Promoção - A Filha do Apanhador de Demônios

Confiram a resenha de A Filha do Apanhador de Demônios aqui e participem da promoção, segundo a resenhista é um livro que vale pela trama e que tem muito potencial.



Resenha - A Filha do Apanhador de Demônios

Resenha feita pela Tay!  
Título: A Filha do Apanhador de Demônios
Título Original: Forsaken / The Demon Trapper's Daughter
Série: Apanhadores de Demônios
1- A Filha do Apanhador de Demônios
2- Ladrão de Almas (2013)
3- Forgiven (2012 US)
4- Foretold (2012 US)
Autor: Jana Oliver
Editora: Farol Literário
Páginas: 364
Ano: 2012
Saiba mais: Skoob
Comprar: Skoob // Fnac

Sinopse: Riley Blackthorne precisa apenas de uma chance para provar do que é capaz. E é exatamente com isso que os demônios estão contando... Riley tem apenas dezessete anos e é a única filha de Paul Blackthorne, um lendário caçador de demônios. Ela sempre sonhou em seguir os passos do pai e, em tempos de crise econômica, e de Lúcifer infestando as grandes cidades com novos demônios, a Associação de Caçadores de Atlanta está aceitando toda ajuda possível, mesmo que seja de uma garota.
Quando ela não está fazendo o seu dever de casa, ou tentando disfarçar a queda que tem por Simon, outro aprendiz de caçador, Riley ajuda a proteger os assustados moradores da cidade das figuras demoníacas. Somente as de Nível Um, seguindo as regras do seu treinamento.
Sua vida caminha normalmente, na medida do possível para uma adolescente caçadora de demônios, até que um demônio de Nível Cinco trava uma batalha com Riley na biblioteca. Como se isso já não fosse ruim o bastante, sua vida ainda é abalada por uma terrível tragédia, colocando em risco todas as suas escolhas e levando Riley para um perigoso caminho. Com o mundo desabando ao seu redor, a quem ela poderá confiar sua vida? E o seu coração?

A Trama: Riley Blackthorne está determinada a seguir os passos de seu pai como caçadora de demônios, embora alguns membros da Associação de Caçadores de Atlanta não estejam muito felizes com isso, pois nunca tiveram uma mulher caçando. Independente de todos os olhares tortos para ela, Riley quer muito ser caçadora como seu pai, mas precisa começar como aprendiz, seu próprio pai sendo seu mestre. Os aprendizes começam lidando com demônios de níveis mais baixos (há cinco tipos de castas dividindo os demônios, sendo que os de nível um são os mais fáceis de lidar, os de nível três são tipo o nível intermediário, e os de nível cinco são os mais poderosos e perigosos), e quando Riley está caçando um nível um na biblioteca de uma faculdade, ela encontra problemas, pois aquele demônio não está agindo da maneira certa, fazendo um desastre total acontecer na biblioteca (demônios de nível tão baixo não são tão poderosos). Então só pode haver uma explicação para isso: os demônios, contrariando anos e mais anos de história, estão trabalhando juntos, o que não é nada bom. Para piorar, os demônios chamam Riley pelo nome, o que não acontece com outros caçadores. Depois que a morte de seu pai abala suas estruturas, ela tem que lutar com mais afinco pela sua permanência na Associação e para provar que uma mulher pode sim lutar contra demônios. E ela ainda tem que montar guarda em frente ao túmulo de seu pai, para nenhum necromante tentar reanimá-lo.
Eu achei a trama até interessante, a autora abordou o tema de uma maneira diferente da que eu já havia visto por aí. Os demônios são monstrengos saídos do inferno para atarzanar a vida das pessoas, mas a missão dos caçadores não é matá-los. Eles apenas os prendem, vendem para um negociante e este, por fim, entrega-os à igreja, que decidirá o que fazer com aqueles seres. Eu achei a história bem interessante, mas dá pra perceber que ainda há muito a evoluir ali. A autora levantou muitas questões durante o livro, mas nada foi respondido nesse volume. Infelizmente várias coisas me incomodaram durante a leitura e eu vou explicar melhor nos tópicos abaixo.

Pilha de Leitura da Luh #13

Março foi um ótimo mês em leituras e vou torcer para abril ser ainda melhor!
Se você não conhece a Pilha de Leitura, é uma coluna em que nós vamos falar um pouquinho sobre os próximos livros que pretendemos ler, como está indo nosso ritmo, quais livros gostamos, e quais não, e muito mais. Ao clicar nos títulos da primeira seção, você vai para as resenhas, e da segunda e terceira para a página do livro no Skoob.

A Última Pilha:
Após muito tempo mudando as pilhas, essa está idêntica à que eu planejei! São 7 livros no total e, como nenhum deles é gigante, consegui ler todos rapidamente. Comecei por Luta Pela Liberdade, que é de um gênero bem diferente e foi sobre os gladiadores na Roma Antiga. Não foi um livro maravilhoso, mas eu gostei. Em seguida Enfeitiçadas me conquistou com sua protagonista corajosa e toda a magia das bruxas. Lições de Amor é o quarto livro de uma série sobre adolescentes e foi meu predileto até o momento, amei a protagonista. Encanto Mortal foi muito melhor do que eu esperava, com uma trama envolvente e até meio sombria, apesar de envolver contos de fada. Por outro lado, Ordem de Extermínio teve uma trama bem inútil e, na minha opinião, não deveria fazer parte da série. A Primavera Rebelde foi interessante, porém a narrativa era confusa demais e o livro acabou não sendo tão bom quanto o primeiro. Por fim, Fênix A Ilha não era nada do que eu imaginava, mas ainda consegui aproveitar o livro.
Ps: as resenhas dos 4 últimos livros vão ao ar nas próximas 2 semanas.
O Pior da Pilha: Ordem de Extermínio, como eu já esperava.
O Melhor da Pilha: Encanto Mortal, pela surpresa boa, porém Enfeitiçadas também foi ótimo.

A Nova Pilha:
É hora de uma dancinha da vitória, porque finalmente não estou com nenhum livro atrasado. Na verdade, eu fui tão rápida que vou poder ler alguns livros do Kindle! Começando pelos de parceria, Casa de Segredos é um infanto-juvenil que me lembra os livros do Rick Riordan (espero que seja tão bom quanto), Olho Por Olho parece interessante, porém já suspeito que não será um dos meus prediletos, e Almanova tem uma capa tão maravilhosa e uma sinopse tão interessante que estou louca pra pegar logo. Como eu estou lendo rápido e consegui limpar minha pilha de parceria (yay!), estavam planejando pegar 2 continuações de séries, porque estou tentando acabar o máximo de séries possível para poder começar séries novas, mas acho que dá tempo de ler 4. Wolfsbane é o nacional Lua de Sangue, a continuação de Sob a Luz da Lua, e vai entrar na briga por melhor da pilha com certeza. Do outro lado da briga vem A Casa de Hades, que foi o escolhido na votação e já está aguardando há meses no meu Kindle. Se der tempo, entram também O Rei Fugitivo, continuação do ótimo O Falso Príncipe, e Tempo em Fúria, que é o segundo da série Hourglass.

A Votação:

Agora que eu peguei uma quantidade enorme de continuações de séries, e como ainda não quero começar séries novas, escolhi livros únicos, que não fazem parte de série alguma. Áurica é uma fantasia paranormal sobre uma garota que consegue sair de seu corpo e acaba tendo o corpo possuído por outra pessoa, Mermaid é uma releitura de A Pequena Seria  e A Canção de Aquiles, uma ficção histórica com mitologia,  ganhou diversos prêmios internacionais. Por fim, de autoras já famosas, temos The Truth About Forever, um YA contemporâneo, e A Garota Que Perseguiu a Lua, que eu nem sei classificar direito, só sei que todos dizem que é maravilhoso.


Lançamentos de Março #5

No último post de lançamentos, vamos ver os livros que estão saindo pela Fundamento, Grupo Record, Planeta, Rocco e Saída de Emergência. Fiquei com vontade de ler Austenlândia, Tudo Que Você e Eu Poderíamos Ter Sido se não Fôssemos Você e Eu, O Último Contato, A Filha do Sangue e Once Upon a Time.

Quem Sabe Um Dia - Lauren Graham - Record
Franny Banks é uma atriz lutando em Nova York, com apenas seis meses para o prazo de três anos que deu a si mesma para ser bem sucedida. Mas até agora, tudo o que ela tem para mostrar por seus esforços é uma única linha em um anúncio de camisolas feias de Natal e um emprego de garçonete degradante. Ela vive no Brooklyn, com duas companheiras de quarto, Jane - sua melhor amiga de faculdade, e Dan, um escritor de ficção-científica, que é muito, definitivamente não namorável. E está lutando por seus sentimentos por um cara suspeitamente charmoso de sua aula de atuação, tudo isso enquanto tenta encontrar um shampoo para seus cabelos que realmente funcione. Enquanto isso, ela sonha em fazer um trabalho "importante", mas parece que ela só consegue audições para propagandas de detergente líquido e comerciais de manteiga de amendoim. É díficil dizer o que vai acontecer primeiro: ela vai ficar sem tempo ou sem dinheiro, mas de qualquer forma, o fracasso significaria enfrentar o fato de que ela não tem absolutamente nenhum habilidade para sobreviver no mundo real. Seu pai quer que ela volte para casar e vire professora, seu agente não vai chamá-la de volta, e sua colega de aulas, Penelope, que parece incentivadora, pode só tornar a competição ainda mais difícil. Quem Sabe Um Dia é uma estreia engraçada e encantadora sobre encontrar a si mesmo, um amor e o mais difícil de tudo, encontrar um trabalho como atriz.


Austenlândia - Shannon Hale - Record
Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD. Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e... a companhia de belos cavalheiros. 


Me Dê Uma Chance - Cacily von Ziegesar - Record
Mais um semestre começa e os trigêmeos Carlyle estão prontos para fazer amigos e inimigos em um semestre que promete inúmeros escândalos, fofocas e glamour. Baby na terapia, tendo que lidar com questões com seu pai. Owen com seu segredinho finalmente revelado. Avery com um novo estágio na glamourosa revista de moda Metropolitan. Pressões, consequências e muito o que falar. Aqui, as batalhas se lutam com rumores ácidos e olhares gelados. Tudo vale no amor e na guerra...




Resenha - A Bruxa de Near


Resenha feita pela Tay!
Título: A Bruxa de Near
Título Original: The Near Witch
Livro Único.
Autor: Victoria Schwab
Editora: Planeta
Páginas: 240
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Extra // Saraiva // Fnac // Submarino

Sinopse: Na cidade de Near não existem estranhos e a velha história da Bruxa é contada apenas para assustar as crianças. Estas são as verdades que Lexi Harris ouviu durante toda a vida. Mas quando um estranho, um garoto que parece desaparecer como fumaça, surge em uma noite do lado de fora de sua casa, ela sabe que algo não está correto. Na noite seguinte, crianças começam a desaparecer de suas camas sem deixar qualquer vestígio e o estranho é o principal suspeito. Mas quando o garoto se oferece para ajudar na busca, algo no coração de Lexi diz que ele esconde outros segredos e não é o culpado. Ela estaria imaginando ou o vento parecia sussurrar através das paredes? Quando a busca pelas crianças se intensifica, o mesmo acontece com a necessidade de Lexi de saber sobre a Bruxa que talvez não seja só uma história para dormir... 


A Trama: Numa noite, Lexi Harris vê uma estranha forma tremulando em frente ao páramo. No dia seguinte, tem-se o anúncio de que há um estranho em Near, um vilarejo onde todos se conhecem e nunca houve alguém de fora. Quando as crianças de Near começam a desaparecer, a única possibilidade que eles veem é de que o estranho está levando-as, então começam uma caçada por ele e pelas crianças, que logo se transforma em frustração. A cidade de Near já teve – e ainda tem – seus momentos mágicos, como conta a lenda da Bruxa de Near. O páramo é um lugar onde ninguém vai, pois ali era seu lugar a muitos anos atrás. Mas os ventos do páramo sussurram, e Lexi quase sente como se realmente houvessem palavras saindo dele. Contrariando a todos, principalmente seu tio, ela vai fazer de tudo para encontrar as crianças e provar que Cole é inocente.
Eu me surpreendi bastante com a trama. Foi uma história bem construída e que conseguiu me prender às páginas, querendo saber como tudo aquilo terminaria. Tem lá seus clichês, mas que livro não tem? Me surpreendi principalmente com a protagonista, da qual eu vou falar aqui em baixo.

Saciando a Fome #83

Opa, post levemente atrasado, mas vamos lá!

Yay, chegaram vários livros! Começando por um que eu queria muito, finalmente chegou meu Eleanor & Park (Rainbow Rowell - Novo Século), um romance que só recebe boas críticas. A editora também mandou Vestígios da Terra (Beth Revis - Novo Século), o último livro da trilogia Através do Universo, e Verão Cruel (Alyson Noel - Novo Século), que será resenhado pela May.
Por fim, recebi o maravilhoso Almanova (Jodi Meadows - Valentina), que me surpreendeu demais por ter uns brilhos lindos na capa, parecidos com os da série Instrumentos Mortais. Lindo!
m suas informações.

Promoção - Deixe a Neve Cair

Confiram a resenha de Deixe a Neve Cair aqui e participem da promoção, mais um dos sucessos do John Green em conjunto com outros autores.



Resenha - Lições de Amor

Resenha feita pela Luh!
Título: Lições de Amor
Título Original: Lessons in Love
Série: Garota <3 Garoto
 1- Nada É Para Sempre (2012)
2- Dizem Por Aí (2013)
3- Três é Demais (2013)
4- Lições de Amor
5- A Garota Certa (2014)
6- Eu e Você (2014)
Autor: Ali Cronin
Editora: Seguinte
Páginas: 296
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Fnac // Submarino

Meu predileto até o momento!
Nota: Essa resenha NÃO contém spoilers dos livros anteriores da série.

Sinopse: Donna sempre sonhou em ser atriz. Mas entre ela e seu sonho há um “pequeno” obstáculo: as provas finais de inglês. Para ser aceita em qualquer faculdade de teatro, ela precisa tirar uma boa nota nessa matéria, mas ao que tudo indica será reprovada. Assim, incentivada (para não dizer forçada) por seu pai e Barbie, a namorada mais nova e controladora que ele arrumou, Donna vai atrás de um professor particular. Por um anúncio na biblioteca, ela descobre Will, um universitário que ensina inglês para ganhar um dinheiro extra. Desde a primeira aula, Will percebe o potencial de Donna e a ajuda a enxergar a peça de Shakespeare sob uma nova luz. Mas o clima de romance não fica só nas frases escritas há mais de quatrocentos anos: Will é lindo, fofo, inteligente… e parece ter a mesma opinião sobre Donna. O único problema é que esse sentimento reabre cicatrizes profundas no coração dela.
Desde que viveu uma experiência amorosa horrível, seu lema passou a ser “não deixe que se aproximem e nunca poderão machucá-la”. Agora ela precisa decidir se irá se proteger - evitando que Will chegue perto demais - ou se colocará tudo em risco e abrirá de vez seu coração, para finalmente viver uma história de amor.

A Trama: Esse é o quarto livro da série e foca na última das quatro garotas, Donna. Antes de tudo, preciso comentar que ela foi minha protagonista predileta, tornando o livro bem divertido!
A trama começa pouco tempo após o fim de Três É Demais e o grupo de amigos está numa fase boa, porém um pouquinho tensa, com provas importantes e inscrições para faculdade se aproximando. Donna pretende fazer faculdade de teatro, porém para isso precisa tirar notas boas em Inglês, sua pior matéria. Admitindo que precisa de ajuda, a garota contrata um professor particular muito bonito, Will, e se interessa por ele logo na primeira aula. Porém Donna tem muitos problemas de confiança e faz de tudo para se proteger.
Como era de se esperar, a trama é bem previsível (o que já aconteceu nos últimos três livros), porém gostei muito dos personagens e da maneira como o romance se desenvolve, então não me importei de saber o final.

Quinta das Capas #52

Gelo


Essa semana o tema escolhido foi gelo (e, se tudo der certo, o da semana que vem será fogo), com um pouquinho de neve. Foi surpreendentemente fácil encontrar capas do tipo, e só de ficar olhando para elas me dá um arrepio de frio!

Começando por Irmã, adorei a imagem, só não sou uma fã desse título que ficou meio apagado e é todo em letras minúsculas (e enormes). Mistletoe Magic é uma gracinha e parece ser um livro fofo, principalmente com essas bolas de neve. Apesar de o conjunto geral de Questões do Coração não ter ficado ruim, eu não gostei tanto da imagem e nem de como colocaram o nome da autora, parece que não combinou muito.


Chegando agora nas imagens bem originais, eu amei Eco, parece uma versão real daquela cena do palácio de gelo em Frozen, até o vestido branco da modelo lembra algo do tipo. Não entendi bem o fundo da imagem, mas ainda gostei. Não sei nada sobre Iced, mas pela capa presumo que se passe numa época mais antiga. Amei demais a fonte do título, combinou perfeitamente, só acho que poderiam ter caprichado mais no nome da autora. Minha predileta de hoje foi A Shard of Ice, não faço ideia de como a imagem está relacionada à trama, porém chamou minha atenção no instante em que a vi. Depois das imagens incríveis, Ice me parece uma capa meio amadora, eu teria gostado mais se fosse apenas a metade superior da imagem, sem aquele urso.


Promoção - Luta Pela Liberdade

Confiram a resenha de Luta Pela Liberdade aqui e participem da promoção, o livro surpreendeu de forma positiva a resenhista, vale a pena tentar.



Resenha - Anjos à Mesa

Resenha feita pela Tay!  


Título: Anjos à Mesa
Título Original: Angels at the Table
Série: Angels Everywhere
1- A Season of Angels (1993 US)
2- The Trouble With Angels (1994 US)
3- Touched By Angels (1995 EUA)
4- Shirley, Goodness and Mercy (1999 US)
5- Those Christmas (2003 US)
6- Where Angels Go (2007 US)
7- Anjos à Mesa
Autor: Debbie Macomber
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Extra // Fnac // Saraiva // Skoob

SinopseShirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não? Um ano depois, Lucie é a chef de um novo e aclamado restaurante, e Aren é um colunista de sucesso em um grande jornal de Nova York. Durante todo o ano que passou, os dois não se esqueceram daquela noite. Shirley, Goodness, Mercy e Will também não se esqueceram do casal... Para uni-los novamente, os anjos vão usar uma receita antiga e certeira: amor verdadeiro mais uma segunda chance (e uma boa dose de confusão), para criar um inesquecível milagre de Natal.


A Trama: Will, um anjo aprendiz, vê duas pessoas solitárias na hora da contagem regressiva do ano novo e resolve dar um empurrãozinho para que eles se encontrassem. Lucie e Aren se veem e, acompanhando os casais ao redor, trocam um beijo (sim, mesmo sem se conhecerem) e passam o resto da noite juntos. Então eles percebem que se dão bem e que aquele pode ser o início de um relacionamento promissor. Aceitando dar um tempo para Lucie, que está começando um negócio agora, Aren marca de se encontrarem no topo do Empire State Buiding. Se Lucie aparecer, eles darão uma chance uma ao outro; se não... Acaba acontecendo um imprevisto e Lucie não pode ir se encontrar com Aren, arrasando o coração do rapaz. Acontece que os dois estavam destinados a se conhecerem, mas não naquele momento e não daquele jeito, por isso sua história de amor vai enfrentar alguns obstáculos para dar certo.
É um livro totalmente clichê, previsível do começo ao fim. Logo no início, depois que eles marcam aquele encontro no Empire State, eu encontrei uma semelhança entre o livro e o filme Escrito nas Estrelas. A trama é bem fraca e, sério, tem vários defeitos aqui, mas até achei alguns momentos fofos.

Resenha - Enfeitiçadas

Resenha feita pela Luh!  
Título: Enfeitiçadas
Título Original: Born Wicked
Série: As Crônicas das Irmãs Bruxas
1- Enfeitiçadas
2- Amaldiçoadas (2014)
3- Sister's Fate (2014 US)
Autor: Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Fnac // Saraiva

Simplesmente adorei!

Sinopse: Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido?

A Trama: Enfeitiçadas pode parecer um livro simples, porém a autora introduziu uma infinidade de detalhes que tornaram a trama mais realista. O universo do livro é muito semelhante ao nosso (no século XIX), exceto que as bruxas realmente existiram e todos sabem disso. Na época em que Cate e suas irmãs viviam, as mulheres suspeitas de bruxaria estavam sendo caçadas e enviadas à hospícios ou navios de trabalho forçado, ou simplesmente desapareciam no meio da noite. Para a infelicidade de Cate, ela e suas duas irmãs eram bruxas.
A trama demora bastante para se desenvolver, cerca de um terço do livro, mas quando tudo começa a se encaixar, a ação não para e absolutamente vale a pena a espera. Há muita ação, feitiços, romances proibidos e, claro a sensação de perigo iminente a cada segundo. O final realmente é a melhor parte do livro e vai deixar qualquer leitor roendo as unhas para descobrir o que acontecerá em Amaldiçoadas.

Terça do Top #60

Top 10 Adaptações Para o Cinema
Que Valem a Pena


Adoro quando o livro é bom e o filme também, então escolhi algumas adaptações que valeram a pena. Não coloquei algumas adaptações populares e, na minha opinião, meio óbvias, como Harry Potter, Jogos Vorazes e As Crônicas de Nárnia. Da lista abaixo, talvez vocês não conheçam algumas, então vale a pena conferir!



P.S. Eu Te Amo
Lindo demais, cada vez que vejo o filme já começo a chorar nos primeiros minutos, mas recomendo para quem é fã de romances (e drama).







A Menina Que Roubava Livros
O livro, narrado pela morte, é genial, porém a adaptação ficou ótima e com certeza recomendo ambos.





A Hospedeira
Ainda não consegui ler o livro, porém já temos resenha no blog com ótimas recomendações da May, e o filme é muito divertido e bem produzido.








As Vantagens de Ser Invisível
Tanto o livro quanto o filme fizeram mais sucesso entre o público mais jovem (que é seu público-alvo), mas são recomendados para pessoas de todas as idades, principalmente quem quiser se sentir nostálgico.






O Jogo do Exterminador
Como o livro é um pouco mais antigo, talvez seja difícil encontrar uma edição nacional, porém o filme estreou em 2013 e é uma super produção, com direito a muitos efeitos especiais e reviravoltas!








A Irmã de Ana Bolena / A Outra
Tanto o livro quanto o filme não são tão conhecidos por aqui, porém deveriam ser, pois ambos são de qualidade. O filme tem atores ótimos e a autora do livro é uma das minhas prediletas, uma autoridade em ficção histórica.




A Mulher do Viajante no Tempo / Te Amarei Para Sempre
Outro livro que já tem resenha no blog e recebeu muitos elogios, o filme não está no mesmo nível, porém não deixa de ser muito bom.








Os Delírios de Consumo de Becky Bloom
Esse, é claro, é para quando você quiser dar umas risadas. As situações hilárias em que Becky se metem são ainda melhores quando interpretadas pela talentosa Isla Fisher.






Marley e eu
Desafio vocês a lerem o livro ou verem o filme sem derramar uma lágrima. A história de Marley é linda e tocante demais para não se emocionar com esse filhote carente.








Um Amor Para Recordar
Uma escolha antiga, porém essa combinação é eterna. Se você ainda não conhece a história maravilhosa escrita por Nicholas Sparks, não sabe o romance épico que está perdendo.

Resenha - Tabuleiro dos Deuses

Resenha feita pela Paty!  
Título: Tabuleiro dos Deuses
Título Original: Gameboard of the Gods
Série: A Era de X:
1- Tabuleiro dos Deuses
2- The Immortal Crown (2014 US)
Autores: Richelle Mead
Editora: Paralela (Companhia das Letras)
Páginas: 424
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Saraiva // Fnac // Extra

SinopseJustin March, um investigador de religiões charmoso e traiçoeiro, volta para a República Unida da América do Norte (RUAN), após um misterioso exílio. Sua missão é encontrar os responsáveis por uma série de assassinatos relacionados com seitas clandestinas. Sua guarda-costas, Mae Koskinen, é linda, mas fatal. Membro da tropa de elite do exército, ela irá acompanhar e proteger Justin nessa caçada. Aos poucos, os dois descobrem que humanos são meras peças no tabuleiro de poderes inimagináveis.

A Trama: Tabuleiro dos Deuses é uma mistura deliciosa de elementos e sub-tramas.  Metade da população terrestre foi dizimada por um vírus fatal - Mefistófeles, criado por extremistas religiosos. Logo após o período conhecido como Declínio, os governos se restruturaram, atualmente os EUA e Canadá são um único país - República da América do Norte Unida, e os países menos desenvolvidos  são denominados províncias. A partir de então, regras rígidas foram adotadas por esse novo sistema político, tanto que a atuação das organizações religiosas é controlada e sancionada por agentes da RANU. 
Em meio a tudo isso conhecemos Mae Koskinem, responsável pela proteção dos senadores do país. Ela não é uma guarda qualquer, mas uma super soldado que tem sua capacidade de luta aumentada, devido a um implante. Quando Mae entra em uma briga pessoal, ela acaba sendo suspensa de suas funções, e não demora muito para que lhe deem um novo cargo, na verdade ela foi rebaixada a guarda-costas, porém Mae foi enviada ao Panamá numa missão: encontrar e trazer de volta um agente da RANU exilado. 

Pilha de Leitura da Tay #2

Oi! Não tem tanto tempo que eu fiz minha primeira pilha e eu já consegui acabar com ela! \o/

A Última Pilha:
Eu consegui me manter bem fiel à minha última pilha e, para minha surpresa, consegui terminá-la em mais ou menos três semanas (duas semanas e meia, talvez). Comecei com Deixe a Neve Cair, um livro de contos por três autores muito divertido e fofo, passado na época do Natal. Depois fui para Anjos à Mesa, que não conseguiu me agradar não, os anjos me irritaram e não gostei da escrita da autora. Em seguida li Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, um livro incrível e com personagens que eu adorei (principalmente a Lisbeth). Depois eu li Divergente (finalmente!), que conseguiu me conquistar; eu adorei os personagens, a determinação da trama e agora estou ansiosa para ver o filme e ler a continuação (já recebi spoilers de Convergente e fiquei meio triste, maaas...). Por último eu li O Menino do Pijama Listrado, um livro tocante sobre a amizade de dois garotos de nove anos que vieram de “mundos” completamente diferentes. Eu gostei bastante, mas acho que ainda prefiro o filme.
O Pior da Pilha: Anjos à Mesa, por ter me irritado de várias formas.
O Melhor da Pilha: Aqui fica entre Os Homens Que Não Amavam as Mulheres e Divergente. São livros sensacionais!

A Nova Pilha:
Dessa vez escolhi seis livros. Vou aumentando aos poucos, já que meu ritmo de leitura está me agradando bastante e me permitindo ler mais do que eu estava lendo por mês esse ano. Começando por A Filha do Apanhador de Demônios, que vai contar a história de uma menina que é aprendiz de caçadora de demônios, mas vai ter sua vida meio que virada de cabeça para baixo quando uma tragédia acontece. A Bruxa de Near é sobre uma cidadezinha onde corre a lenda local sobre uma bruxa, parece estar recheado de mistério e magia. Brilho é uma distopia que estou bem curiosa para ler. Onde a Lua Não Está é um drama onde um garoto passa a sofrer por causa da morte de seu irmão alguns anos antes e começa a desenvolver uma ideia de como trazer seu irmão de volta. Os 13 Porquês será uma releitura (pela terceira vez *-*), porque desde a primeira vez que li esse livro sinto a vontade de lê-lo pelo menos uma vez todo ano. E por último, Quando Tudo Volta, que conseguiu chamar minha atenção pela frase “pesadelos com zumbis” na sinopse.

A Votação:

A enquete da pilha anterior ainda está aberta para votação, então ainda não vou abrir outra. Vai ficar para a próxima pilha!

Lançamentos de Março #4

Chegando ao final dos lançamentos de março, hoje iremos ver mais alguns livros que estão saindo pela Galera RecordNovo SéculoPensamento, Planeta e V&R. Os únicos que realmente despertaram minha vontade de ler foram A Donzela e a Rainha e A Fenda Branca, alguns são continuações e eu ainda não li os livros anteriores (mas tenho vontade).



Uma fenda é o elo que une o mundo real e o reino onde as Cores têm vida própria: algumas são perigosas e até podem atacar. Madeleine e Elliot, cada um em um lado, iniciam uma curiosa correspondência que irá revelar uma saída para um universo paralelo onde tudo é possível, especialmente a magia. Original, inteligente e agradável, este livro é um tesouro que vai encantar tanto os leitores de ficção realista quanto os de fantasia. 

Desajeitada e doida por literatura, Lizzie não poderia ser mais diferente de sua mãe, Katia Summers, a supermodelo mais famosa do mundo. Acostumada aos flashes de paparazzi e aos muitos admiradores de sua mãe, a menina sabe como ninguém como é não ser notada. Mas ela não está sozinha. Suas duas melhores amigas também sentem na pele como é ter pais famosos. Carina Jurgensen tem um magnata de telecomunicações como pai, enquanto Hudson Jones é filha da cantora pop Holla. Mas tudo muda quando Lizzie é descoberta por uma fotógrafa de modelos exóticas. Agora, ela tem que conciliar a escola com sua nova carreira, lidar com a constante comparação com sua mãe e conquistar o gato da sala... Ufa!

Neste terceiro volume de Hex Hall, Sophie Mercer, com seus poderes reprimidos pelo Conselho dos Prodígios e mais vulnerável do que nunca, deve impedir a guerra épica que se aproxima. O único feitiço capaz de ajudar Sophie a recuperar os seus poderes está bem guardado no Hex Hall, onde tudo começou, protegido pelas malignas irmãs Casnoff. Acompanhada de sua melhor amiga-vampira Jenna, seu namorado Archer, seu noivo Cal (sim, a vida amorosa dela é complicada), e uma fantasma pentelha, Sophie travará uma batalha contra um exército de demônios. Mas mesmo com seus melhores amigos e aliados, o destino de todos os Prodígios está nas mãos dela, e somente dela.

Calla finalmente conseguiu salvar Ren e convencê-lo a se unir aos Inquisidores. Mas, depois que ele se juntou à matilha, as coisas ficam estranhas entre ela e Shay, o novo progênito. Tanto Ren quanto Shay vão disputar entre si pelo amor de Calla, colocando-a em uma situação bem difícil. E para piorar, agora que os poderes de Shay estão se desenvolvendo, ela sente uma distância crescente entre eles. Dividida entre dois amores intensos, Calla nunca esteve tão confusa. Mas antes que possa fazer sua escolha, ela tem outras prioridades que precisam ser atendidas. Como a iminente guerra contra os Defensores. A única chance da matiha Nightshade sair vitoriosa é encontrando as diversas espadas da Cruz Elementar, e para isso, a ajuda de Shay é imprescindível. Mas será que Calla conseguirá liderar em meio a tantas desavenças? E qual dos dois pretendentes ela vai escolher? Neste último volume da trilogia Nightshade, a autora campeã de vendas segundo o New York Times, Andrea Cremer, cria um romane com reviravoltas e surpresas que vão deixar você com os nervos à flor da pele até a última página. 

Aos 18 anos, o jovem Jim Raynor se alista ao serviço militar com a perspectiva de ajudar financeiramente a família e acaba se provando um corajoso soldado na linha de frente da Guerra das Corporações. O que ele não sabe é que essa jornada mudará para sempre sua vida. Com batalhas interplanetárias, corrupções e intrigas, Demônios do Paraíso conta a origem de um dos maiores heróis da série Starcraft®, Jim Raynor, e de sua amizade de longa data com o soldado Tychus Findlay. William C. Dietz, autor de diversos livros campeões de vendas e membro da Science Fiction and Fantasy Writer’s of America, da Writer’s Guild e da International Association of Media Tie-In writers, constrói uma narrativa eletrizante, repleta de ação e aventura, que vai conquistar os amantes de games e emocionar os fãs da série.

Após lutar com os Kitsune e escapar dos horrores da Dimensão das Trevas, Elena está prestes a embarcar numa nova jornada: ir estudar em Dalcrest College, a Universidade onde seus pais se conheceram. Tudo parece estar indo bem. Seu relacionamento com Stefan está melhor do que nunca. Damon aparenta estar mudado, mais calmo e se dando bem com todos. Só que, quando estudantes começam a desaparecer misteriosamente do campus, todos se tornam suspeitos. Principalmente depois que Elena descobre um segredo escondido há muito tempo. E dessa vez o final feliz pode estar mais longe do que eles imaginam. Acompanhem Elena, Stefan, Damon, Bonnie e todos os outros personagens pelo lado mais obscuro que a série já conheceu.

Assim termina a jornada do lendário mago Merlin, uma história de lealdade, sacrifício e traições. Retornando a sua terra natal, Myrddion Merlinus encontra uma nação dominada pelo medo e pelo caos. A Britânia está imersa em uma guerra sanguinária contra os invasores saxões, e Myrddion, obrigado a jurar total obediência para salvar a vida de seus companheiros, coloca seus dons de curandeiro a serviço do Alto-Rei, Ambrósio, um homem sábio e justo. Mas as malhas do destino farão esse conselheiro dos reis responder a um novo senhor: o grande Uther Pendragon, que fará tudo para que as habilidades de Myrddion o aproximem cada vez mais de seus objetivos – e o afastem de sua própria loucura. Em um terrível jogo de sofrimento e sacrifício, o curandeiro deverá mais uma vez lutar por sua sobrevivência e pela glória de seu povo, tendo apenas como consolo sua própria profecia de que tudo aquilo não será em vão.

Remington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e real. Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar. O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos.

Neferet está agora mais poderosa do que nunca, e sua busca por vingança ameaça as vidas não apenas de Zoey e seus aliados, mas de toda a humanidade. O caos impera em Tulsa, e todos passam a culpar a Morada da Noite por isso. Poderá Zoey impedir os planos terríveis de Neferet a tempo, antes que seu ódio possa desencadear uma guerra de consequências devastadoras? A série House of Night é um dos maiores fenômenos do mercado editorial, tendo alcançado a primeira posição na lista dos mais vendidos em países como Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido, mantendo-se na lista de best-sellers do The New York Times por cerca de 150 semanas consecutivas. Agora, no penúltimo capítulo dessa aclamada série, a ação é ainda mais eletrizante, e os riscos são ainda maiores na batalha de Zoey e de seus amigos para proteger sua escola – e seu lar – da destruição. Ao mesmo tempo, os cativantes personagens criados por P. C. e Kristin Cast têm de lidar com seus sentimentos, com o jogo de amizades e traições e com o dia a dia entre as paredes da Morada da Noite. 

Esta biografia histórica explora o vínculo misterioso e secreto entre a mundana e poderosa Iolanda de Aragão, rainha da Sicília, e a mística Joana d'Arc. Envolvida na complicada batalha dinástica da Guerra dos Cem Anos, Iolanda defendeu a causa do delfim contra as forças da Inglaterra e da Borgonha, valendo-se de sua inteligência, diplomacia e vasta rede de espiões. Mas o inimigo parecia invencível. E justamente quando as esperanças da França se esvaíam, Joana d'Arc surgiu dos confins do reino dizendo-se portadora de uma mensagem divina - mensagem que mudaria o curso da história, levando por fim à coroação de Carlos VII e ao triunfo da França.

John Scott, um renomado jornalista do New York Times, descobre informações comprometedoras sobre o banco do Vaticano e pede auxílio a sua amiga e colega de profissão Sarah. Paralelamente, Niklas, um jovem padre, é raptado e ninguém imagina queesse acontecimento seja apenas o início de uma grande conspiração cujo objetivo éacabar com um dos segredos mais bem guardados da Santa Sé: a filha do Papa PioXII, conhecido como "o Papa de Hitler". O jovem padreRafael, um agente do Vaticano, terá de descobrir quem seesconde por trás de todos os crimes que se sucedem e acabar com a conspiração. Um suspense policial enredado nas tramas que cercam o Vaticano.

Década de 1980. Ao ligar o rádio Fernando ouve Blitz, The Clash, Michael Jackson, Duran Duran, Barão Vermelho. Nas ruas, vê Chevettes, Fiats 147, Voyages. Na revista Manchete, lê reportagens ilustradas. Ele é funcionário de uma empresa estrangeira recém-instalada no Brasil e fuma livremente no trabalho, nos elevadores, nos restaurantes. Em casa, tomando cuidado para que sua mulher não descubra, assiste a fitas pornô no aparelho de videocassete. A liberalidade herdada dos anos 1960 e 1970 facilitou a vida de muita gente, mas logo acontece algo que fará com que as pessoas voltem a se sentir mergulhadas nas trevas da repressão sexual.

Thomas Nesbitt é um escritor recém-divorciado que está em crise de meia-idade. Vivendo de maneira bastante reservada no Maine — em contato apenas com a filha e tentando se recuperar pelo fim de um longo casamento – sua solidão é interrompida em uma manhã de inverno quando recebe uma caixa. O nome Dussmann, que está marcado no embrulho, o desestabiliza completamente, pois pertence à mulher com quem ele teve um caso de amor intenso, em Berlim, 25 anos antes. Durante um período em que a cidade era dividida em duas e as lealdades pessoais e políticas eram frequentemente intimidadas pelas sombras profundas da Guerra Fria. Recusando-se, inicialmente, a enfrentar o que ele pode encontrar na caixa, Thomas é forçado a lidar com um passado que manteve secreto durante toda a vida. No processo, ele acaba revivendo os meses que passou em Berlim, lugar onde pela primeira e única vez descobriu a força extraordinária do verdadeiro amor. Petra Dussmann, a mulher para quem ele entregou seu coração, não era apenas uma refugiada e sim alguém que vivia com uma tristeza profunda permanente que acabou reescrevendo o destino dos dois.

Depois de ver seu amor definhar por causa de um amor perdido, Raven Kendrick jurou nunca entregar seu coração. Mas quando sua vida se transforma em um escândalo, ela é forçada a aceitar uma proposta de casamento do sensual prorietário da casa de jogos mais conhecida de Londres. Embora fortemente atraída por seu enigmático salvador, Raven luta para resistir ao marido, cujas carícias prometem um êxtase além de suas fantasias mais selvagens. Para salvar a reputação da inocente jovem, Kell Lasseter se vê obrigado a sacrificar sua liberdade casando-se com a deslumbrante garota, uma vez que o irmão dele foi o causador da ruina de Raven. Desprezado por seu sangue irlândes e seu passado obscuro, Kell não pode negar que essa mulher geniosa e encantadora é diferente de todas as outras que já conheceu... Assim como não pode reprimir o desejo ardente que sente por ela. Dividido entre a lealdade para com o irmão e seus sentimentos crescentes por sua noiva rebelde, Kell precisa libertar o coração relutante de Raven de alguma forma, para que eles possam conhecer o extase do verdadeiro amor.

Resenha - Escolhida ao Anoitecer

Resenha feita pela Mari!  
Título: Escolhida ao Anoitecer
Título Original: Chosen at Nightfall
Série: Acampamento Shadow Falls
1- Nascida à Meia-Noite (2011)
2- Desperta ao Amanhecer (2012)
3- Levada ao Entardecer (2012)
4- Sussurros ao Luar (2013)
5- Escolhida ao Anoitecer
Autor: C. C. Hunter
Editora: Pensamento
Páginas: 389
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Fnac // Submarino

Atenção: Essa resenha contém spoilers dos livros anteriores da série!

Sinopse: O inimigo mais poderoso de Kylie retorna para destruí-la de uma vez por todas, mas ela finalmente assume seus plenos poderes e passa por uma transformação que vai surpreender todos ao seu redor. Mas a jornada de Kylie não será completa até que ela faça uma escolha final: a quem vai finalmente se entregar de corpo e alma? Será que escolherá Lucas, o lobisomem que partiu seu coração, mas faz tudo para reconquistá-la, ou Derek, o meio fae que abriu mão do relacionamento entre eles, mas agora diz que a ama? Tudo o que Kylie aprendeu em Shadow Falls a preparava para este momento, quando o destino lhe revelará por fim quem terá a chave do seu coração.

A Trama: O quinto (e último) volume da série segue a mesma linha dos outros, quem leu o primeiro volume e gostou vai se apaixonar pelos livros seguintes, porém quem não gostou dificilmente vai mudar de ideia. Kylie é uma protagonista meio chatinha e seu drama com o lobisomem e o fae é cansativo, ambos partiram seu coração mas ela continua insistindo em ambas relações. O desfecho do livro foi o mais decepcionante, não só pela escolha amorosa, mas pela luta que selaria o destino da protagonista. O livro é ótimo, assim como seus antecessores, contudo não esperem por um final perfeito.

O ProtagonistaKylie continua como protagonista e sua narração não amadurece em nada, nesse livro em particular me irritou muito a atitude da protagonista de ter tudo nas mãos e não dar valor. Ela é agraciada com diversos dons como o de ser um camaleão (espécie que pode alterar seu padrão para todas as outras), além de ser uma protetora (quando pessoas que ela ama estão em perigo ela ganha forças inimagináveis), consegue se comunicar com fantasmas e etc, mas cada nova habilidade a deixa mais triste e ingrata, reclamando de tudo.
Ainda assim Kylie é uma boa protagonista, o tipo de garota que coloca todos acima de si mesma e faria qualquer coisa pra salvar quem ama.

Saciando a Fome #82

Vamos conferir o que chegou essa semana?


Só recebemos um livro, porém, para compensar, as editoras enviaram vários mimos!
Começando pela Arqueiro, que mandou um kit lindo de Amigas Para Sempre, com informações sobre o livro e todo o material necessário para fazer pulseiras da amizade, além de uma playlist do livro! Depois foi a fez da Suma de Letras, que nos enviou um pacote fofo com uma tag de Entre o Agora e o Sempre, daquelas que você amarra na mala com suas informações.
Por fim, chegou um lançamento lindo, Casa de Segredos (Chris Columbus & Ned Vizzini - Galera Record), que estou muito curiosa para ler!

Resenha - Deixe a Neve Cair

Título: Deixe a Neve Cair
Título Original: Let It Snow
Livro Único.
Autores:John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
Editora: Rocco
Páginas: 335
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Saraiva // Fnac // Extra

Um livro divertido e fofo!

Sinopse: Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.

A Trama: Deixe a Neve Cair é divido em três contos, cada um escrito por cada autor. O livro inicia com o conto de Maureen Johnson: O Expresso Jubileu. Nesse, a jovem Jubileu (sim, o nome dela é esse mesmo) tem seu Natal estragado pelos pais, que foram presos por causa de uma confusão em uma loja da Flobie. Então ela tem de pegar um trem para a Flórida para passar o Natal com os avós, deixando seu namorado para trás. Mas o trem fica preso numa nevasca, indo parar na cidadezinha de Gracetown, onde tudo acontece (tudo mesmo, todos os contos). No conto de John Green (O Milagre da Torcida de Natal), conhecemos Tobin e seus amigos, que estão prontos para passar toda a véspera de Natal assistindo uma maratona de filmes do James Bond. Até que ele recebe uma ligação de um amigo, dizendo que na Waffle House onde ele trabalha está cheio de líderes de torcida. Tobin não hesita em aceitar o convite de ir para a Waffle House e se divertir um pouquinho com as garotas. O último conto, de Lauren Myracle (O Santo Padroeiro dos Porcos), vai contar com Addie como protagonista. Ela está de coração partido, pois terminou com o namorado, e está passando por um momento terrível na sua vida. Com a ajuda das amigas, ela vai tentar passar por isso e esquecer Jeb. Se ele ao menos tivesse ido se encontrar com ela na Starbucks como havia marcado... Mas agora Addie tem uma missão: buscar o miniporco de Tegan na Pet World, pois aquilo significa muito para a amiga, e com isso ela irá provar que não é uma egoísta e que consegue pensar nos outros.
Quando comecei a ler, fiquei pensando em como todas aquelas histórias e personagens se entrelaçariam. Minha resposta veio assim que comecei a ler o segundo conto. São histórias bem divertidas e boas para passar o tempo, nada de mais, nada inovador, mas que trarão alegria e aquele espírito natalino (mesmo que o Natal já tenha passado há meses). John Green era o único autor que eu conhecia dali, e mesmo ele sendo meu queridinho, seu conto foi o que eu menos gostei. Não que seja ruim, foi muito bom, mas não senti a mesma emoção que senti ao ler os outros dois. O de Maureen Johnson com certeza foi meu favorito.