Resenha - Inquebrável

Resenha feita pela
Título: Inquebrável
Título Original: Unbreakable
Série: A Legião
1- Inquebrável (2014)
2- Unmarked (2014 US)
3- Sem título definido (2015 US)
Autora: Kami Garcia
Editora: Galera Record
Páginas: 288
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Extra // Fnac

Sinopse: Kennedy Waters sempre achou que espíritos vingativos fossem coisa de cinema, até a morte de sua mãe. É quando os gêmeos Lockhart invadem sua casa para lhe livrar de um destino igual que descobre que o véu entre o mundo dos vivos e dos mortos é frágil. Ele deve ser protegido pelos caçadores de fantasmas da Legião da Pomba Negra, que atualmente só tem uma geração de jovens para lidar com seus inimigos, e da qual a mãe de Kennedy outrora fez parte. E agora os gêmeos devem convencê-la de que herdou o seu poder...

A Trama: Se eu tivesse lido esse livro anos atrás, talvez achasse a trama sensacional. Mas, já conhecendo o gênero, senti falta de muitos detalhes que a autora não explicou, não sei se para o livro não ficar muito extenso ou por preguiça mesmo. As cenas sombrias foram as mais legais e o triângulo amoroso não me convenceu. Estava claro com qual dos irmãos Kennedy tinha mais química, mas o chove não molha e o intrometimento do outro irmão foram bem chatos.

A Protagonista: Odeio personagens que vivem se castigando e carregando uma culpa que não é deles, mas eles cismam que é. Não tinha esse problema com a Kennedy e até gostava dela, mas aí acontece uma coisa, e ao fim do livro já não conhecia mais meus sentimentos quanto a ela.

Personagens Secundários: Lukas e Jared Lockhart, irmãos caçadores de demônios e fantasmas vingativos (parece que eu já vi irmãos parecidos por aí...) são idênticos só na aparência. Lukas é alegre e sorridente, mas vive em guerra com seu irmão que é fechado e sério. Uma pesada tensão os separa, carregada de ciúme e marcas do passado além da rivalidade comum entre irmãos. Alara, até então a única menina no grupinho que caça demônios, é legal, mas realmente não entendi o motivo da implicância dela com a Kennedy no começo do livro. Sacerdote faz o papel de engenheiro do grupo e cria as armas e equipamentos usados na caça e combate aos demônios.

Capa, Diagramação e Escrita: Gosto e não gosto dessa capa ao mesmo tempo. Tentaram adaptar a capa original, mas a original continua sendo mais bonita. A diagramação está ótima. Esse foi o primeiro livro da autora que eu li e eu esperava uma escrita mais madura ou mais clara. Algumas vezes os diálogos não esclareciam bem quem estava falando e eu senti falta de elementos que teriam enriquecido muito mais a trama e ela simplesmente não usou.

Concluindo: O livro é bom, mas poderia ser melhor. Fiquei esperando por um grande clímax no final, mas me frustrei com o que aconteceu e espero que a série melhore.

Quotes:
Nada me assustava mais que o escuro. Eu gostava de ver o que vinha pela frente, e as coisas podiam se esconder na escuridão.
Classificação: