Resenha - Mentes Sombrias

Resenha feita pela Luh!
Título: Mentes Sombrias
Título Original: The Darkest Minds
Série: Mentes Sombrias
1- Mentes Sombrias (2013)
2- Never Fade (2013 US)
3-In The After Light (2014 US)
Autora: Alexandra Bracken
Editora: iD
Páginas: 576
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Americanas // Extra

Duas palavras: eu chorei.


Sinopse: Quando completa 10 anos, a garota Ruby vê sua vida mudar completamente. Além do medo de ser vítima de um vírus fatal que ataca apenas as crianças, ela é rejeitada por seus pais, que a entregam para a polícia especial. Seu destino é Thurmond, um campo de reabilitação criado pelo governo norte-americano para cuidar dessa geração que possui algo diferente e ameaçador: são crianças com habilidades especiais. Elas podem controlar pessoas e objetos só com o poder da mente. Consideradas perigosas, vivem à margem da sociedade. Mas, aos 16 anos, Ruby consegue escapar de Thurmond e muda o seu destino, ao lado de novos amigos, fugitivos como ela: Liam, Zu e Bolota. Juntos, os quatro vivem as mesmas dúvidas, medos e inseguranças. Enquanto enfrentam uma realidade assustadora, fugindo de caçadores de recompensa, da polícia e da Liga das Crianças, uma organização que quer se aproveitar dessas habilidades infantis, eles tentam encontrar o Fugitivo, um líder misterioso que oferece abrigo e ajuda às crianças. E percebem que, apesar de tudo, ainda conseguem sonhar.

A Trama: Quando comecei Mentes Sombrias, eu esperava um livro divertido com crianças com poderes e bastante ação. O livro tem todas essas características, porém ele é muito mais. Mentes Sombrias me conquistou, emocionou, entrou para os favoritos e realmente me pegou de surpresa com a qualidade da trama.
O livro começa quando Ruby, a protagonista, é enviada a um acampamento do governo, junto com outras milhares de crianças pelo país, por ter apresentado habilidades especiais (ou poderes). Após seis anos terríveis, Ruby consegue escapar e encontra três companheiros de estrada, Liam, Bolota e Zu. Parece bastante, mas isso é só a introdução do livro. Tendo quase 600 páginas, Mentes Sombrias é um livro onde acontece muita coisa e é só no último terço que ele realmente demonstra sua genialidade. Amei demais o final, que me arrancou lágrimas, e mal posso esperar pela continuação.

A Protagonista: Ruby está em uma situação difícil. Sendo uma garota perigosa, ela é perseguida por diferentes grupos de pessoas inteligentes e não tem para onde ir, já que não pode esconder-se em lugares óbvios como sua casa. Além disso, Ruby tem que fazer o possível para não machucar ninguém com seus poderes e precisa lidar com a difícil adaptação ao novo mundo que ela descobre ao escapar do acampamento. Gostei muito da maneira como ela lidou com as situações, que apesar de geralmente cometer muitos erros, foi consistente com sua personalidade.


Os Personagens SecundáriosLiam é o personagem que recebe mais detaque na trama, depois da protagonista. Sempre otimista e leal, ele foi extremamente fofo. Entretanto, quem me conquistou desde o início foi a doce Zu, uma criança bem jovem que já passou por muitos problemas. Já no final do livro, meu personagem predileto era Bolota, o último integrante do pequeno grupo improvisado, que realmente me irritou no início (o que era intencional), porém conseguiu me cativar por completo conforme foi demonstrando seu lado vulnerável.

Capa, Diagramação e Escrita: Gostei muito desse símbolo e de como ele é importante no livro. Até mesmo as cores da capa são extremamente significativas, e a maravilha está nesses detalhes.
A escrita da Alexandra é ótima, ela consegue descrever as cenas com perfeição e apesar de ser um livro extenso, ele não fica cansativo em nenhuma parte.

ConcluindoMe surpreendeu muito, adorei o ritmo da trama, os personagens e principalmente aquele final emocionante. Quem gosta de tramas com ação e um ótimo desenvolvimento dos personagens, pode apostar nesse livro.

Classificação: