Resenha - Destino

Resenha feita pela Mari!  
Título: Destino
Título Original: Matched
Série: Matched
1- Destino
2- Travessia (2012)
3- Conquista (2013)
Autor: Ally Condie
Editora: Suma de Letras
Páginas: 240
Ano: 2011
Saiba mais: Skoob
Comprar: Ponto Frio // Submarino

Sinopse: Cassia tem absoluta confiança nas escolhas da Sociedade. Ter o destino definido pelo sistema é um preço pequeno a se pagar por uma vida tranquila e saudável, um emprego seguro e a certeza da escolha do companheiro perfeito para se formar uma família. Ela acaba de completar 17 anos e seu grande dia chegou: o Banquete do Par, o jantar oficial no qual será anunciado o nome de seu companheiro. Quando surge numa tela o rosto de seu amigo mais querido, Xander - bonito, inteligente, atencioso, íntimo dela há tantos anos -, tudo parece bom demais para ser verdade.Quando a tela se apaga, volta a se acender por um instante, revelando um outro rosto, e se apaga de novo, o mundo de certezas absolutas que ela conhecia parece se desfazer debaixo de seus pés. Agora, Cassia vê a Sociedade com novos olhos e é tomada por um inédito desejo de escolher. Escolher entre Xander e o sensível Ky, entre a segurança e o risco, entre a perfeição e a paixão. Entre a ordem estabelecida e a promessa de um novo mundo.

A TramaUma sociedade ditadora onde tudo é controlado nos mínimos detalhes e a população acredita que tem uma vida ótima. Não existem mais doenças ou pobreza, o sistema escolhe seu par, seu trabalho, seu alimento e tudo mais. Os poemas, as músicas, as histórias, tudo é controlado e as pessoas tem acesso apenas às 100 seleções de cada categoria. Até a morte é controlada, porém até que ponto isso é bom? Cassia tem uma vida perfeita até que, por um erro no sistema de pareamentos, tudo vira de ponta cabeça.
 Eu amo distopias, são meu 'gênero' literário favorito, não consigo deixar de me apaixonar por cada uma delas. Destino foi uma leitura que eu fiz ainda em 2011, na época do lançamento do livro, e até o segundo ser lançado eu já tinha esquecido toda história e perdi o interesse na série. Agora, com os 3 volumes lançados fui obrigada a reler o primeiro volume e me maravilhar pela segunda vez com a história. 

A ProtagonistaCassia é a narradora da história, começa meio fraca como protagonista, sendo aquela garota que sempre vê a Sociedade com bons olhos, obedece a tudo e a todos, entretanto não demora muito pra que comece a fazer suas próprias escolhas. A protagonista é sempre crucial para o o sucesso do livro e Cassia não deixa a desejar, atrai a atenção do leitor a cada palavra.

Os Personagens Secundários: Os personagens secundários que mais aparecem são a família de Cassia, além de Ky e Xander. A partir do segundo terço da história um dos garotos ganha muito espaço e acaba se tornando quase um narrador, me apaixonei por ambos, um certinho e outro uma Aberração, típico triangulo amoroso com a protagonista indecisa. Apesar disso, os personagens secundários são muito bem trabalhados, vamos conhecendo aos poucos a história de cada um e queremos que todos permaneçam no segundo volume.

Capa, Diagramação e Escrita: É uma capa simples, porém bonita, é a mesma do modelo americano (original) assim como os próximos volumes, porém não tem nada que chame muito a atenção. 
O livro é dividido em capítulos e cada um parece terminar com uma revelação que te deixa curiosa pelo próximo, tornando a leitura rápida e fluida. Apesar das 240 páginas é um livro pouco espesso e a letra é pequena, acho que poderia ter sido um pouco maior pra facilitar a leitura.
Ally Condie consegue, através da protagonista, transmitir cada sentimento, cada olhar, cada acontecimento nos mínimos detalhes, cheguei a chorar em algumas cenas e acabei a leitura em 2 dias. O livro é muito similar a Feios do Scott Westerfeld, porém mais puxado para o romance que predomina em cada página.

Concluindo: Ansiosa pelo segundo volume, espero que todos tenham a chance de ler Destino, porém já aviso que é uma distopia romântica e  é similar a outros livros do gênero. Apesar disso vi muitas resenhas e comentários positivos, recomendado para todos que curtem esse estilo e posso dizer que valeu a pena ler de novo.
Classificação: