Resenha - Eleanor & Park

Resenha feita pela Luh!  
Título: Eleanor & Park
Título Original: Eleanor & Park
Livro Único.
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Páginas: 328
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Fnac // Submarino // Extra

Genial em sua simplicidade.

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

A Trama: Quando Eleanor, a garota nova, aparece no ônibus da escola, Park imediatamente não gosta muito dela. A garota é estranha e Park se esforça para não chamar a atenção, então tenta ficar longe dela. Esse definitivamente não é um caso de amor à primeira vista e semanas se passam sem que os protagonistas troquem uma palavra, Park chega a ter uns pensamentos meio maldosos sobre a garota. O romance demora bastante para surgir, porém assim que começa, eu acredito que tenha evoluído meio rápido demais e ficado muito sério para dois adolescentes que ainda estão na escola.
Minha parte predileta da trama não é o romance, e sim a crueldade real com que a autora retrata o mundo. O livro se passa nos anos 80, quando bullying era considerado algo normal. O padrasto de Eleanor é um homem desprezível, a mãe de Park é cheia de preconceito. Esse não é um daqueles romances fofos em que tudo dá certo, Eleanor chega em casa todas as noites com medo e  sua família é tão pobre que ela nem sequer tem uma escova de dentes. Entretanto, isso faz com que cada pequena vitória seja ainda melhor. 

Os ProtagonistasEleanor é uma ruiva gordinha com cabelo cacheado indomável que usa roupas remendadas, adora ouvir música e tira ótimas notas porque estuda bastante para passar o tempo. Ela faz o possível para proteger os irmãos mais novos e dá todo o dinheiro que consegue para a mãe, para comprar comida. É triste pensar que a vida dela é a realidade de muitas pessoas e faz o leitor refletir bastante.
Park é um asiático que mora no mesmo bairro há muitos anos e já conhece a maioria das pessoas de lá. Ele é um garoto comum, com uma família normal e uma mãe super protetora. Park adora ler gibis e ouvir música e a única coisa realmente diferente sobre ele são seus olhos puxados, porém ele amadurece bastante e demonstra ser um ótimo garoto quando conhece Eleanor.

Os Personagens Secundários: Gostei muito da mãe de Park, que se mostrou ser muito mais do que inicialmente aparenta ser. Os irmãos de Eleanor são fofos às vezes e terríveis em certas ocasiões, porém não deixam de ser crianças. A mãe dela, entretanto, é uma mulher submissa que tenta agradar ao marido e aceita sua agressividade sem tentar melhorar sua situação, o que me irritou bastante.

Capa, Diagramação e Escrita: Acho a capa muito fofinha, os desenhos dos protagonistas ficaram perfeitos! A diagramação interna está legal, com uma fonte grande e diferente, ótima para leitura, mas encontrei alguns errinhos de revisão.
A escrita da Rainbow Rowell pode parecer bem comum no início, mas a autora vai demonstrando sua qualidade, na minha opinião, ao narrar a vida de Eleanor de uma maneira envolvente e interessante.

Concluindo: Eu esperava um romance fofo e recebi muito mais. O livro tem alguns pequenos defeitos, mas é uma obra maravilhosa que vai arrancar lágrimas de muitos leitores.

Classificação: