Resenha - Princesa Adormecida

Resenha feita pela Tay!
Título: Princesa Adormecida
Livro Único.
Autor: Paula Pimenta
Editora: Galera Record
Páginas: 192
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Fnac // Extra

SinopseEra uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim... 

A TramaComo o livro é bem pequeno, não acho que seria legal eu ficar falando da trama, poderia dar spoilers sem querer, então vamos ao que eu achei. Apesar da protagonista ter dezesseis anos, eu achei esse livro bem juvenil, com toda aquela coisa do primeiro amor, da primeira decepção, a tão buscada liberdade adolescente, quando você quer ser tão livre quanto suas amigas. O livro tem um história bem fofa, mas previsível. Não é nada de mais, apenas uma leitura que irá te entreter por algumas horas, mas que mesmo assim vai te fazer sorrir e ao mesmo tempo achar que tudo aquilo é uma bobagem só. 

A Protagonista: Anna Rosa cresceu sob a superproteção dos tios, então ela não saía com as amigas, não ia à festas, não fazia nada que as meninas da sua idade estavam fazendo. Ela me irritou muitas vezes, por ficar se martirizando, choramingando, agindo como uma criança. Porque, apesar dela ter 16 anos, mais parecia que ela era uma pré-adolescente de 12. Ela não é uma personagem forte, então isso com certeza tirou alguns pontos da minha simpatia por ela. Mesmo assim, como ela deveria representar a princesa de um conto de fadas, acho que esse papel foi bem representado, com toda a inocência que uma princesinha deveria ter.

Personagens SecundáriosEu até gostei de Clara, amiga de Anna, mas achei ela bem superficial. Até agora não consigo entender como os tios de Anna, três homens adultos, moravam juntos. Pode não ser estranho para muita gente, mas eu achei super esquisito, ainda mais que os três estavam juntos o tempo inteiro. Phil era um fofo, mas não devo falar sobre ele (spoilers!).

Capa, Diagramação e EscritaEssa capa é linda, fofa, TDB! *_* Me apaixonei por ela assim que vi. A menina deitada com o celular na mão dá perfeitamente esse ar de "conto de fadas moderno". A diagramação da editora está uma graça, com coraçõezinhos, detalhe de papel quando tem algum bilhete ou carta, tópicos de mensagens de celular e etc. Só achei que a impressão estava bem apagadinha, com algumas falhas (pode ser só minha edição, mas isso acontece com frequência nos livros da editora). Esse foi meu primeiro contato com a Paula Pimenta, e achei a escrita dela bem mediana. Talvez seja só por causa da história mais juvenil, mas ela não conseguiu me impressionar na escrita. Narrado em primeira pessoa pela Anna, a história teve um tom mais infantil. Mesmo assim, é uma narrativa bem fluida, não "agarra" em nenhum momento e ela sabe criar momentos bem fofos.

ConcluindoO livro não é aquela coca-cola toda, mas conseguiu me arrancar sorrisos algumas vezes, mas também achei a história bem bobinha, ideal mesmo para passar o tempo. Duas horinhas que você tirar para ler são o suficiente para ler o livro todo. Eu estava empacada num livro que estava me dando preguiça, então quando peguei ele pra ler, minha disposição para leitura voltou, já que ele é super rapidinho e gostosinho até. Acho que posso dizer que ele seria bom para dispensar uma ressaca literária ;D

Classificação: