Resenha - O Projeto Rosie

Resenha feita pela Maay!  
Título: O Projeto Rosie
Título Original: The Rosie Project
Livro Único.
Autor: Graeme Simsion
Editora: Record
Páginas: 320
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Extra // Submarino // Saraiva // Fnac

Don, com sua maneira muito particular, fez meus olhos brilharem.

Sinopse: Perto de completar 40 anos, o peculiar professor de genética Don Tillman havia desistido do amor. Para acompanhar sua rotina severamente cronometrada, com esquema de refeições padronizadas, um cronograma para a execução de cada compromisso (inclusive para a prática de exercícios físicos antes de dormir) e lidar com sua falta de habilidade social, só mesmo a mulher perfeita. E ele já sabe como encontra-la. Ou pelo menos acha que sabe. Ele desenvolve o projeto Esposa Perfeita, um questionário meticuloso que irá ajudá-lo a selecionar candidatas adequadas a seu estilo de vida. Mas quando Don conhece a jovem Rosie ele descobre que nem tudo na vida pode ser programado... e que o amor pode, de repente, vir a seu encontro.

A Trama: Minha principal crítica sobre esse livro, é que ele demora para entrar no ritmo. A leitura foi bastante arrastada no começo, até que Rosie aparece. A personagem chega, não somente para dar "luz" à vida de Don, mas também para deixar o livro exponencialmente melhor.
Minha impressão é que, tal como na vida do protagonista, nada de interessante aconteceu na trama até que Rosie abre a porta da sala de Don. A partir desse momento o protagonista vê sua vida de pernas para o ar, e nós temos um lad-lit (chick-lit escrito por um homem) delicioso.
Enquanto Don é exageradamente pragmático, Rosie é a típica cabeça de vento, e presenciar o crescimento que um proporciona ao outro é maravilhoso.

O Protagonista: Esse livro me fez chegar a uma conclusão: eu tenho uma empatia imensa por personagens "problemáticos".
Que Don não é uma pessoa muito normal, é óbvio. Ao mesmo tempo em que é um gênio da genética, ele é analfabeto em questões sociais - precisando, muitas vezes, de ajuda para entender quando alguém está sendo sarcástico. Porém, é exatamente isso o que faz do personagem um ser tão carismático - ao menos para mim. 
Simpatizei muito com o personagem, desde seus TOC's até a forma como ele permite que Rosie entre em sua vida, sem nem se dar conta do que isso significa para ambos.

Personagens SecundáriosRosie é a essência do livro. Posso ter gostado imensamente de Don, mas isso só aconteceu por causa do que o personagem permite que Rosie faça com ele. Eu me apaixonei por ela, e principalmente, pela forma com que ela faz tudo parecer tão natural.
Gene e Cláudia, amigos de Don, também me cativaram bastante. Por mais que Gene, em alguns aspectos, seja bastante irritante, o carinho que eles tem por Don conquista qualquer leitor. A impressão que tive foi de que os dois tratavam Don de uma forma bastante paternalista. Fato que ficou evidente em uma das minhas cenas favoritas, quando ambos defendem o protagonista de Rosie, atuando como verdadeiros pais.

Capa, Diagramação e Escrita: Não tenho do que reclamar sobre esses aspectos. A capa me conquistou antes mesmo da sinopse - é linda, de super bom gosto e tem absolutamente tudo a ver com a história.
E Don como narrador, tenho que concordar, foi uma sacada de mestre. O livro não seria tão bom se narrado por outra pessoa, isso é claro para mim. Ainda que tenha me apaixonado por Rosie, nem ela seria tão atraente se não a conhecemos através dos olhos dele. Tenho certeza, a falta dessas peculiaridades características de Don, empobreceriam e muito a narrativa.

ConcluindoComo eu disse, o livro é ótimo. O autor fez um trabalho maravilhoso e se eu não tivesse expectativas tão altas, teria me surpreendido muito.
O problema, aqui, foi minha irreparável mania de ler resenhas antes de ler o livro. Vi diversas pessoas que classificaram O Projeto Rosie como um dos melhores livros do ano, e até mesmo algumas que colocaram-no entre seus favoritos. Eu esperava demais. E claro, o livro acabou não atingindo o esperado.
Meu conselho? Leiam, ele merece ser lido. Mas não criem expectativas muito altas, pois aí, com certeza, o livro irá te surpreender.

Quotes:
- Foi o melhor dia da minha vida adulta - respondi. Rosie pareceu tão contente com minha resposta que decidi não concluir o restante da frase: "fora os dias que visitei o Museu de História Natural".

Ao contrário de Gene e Claudia, e pelo visto da maioria da raça humana, não me afeto emocionalmente com histórias de amor. Parece que não sou programado para esse tipo de reação.
Classificação: