Resenha - Uma Bruxa na Cidade

Resenha feita pela Luh!  
Título: Uma Bruxa na Cidade
Título Original: A Witch in Winter
Série: Winter
1- Uma Bruxa na Cidade
2- Uma Bruxa Apaixonada (2014)
3- A Witch Alone (2013 US)
Autor: Ruth Warburton
Editora: Leya
Páginas: 336
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Fnac

Previsível, porém divertido.

Sinopse: Quando o amor e a magia se misturam, quem poderá distinguir a fantasia da realidade? Anna Winterson não sabe que é uma bruxa, e provavelmente zombaria de quem insinuasse algo parecido. Quando ela se muda para a cidade de Winter, começa a descobrir do que é capaz quando usa seus poderes. A confusão começa quando ela conhece Seth, o garoto mais bonito e cobiçado da escola. Numa brincadeira aparentemente inofensiva, Anna o enfeitiça para que ele se apaixone. E, sem querer, acaba deflagrando uma guerra entre dois clãs de bruxos rivais. A bruxinha quer apenas viver seu amor, mas se sua mágica é capaz de controlar a paixão de Seth, ela poderia ser tão monstruosa quanto os seres que estão tentando usar seus poderes em benefício próprio?

A Trama: O livro conta a história de Anna, uma garota que acabou de se mudar para a cidadezinha de Winter. Na primeira festa do pijama de Anna, ela e as amigas decidem fazer um feitiço de amor como uma brincadeira, e Anna pensa no maravilhoso Seth, um garoto que acabou de conhecer e, infelizmente, tem namorada. O problema é que Anna é uma bruxa, apesar de não saber isso no início, e Seth realmente se apaixona por ela.
Obviamente, o maior problema que eu tive com o livro foi o instalove - a paixão instantânea entre o casal principal. É compreensível o lado de Seth, que está sob um feitiço, porém o romance me irritou desde o início.
A primeira parte da trama é super interessante, com Anna descobrindo os novos poderes e tentando se adaptar à cidade, além de encontrar diversos mistérios. O final também conseguiu me prender, com muitas lutas e um suspense envolvendo uma sociedade secreta de bruxas. Porém entre o início e o final do livro, as cenas pareciam se repetir em um ciclo infinito e tive a sensação de que não aconteceu muito, queria um desenvolvimento melhor dos personagens e mais detalhes sobre o mundo das bruxas.


A Protagonista: Anna está longe de ser a pior protagonista que já vi, porém tem muito a melhorar. Ela se contradiz frequentemente, agindo de uma maneira e logo após tomando o caminho contrário, principalmente em relação à Seth. Eu teria gostado muito dela se não fosse o romance, porque adorei a maneira como a garota foi conhecendo sua magia, e espero que a autora foque nisso nos próximos livros.

Os Personagens Secundários: Amei as bruxas! Elas (e eles) tem um grande papel nesse livro, e estou muito ansiosa para conhecer melhor cada um. Seth não era um personagem ruim, só não tinha nada de especial, um personagem vem previsível e superficial. Os outros personagens secundários quase não aparecem, a trama realmente foca só em Anna e Seth.

Capa, Diagramação e Escrita: Sempre gostei da imagem dessa capa, só acho que o título ficou um pouco apagado, especialmente na lombada. A diagramação interna é comum, a fonte é um pouco maior do que eu estou acostumada, mas acredito que seja uma vantagem pra quem tem mais dificuldade em ler.
A escrita da Ruth precisa evoluir. As cenas não tem muitos detalhes e parecem apressadas, além de a autora não conseguir transmitir muito bem os sentimentos dos personagens.

Concluindo: Pra mim, foi um livro que não teve na de especial, e já li séries muito melhores. Porém a trama é interessante e estou ansiosa pela continuação. Acho que os leitores mais jovens ou mais impacientes vão adorar o livro, porque as cenas são rápidas e pouco descritivas, além de ter o elemento interessante da magia.


Classificação: