda maneira como a protagonista lida com isso.

Personagens Secundários: Permanecem os mesmos personagens porém temos a chance cada vez mais de conhecer Kishan e seu lado romântico, Sr. Kadam se torna cada vez mais um pai para Kelsey, assim como Nilima torna-se uma irmã.
Conhecemos também um lado de Ren que não é toda aquela perfeição dos volumes anteriores (em algumas cenas eu queria matá-lo) e, acontecem algumas perdas pelo caminho que vão arrancar lágrimas de todos.

Capa, Diagramação e Escrita: As capas de toda a série são perfeitas, além de ter folhas amareladas e uma letra grande, ideal para leitura.
Uma das melhores características da saga é toda a mitologia que Collen insere, aprendemos sobre deuses e deusas, mitos antigos e seres místicos como sereias e dragões, além de conhecermos partes da Ásia (principalmente a Índia) e toda sua cultura.

Concluindo: A Viagem e O Destino do Tigre seguem a linha dos primeiros volumes e valem super a pena, a autora cresce muito de um volume para o outro e transmite isso através da protagonista. Conhecemos cada vez mais o mundo de Durga e de suas reencarnações e queremos ainda mais fazer parte dele. Não pude deixar de ficar triste ao acabar o quarto volume e, apesar do final não tão empolgante, todos os volumes valem cada centavo!


Classificação: