Resenha - Sem Esperança

Resenha feita pela Luh!
Título: Sem Esperança
Título Original: Losing Hope
Série: Hopeless
1- Um Caso Perdido (2014)
2- Sem Esperança (2015)
2.5- Em Busca de Cinderela (2015)
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Extra

Atenção: Essa resenha não contém spoilers do livro anterior, exceto na sinopse.

Sinopse (SPOILERS): Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar com si mesmo.

A Trama: Sem Esperança traz a mesmíssima trama de Um Caso Perdido, porém agora do ponto de vista de Holder. No geral, eu gostei bastante e achei a narração pela parte de Holder mais interessante que a de Sky, por ele ter de lidar com tantos problemas intensos. Entretanto, há uma revelação bombástica no final de Um Caso Perdido que não tem o mesmo efeito aqui, o que eu acredito que tiraria um pouco do suspense da trama se a história acontecesse apenas do ponto de vista de Holder. 
Porém o livro tem um defeito bem grande. É interessante saber como o protagonista se sentiu durante tudo o que aconteceu, porém os diálogos entre o casal são exatamente os mesmos (e a autora fez questão de repetir todos ou quase todos eles) e com a exceção de algumas poucas páginas no início e no final, não senti que o livro tenha introduzido nada de novo, então a trama se tornou bastante repetitiva.

O Protagonista: Enquanto no livro anterior eu gostei muito mais de Sky que de Holder, aqui aconteceu o contrário, obviamente por ter conhecido melhor o personagem. Holder tem um temperamento explosivo e toma muitas atitudes irresponsáveis às vezes, porém é um personagem intenso que consegue prender o leitor em todos os momentos. Além disso, minha parte predileta do livro foi a maneira como ele tentava lidar com a morte da irmã gêmea, assunto que a autora abordou com maestria.

Os Personagens SecundáriosInfelizmente nesse livro o foco é em Holder e há pouco espaço para os outros, porém Daniel, o melhor amigo, conseguiu ser brilhante da maneira mais louca possível. Sky parece ter mostrado mais sinais de seus problemas de personalidade, como o fato de simplesmente  aceitar as loucuras de Holder e a velocidade com que passou a confiar nele. Ainda assim, continuo gostando dela.

Capa, Diagramação e Escrita: Eu gosto bastante das capas dessa série porque, apesar de serem um pouco clichês, elas são lindas, principalmente nas cores escolhidas. Agora, infelizmente não sou uma fã da diagramação escolhida. Além de ter uma margem muito pequena na folha, dando a impressão de que as letras estavam todas "espremidas" lá dentro, há algumas partes em que o protagonista escreve em uma espécie de diário, e é ótimo que tenham escolhido outra fonte, porém essa fonte em particular é terrível.
A escrita da Colleen é inegavelmente brilhante, conseguindo envolver o leitor de uma maneira espetacular e fazendo com que seus livros sejam diferentes da maioria dos outros contemporâneos.

ConcluindoSe você não se importar de ler a mesma trama, aproveita, pois é muito interessante ver o ponto de vista do outro personagem. Porém se não se encantou por Um Caso Perdido, já sabe que Sem Esperança não traz muito de "novo" à história.


Classificação: