Terça do Top #67

Top 6 Triângulos Amorosos


Como muitos, eu não costumo gostar muito de triângulos amorosos, porém preciso admitir que às vezes eles dão certo e aumentam a qualidade da trama, então selecionei alguns que eu adorei. O único problema é que eu sempre acabo torcendo pelo lado perdedor.
Nota: Os dois últimos triângulos podem ter spoilers de Sob a Luz da Lua e Legend.

Adrian/Rose/Dimitri - Série Academia de Vampiros
Provavelmente meu triângulo amoroso predileto, principalmente porque eu nunca soube torcer para um lado só. Dimitri é tão intenso, porém Adrian tem aquele jeitinho torturado que me conquistou aos poucos.

Dorian/Celaena/Chaol - Trono de Vidro
Eu não esperava um romance nesse livro, que é sobre assassinos, especialmente porque a protagonista é uma prisioneira, porém me surpreendi ao amar os dois personagens masculinos. Acho que Celaena teve síndrome de Estocolmo e me levou junto.

Maxon/America/Aspen - A Seleção
Nessa série eu escolhi um lado desde o início, e esse lado foi Maxon. Entretanto, Aspen foi perfeito, principalmente após eu ter lido o conto de seu ponto de vista. É um romance que me irritou em diversos pontos, porém também foi maravilhoso em outros.

Maria/Henrique VIII/Ana - A Irmã de Ana Bolena
Um triângulo histórico que muitos já devem conhecer, mas contado de um ponto de vista bem diferente nesse livro. É raro ver um triângulo em que duas mulheres disputam um homem, e mais raro ainda quando são irmãs, porém eu adorei o romance nesse livro. Maria era entediante, então fiquei torcendo por Ana, mesmo já sabendo como tudo terminaria.

Ren/Calla/Shay - Sob a Luz da Lua
Vou confessar que no início eu não gostava desse triângulo amoroso, Calla já tem tantos problemas que ela parecia estar melhor sozinha. Porém após o final do primeiro livro, como não torcer por Ren?

Day/June/Anden - Prodigy
Anden só aparece no segundo livro, mas já é meu predileto. O personagem é muito complexo e conseguiu me deixar com raiva, porém estou torcendo para June transformá-lo em uma pessoa melhor.