Terça do Top #74

Top Diagramações em Livros (2)


Como explicado na semana retrasada, estamos mostrando aqueles livros também são maravilhosos por dentro, com diagramações lindas e detalhes especiais. Hoje é a vez de conferir alguns livros da May e da Ná!

Once Upon a Time já começa caprichado na capa, né? Mas isso é o que se espera de um livro mais infantil. Tem que atrair, além de pelo conteúdo, pelo visual. E esse livro é uma graça, as ilustrações, fonte, detalhes na página... Tudo. Além de uma leitura agradável, é um presente aos olhos.

Em Como Viver Eternamente o personagem faz algumas "listas". E essas listas são retratadas perfeitamente, não somente com uma fonte diferente, mas também cheio de detalhes, até aquelas barbinhas do papel, sabem? Um capricho imenso da editora.

A diagramação de Branca de Neve e o Caçador é lindíssima. Antes de todos os capítulos há uma ou duas folhas com gravuras e o número do capítulo fica dentro de um escudo.

Em Qual Seu Número?, a protagonista sai numa roadtrip a procura de seus ex-namorados, e em algumas páginas há mapas mostrando o caminho que ela percorre e anotações e conversas que ocorrem recebem um destaque do restante do livro.

Hyperbole and a Half é um livro todo ilustrado no paint, pela própria autora, sobre coisas que aconteceram com ela quando mais nova. As ilustrações são super divertidas e coloridas, mas o livro não é infantil.

O Pequeno Príncipe é um livro super fofo, tanto em sua trama, quanto fisicamente. Ele é todo ilustrado com desenhos do próprio autor.

Em O Pessegueiro, o começo dos capítulos são curvados e as primeiras linhas formam ondas. Há galhos diferentes de pessegueiro no alto da página junto dos números e nomes dos capítulos.

Sendo bem coerente com o tema, os capítulos de Sangue Quente não são divididos com números nem palavras, mas sim com imagens de órgãos e membros do corpo humano.

Para quem curtiu, semana que vem tem mais ainda! (E para quem não curtiu, será a última parte, prometo.)