Resenha - Se Eu Ficar

Resenha feita pela Luh!  
Título: Se Eu Ficar
Título Original: If I Stay
Série: Se Eu Ficar
1- Se Eu Ficar (2014) (originalmente 2009)
2- Para Onde Ela Foi (outubro 2014)
Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Fnac

Lindo demais!

Sinopse: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. 

A Trama: Mia é uma garota tranquila com uma vida bem feliz, até que sua família sofre um acidente de carro e a garota entra em coma. O livro é bem curto e se passa em um espaço de tempo de menos de dois dias. Porém, a história vai intercalando entre o que está acontecendo atualmente e algumas cenas do passado da garota, que dão um contexto melhor à situação.
A trama gira em torno da decisão de Mia, de acordar e ficar com as pessoas que estão esperando por ela ou partir para o que quer que exista após a morte. Não é um livro muito complexo e nem extremamente triste, e gostei de como a autora focou mais na vida da protagonista e em todos os momentos felizes do que na decisão e situação atual. O livro termina abruptamente, me deixando bem curiosa sobre o que aconteceria no próximo, porém gostei do final.


A Protagonista: Mia é uma garota bem normal e amei que ela não tentou fazer um drama desnecessário com sua vida. As situações complicadas são complicadas, mas quando tudo dá certo, ela se permite ser feliz. Seu relacionamento com a família é muito fofo e gostei de como a garota se dedicava muito à sua música, ela tinha uma maturidade invejável. Foi uma ótima protagonista, bem carismática e que conseguiu me prender desde o início.

Os Personagens Secundários: Amei tantos personagens que não posso citar todos. Os pais de Mia são tão diferentes e interessantes, com o pai que costumava tocar em uma banda de rock e "endireitou" a vida para cuidar da família, e a mãe meio certinha e meio descolada ao mesmo tempo. Teddy, o irmão mais novo, tem aquela energia especial das crianças, apesar de irritar um pouquinho. Kim, a melhor amiga da protagonista, parecia uma garota leal, independente e muito interessante, gostaria que ela tivesse um pouquinho mais de espaço na trama. Por fim, Adam. Fica claro desde o início que ele é especial e tem um relacionamento verdadeiro com Mia, muito diferente dos "namoros de ensino médio". Eles são um casal maduro e inteligente, ambos apaixonados por música, porém de mundos completamente opostos. É claro que não são um casal perfeito, porém adorei a maneira como se esforçavam para superar os problemas, sem perder a individualidade.

Capa, Diagramação e EscritaEu não costumo gostar de capas de livros, porém essa é tão bonita que me conquistou. A atriz do filme se parece bastante com a Mia que eu imaginei, então combinou. A diagramação está linda demais, com notas musicais em todas as páginas e alguns extras no final do livro.
A escrita da Gayle é daquele tipo simples, mas que parece ter algo a mais que você não consegue bem identificar. Ela conseguiu transmitir perfeitamente os sentimentos da personagem, arrancou até algumas lágrimas, e é o tipo de escrita que não cansa, mesmo que você leia o livro inteiro de uma só vez.

Concluindo: Adorei os personagens e a maneira como a trama foi contada, intercalando o presente e o passado, só gostaria que o livro tivesse sido mais detalhado, se aprofundado mais no passado da garota. Ainda assim, vale muito a pena e estou ansiosa pelo filme - e pela continuação! 

Classificação: