Quinta das Capas #81

Estrelas


Já tivemos algumas capas bem estreladas no tema da Noite, porém adoro estrelas, acho a coisa mais fofa, então nada mais justo que fazer um tema só para elas!

Começando pelas prediletas: estrelas verdadeiras (ou quase). Em Sombra da Noite o céu chama a atenção, porém adoro mesmo é a cidade ao fundo. A cor vermelha também serviu pra quebrar o azul, que fica bem monótono em capas do tipo. Estação Onze talvez seja minha favorita de hoje por parecer ter um céu complexo e misterioso, eu poderia passar um bom tempo analisando a capa sem me cansar. Por fim, pode ser um pouquinho difícil ver as estrelas em Mr. Sebastian e o Fantástico Mágico Negro, porém amei a fonte do título.

Partindo para as estrelas que parecem pontinhos brancos - e podem ser facilmente confundidas com flocos de neve -, o que chama realmente a atenção em These Broken Stars é o vestido verde da garota, porém as estrelas são tão importante que estão presentes até no título! Gostei da originalidade em Por Toda a Eternidade, por ter um céu roxo, uma cor tão bonita que combinou perfeitamente com a capa. Não entendo bem o que está acontecendo com a imagem de Dividida, bolas estranhas pelo chão, um fundo azul meio irrealista, porém gostei do resultado final.

Finalmente chegando nas estrelas desenhadas (ou melhor, ilustradas), as capas tem tons variados de azul para lembrar o céu, o que talvez seja necessário em ilustrações. Segundo Eu Me Chamo Antônio me lembra muito a ilustração de O Pequeno Príncipe, apesar de eu não ser uma fã do amarelo, A Lua de Mel ficou fofo e me deixou intrigada, porém Eu Amo Paris se superou com os toques sutis de vermelho e branco.

Já acabou, mas semana que vem com certeza tem mais!