Resenha - A Fantástica Fábrica de Chocolate

Resenha feita pela Tay!
Título: A Fantástica Fábrica de Chocolate
Título Original: Charlie and the Chocolate Factory
Série: Charlie Bucket
1- A Fantástica Fábrica de Chocolate
2- Charlie e o Grande Elevador de Vidro (1972 US/2008 BR)
Autor: Roald Dahl
Editora: Martins Fontes
Páginas: 173
Ano: 1964 US/ 2011 Ed.
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino

SinopseCharlie Bucket adora chocolate. Sr. Willy Wonka, o mais incrível inventor no mundo, está abrindo os portões de sua Fantástica Fábrica de Chocolate a cinco crianças sortudas. É um prêmio de uma vida! Quebra-queixos, doces mexe-mexe e um rio de delícias de chocolate derretido os aguardam - Charlie precisa apenas de um Cupom Dourado, e essas guloseimas poderão ser todas dele.

A Trama: Acredito que todo mundo já conheça a trama de A Fantástica Fábrica de Chocolate devido ao filme do Tim Burton (<3), e o livro não é muito diferente da história que encontramos nele. É uma história bem rápida e gostosa de ler, onde, de uma forma simples e divertida, o autor consegue passar algumas lições para as crianças. O único grande diferencial que encontrei foi o final, que no livro não tem toda aquela questão do Willy Wonka com seu pai, que apesar de ser uma parte bem interessante do filme, acredito que deixaria o clima um pouco pesado para um livro tão divertido. Lembrando que a história original é, obviamente, a do livro, então não tenho (e não quero) do que reclamar. 

Os Personagens: Charlie é um garoto simples e humilde, não apenas pela criação que tem, já que vem de uma família bem pobre. Suas chances de encontrar um dos Convites Dourados de Wonka eram mínimas, mas não impossíveis. Apesar dele ser realmente o protagonista, quem dá vida à história é Willy Wonka, como havia de se imaginar, por seu jeito excêntrico. Quanto às outras crianças, fica claro que o autor quis ensinar algumas lições através do que acontece a elas durante o tour pela fábrica de chocolate. Augustus representa a porção que adora se empanturrar de chocolate e os pais não conseguem tomar controle da saúde dos filhos. Veruca, a garota mimada pelos pais, descobre que nem sempre pode ter o que quer. Violet masca chiclete o tempo todo, o que certamente também não faz bem à saúde. E Mike passa o tempo todo em frente a uma tv (inclusive, a música que os Oompa-Loompas cantam na parte do Mike é a minha favorita). 

Capa, Diagramação e Escrita: Eu gosto da capa dessa edição, principalmente por contar com os desenhos originais. Eu li o livro em e-book e em inglês, então não posso dar detalhes da diagramação, mas aconselho a leitura no original, porque o inglês é bem simples e a escrita do autor é muito fluida, tanto que li esse livro em uma sentada. Uma palavrinha ou outra pode ser diferente do vocabulário que você já tenha (considerando o básico indo pro intermediário), mas isso é ótimo para aprender novas palavras e acho que não vale a pena se desesperar na primeira palavra difícil (tradutor tá aí pra isso!).

Concluindo: Não tenham preconceito apenas por ser um livro infantil, porque é uma leitura muito divertida e que você não se arrependerá de gastar algumas horinhas lendo, principalmente se você cresceu assistindo ao filme do Tim Burton, como eu. Foi uma leitura bem nostálgica e deliciosa.


Classificação: