Quinta das Capas #53

Fogo


Como prometido, o tema dessa semana é fogo! Algumas capas são bem semelhantes, outras são muito originais.

Apesar de ser simples, a imagem de A Rainha do Castelo de Ar sempre me chamou a atenção, adoro esses dragões de fogo. Burned é maravilhosa, cheia de detalhes bonitos, especialmente aquele título pegando fogo. Tenho vontade de comprar o livro só pela capa. Já a de Monsters of Men eu não gosto tanto, a fonte do título deixa a capa com um ar amador. Apesar de Traição ter uma imagem interessante, outras capas dessa série são mais bonitas, isso sem falar que o nome da autora em azul não combinou nem um pouco.



Minha capa predileta de hoje é Wildefire, por ser tão misteriosa e estranha. Eu nem consigo identificar direito o que é aquilo na imagem, mas adorei, só acho que o título poderia ter mais destaque. Eu também adoro a imagem de Divergente, o símbolo de foto, a cidade no fundo, eu só gostaria que o título tivesse mais cor. Agora nas ilustrações, esse dragão na capa de Como Mudar uma História de Dragão é uma gracinha e o fogo combina com o livro. Em Oksa Pollock e o Mundo Invisível a ilustração é muito bonita, mas não gostei da fonte, é simples demais.



Não gostei de praticamente nada em Uma Questão de Segundos. São poucas cores, o título é todo em minúsculas e não gostei de nenhuma das fontes. Por outro lado, Bruxos e Bruxas é muito bonita, adorei o detalhe especial dos rostos dentro da letra! Guerra Imortal tem seus charmes, eu adoro o título e a ideia do barco pegando fogo, mas o resultado final não ficou tão bom.


E vocês, qual a capa predileta?