Resenha - Atrás do Espelho

Resenha feita pela Tay!
Título: Atrás do Espelho
Título Original: Unhinged
Série: Splintered
1- O Lado Mais Sombrio (2014)
1.5- A Mariposa no Espelho (2014)
2- Atrás do Espelho
3- Ensnared (2015 US)
Autor: A.G. Howard
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Fnac // Extra

Essa resenha não contém spoilers de O Lado Mais Sombrio, exceto em "Sinopse" e "Trama".


SinopseEm O Lado mais Sombrio , a releitura dark de Alice no País das Maravilhas , Alyssa Gardner foi coroada Rainha, mas acabou preferindo deixar seus afazeres reais para trás e viver no mundo dos humanos. Durante um ano ela tentou voltar a ser a Alyssa de antes, com seu namorado, Jeb, sua mãe, que voltou para casa, seus amigos, o baile de formatura e a promessa de ter um futuro em Londres. No entanto, Morfeu, o intraterreno sedutor e manipulador que povoa os sonhos de Alyssa, não permitirá que ela despreze o seu legado. O mesmo vale para o País das Maravilhas, que parece não ter superado o abandono. Alyssa se vê dividida entre dois mundos: Jeb e sua vida como humana... e a loucura inebriante do mundo de Morfeu. Quando o reino delirante começa a invadir sua vida real, Alyssa precisa encontrar uma forma de manter o equilíbrio entre as duas dimensões ou perder tudo aquilo que mais ama.


A Trama:  A trama se passa um ano depois do final de O Lado Mais Sombrio. Agora no mundo humano, Alyssa tenta viver sua vida humana normalmente, com seu namorado Jeb - que não se lembra de nada que se passou no País das Maravilhas - seu pai e sua mãe, que teve alta do sanatório. Tudo poderia ser como era antes, se Alyssa não tivesse sonhos com Morfeu e o País das Maravilhas, que agora está ameaçado de ser destruído pela Rainha Vermelha. Seus pesadelos estão apenas começando quando ela descobre que o País das Maravilhas está invadindo seu mundo mortal e que os vilões da história estão ansiando por tomar dela todos aqueles que ama.
No início, eu pensei que Atrás do Espelho iria sofrer a maldição do segundo volume, mas conforme fui lendo, me vi presa àquelas páginas assim como em O Lado Mais Sombrio. Mesmo que parte do livro não tenha realmente alcançado minhas expectativas (chegou perto), depois da metade a trama conseguiu me absorver e me manter grudada às página.


A Protagonista: Alyssa continua com suas estranhezas, mas agora ela se compreende e se aceita. Seu vestuário nada mais é do que o reflexo de seu "eu" no País das Maravilhas. Mesmo agindo como uma garotinha ingênua em alguns momentos, a loucura de seu lado intraterreno tem espaço para extravasar em alguns momentos do livro. Ainda que passe por todo aquele drama de "quem escolher" de um triângulo amoroso, ela é uma personagem que consegue me cativar, principalmente por esse seu lado "nada normal", que faz parte de sua essência. 

Personagens Secundários: Morfeu continua excêntrico, misterioso e sedutor como sempre. Seu egoísmo não o impede de expressar melhor seus sentimentos por Alyssa nesse livro. Eu adoro esse personagem, mesmo com sua aparente arrogância e seu talento para manipular os outros. Ele é interessante e cheio de mistérios que qualquer um ficaria louco para desvendar. Mesmo com uma pequena desvantagem, Jeb conseguiu me encantar e me conquistar ainda mais nesse livro, principalmente em sua relação com Alyssa. Eu adoro Morfeu e todas as suas excentricidades, seu cabelo azul e seus olhos lilases, mas eu realmente torço muito para que Alyssa escolha Jeb no final das contas, porque, de alguma forma, ele é simplesmente perfeito para ela. Conhecemos muito mais de Alison, mãe de Alyssa, nesse livro. E ela consegue surpreender com alguns segredos que guardou durante toda a sua vida. 

Capa, Diagramação e Escrita: Capa linda, linda, linda! Eu adoro as combinações de cores e toda a caracterização do personagem - ele representa o Morfeu -, mesmo que o rosto em si não se pareça com o Morfeu que eu imagino. Eu só aumentaria um pouco a fonte do título. A diagramação está muito bonita, como a do livro anterior, apenas com alguns errinhos de revisão. Eu adoro a escrita da autora, mesmo tendo uma base simples, ela consegue ter suas peculiaridades. Além de ser bem leve e envolvente, fazendo com que você fique preso às páginas e, mesmo que os capítulos sejam longos, eles passam voando. 

Concluindo: Os capítulos finais me enlouqueceram e o final me deixou de boca aberta, me fazendo gritar um "Não!" bem alto quando terminei e vi que a próxima página já eram os agradecimentos, simplesmente porque eu não vou conseguir esperar para saber o que vai acontecer a seguir e como tudo isso vai terminar. Como dá pra perceber, A. G. Howard fez com que eu me apaixonasse por sua história mais uma vez, embora em alguns aspectos o "baque" de O Lado Mais Sombrio tenha sido maior. Não tenho dúvidas de que se tornará uma das minhas trilogias favoritas, até porque eu já favoritei os dois primeiros livros. Espero sinceramente que o terceiro não me decepcione, porque não consigo baixar minhas expectativas.


Classificação: