Resenha - Luta Pela Liberdade

Resenha feita pela Luh!  
Título: Luta Pela Liberdade
Título Original: Fight for Freedom
Série: Gladiador
1- Luta Pela Liberdade
2- Street Fighter (2012 US)
3- Son of Spartacus (2013 US)
Autor: Simon Scarrow
Editora: Rocco
Páginas: 352
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Fnac // Extra

Um livro que me surpreendeu.

Sinopse: Roma, 61 a.C. Recrutado com um gladiador, o jovem Marcus Cornelius Primus encara uma nova vida de treinamento brutal e regras duras enquanto aprende as habilidades de um lutador de elite. Mas Marcus não pode simplesmente esquecer seu passado. O pai foi morto por soldados e a mãe, sequestrada e vendida como escrava. Marcus está determinado a buscar justiça pela morte de seu pai e libertar a mãe, embora haja em seu passado um segredo. E, caso os romanos o descubram, não haverá escapatória... No primeiro volume de sua nova série para jovens, Simon Scarrow leva o leitor a uma viagem ao Coliseu jamais vista antes.

A Trama: Comecei o livro sem esperar muito e, pelas primeiras 100 páginas, eu não fazia ideia de onde a trama queria chegar. Entretanto, Luta Pela Liberdade surpreende ao melhorar progressivamente em qualidade, terminando com um final ótimo e repleto de cenas de ação. O início do livro tem o intuito de enriquecer o protagonista ao contar sobre sua família e o que aconteceu a cada um deles, mas a trama realmente deslancha quando, após muitas surpresas, Marcus acaba treinando para ser um gladiador aos 11 anos. A partir daí há uma sensação constante de perigo e muita ação, e o protagonista vai conquistando o leitor até que você começa a torcer por ele sem nem perceber.

O ProtagonistaMarcus não passava de um garoto comum, obediente e inteligente, até que uma tragédia acontece com sua família. Então, o garoto é obrigado a crescer e tornar-se um homem de um dia para o outro, e acho que o autor lidou muito bem com isso, sabendo demonstrar o medo e impetuosidade do lado mais infantil do protagonista enquanto, ao mesmo tempo, nos permitia descobrir sua nova maturidade. Apesar de Marcus ser corajoso, ele era humano e cometia alguns erros bem previsíveis.

Os Personagens Secundários: Adorei o protagonista, entretanto ele recebeu tanto espaço na trama que foi difícil explorar outros personagens. Meu predileto foi Brixus, um ex-gladiador misterioso que demonstrou ser muito mais do que aparenta.

Capa, Diagramação e Escrita: Apesar de eu preferir capas sem rostos, gostei dessa pois é exatamente como eu imaginaria um 'gladiador de 11 anos'. Não sou fã da fonte do nome do autor, porém adorei as cores. A diagramação interna é comum e há um bom espaçamento entre as linhas, além de as folhas serem amareladas.
A escrita de Simon ainda tem muito a melhorar, senti falta de mais descrições e o livro realmente só mostra os detalhes mais básicos, tornando-o um pouco mais dinâmico.

Concluindo: Não sabia bem o que esperar de Luta Pela Liberdade, entretanto a trama me surpreendeu da melhor maneira. Estou ansiosa pela continuação da série, mas já aviso que este livro demora um pouco para prender o leitor.

Classificação: