Resenha - Tormento

Resenha feita pela Maay!
Título: Tormento
Título Original: The Dare
Livro Único.
Autor: John Boyne
Editora: Seguinte
Páginas: 86
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Extra

Uma leitura rápida e proveitosa.

Sinopse: Danny Delaney estava de férias e só queria um verão tranquilo. Mas um dia, quando sua mãe volta para casa escoltada por policiais, ele percebe que alguma coisa horrível aconteceu. Ela havia se envolvido em um acidente - atropelara um garotinho que agora estava em coma, com poucas chances de sobreviver. 
A sra. Delaney se afoga em culpa e se isola de todo mundo, inclusive do marido e do filho. Danny, por sua vez, não entende o que está acontecendo. 
Por que sua mãe se sente tão culpada quando a própria polícia disse que ela não era responsável pelo que tinha acontecido? 
Para complicar ainda mais a situação, uma menina estranha fica parada em frente à casa de Danny, claramente observando seus passos. 
Este conto envolvente abarca um período curto, mas impactante da vida de um garoto de doze anos. Em poucas páginas, John Boyne consegue analisar as diversas reações dentro de uma família diante de uma tragédia inesperada - e mostra como é exatamente nesses momentos que precisamos tomar as atitudes mais altruístas. 

A Trama: Por se tratar de um conto, é aquela típica leitura que, apesar de proveitosa, não te envolve muito - e realmente achei isso uma pena, "perderia" mais páginas com Danny sem pensar duas vezes.
Levando em conta que esse foi o primeiro livro de John Boyne que li, não tenho muito com o que comparar. Mas, ainda assim, e apesar de ter gostado bastante, não sei se é um livro que eu diria para vocês comprarem - acaba ficando um pouco caro quando se leva em conta o número de páginas.

Os Personagens: De modo geral os personagens são bem cativantes - à exceção de Luke, o garoto me irritou da primeira à última frase. 
Não tem muito do que reclamar, eu queria mais, especialmente sobre Danny e Sarah. Principalmente Sarah. Em tão poucas páginas a garota me intrigou e conquistou, queria muito de saber mais sobre ela. 

Capa, Diagramação e EscritaCom narrativa em terceira pessoa, a escrita de Boyne é simples e flui bem. A capa parece simples, mas combina muito com a trama. A diagramação é super boa também, as páginas são pequenas então você lê que nem se dá conta. Devo ter acabado o livro em menos de uma hora. E essa é a minha queixa. 
É uma história que vale ser conhecida, mas acho que muita gente vai acabar deixando passar pelo tamanho. Agora, considerando um público mais infanto-juvenil, que está iniciando na leitura... Realmente acho que eles iriam curtir esse tipo de obra.

ConcluindoEu gostei, muito. A qualidade da obra é inegável. Minha única ressalva mesmo é quanto ao custo benefício. Agora, caso você não se importe... Se eu, que não conhecia o autor, senti prazer com a leitura, imagino que quem já é fã vá se deliciar ainda mais. 

Classificação: