Resenha - O Trono Lobo Gris

Resenha feita pela Luh!  
Título: O Trono Lobo Gris
Título Original: The Gray Wolf Throne
Série: Os Sete Reinos
1- O Rei Demônio (2014)
2- A Rainha Exilada (2015)
3- O Trono Lobo Gris (2015)
4- A Coroa Escarlate (2016)
Autora: Cinda Williams Chima
Editora: Suma de Letras
Páginas: 392
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Americanas // Amazon

Uma série que começou ótima e se tornou magnífica.
Atenção: Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores (exceto na sinopse)!

Sinopse: Han Alister pensou que já havia perdido todas as pessoas que amava, mas, ao encontrar Rebecca Morley à beira da morte nas Montanhas Espirituais, percebe que nada é mais importante do que salvá-la. O preço que paga por isso é alto, e nada poderia preparar Han para o que descobre em seguida: a garota que ele conhece pelo nome de Rebecca é, na verdade, Raisa ana’Marianna, a princesa-herdeira de Fells. Magoado e se sentindo traído, Han tem certeza de que não há futuro para ele ao lado da herdeira do trono. Além do mais, ainda nutre ódio pela família real, que permitiu que sua mãe e irmã fossem assassinadas. Com ameaças surgindo de todos os lados, Raisa só pode contar com sua inteligência e força de vontade para sobreviver — e mesmo isso pode não ser o bastante quando a força do destino é cruel e inevitável. 

A Trama: Acho que não tem algo que eu goste mais do que uma série que progride e evolui visivelmente a cada volume, que é exatamente o que aconteceu com Os Sete Reinos. Eu adorei O Rei Demônio, porém era uma fantasia com outras tantas que vemos no mercado literário. Em A Rainha Exilada, a trama teve reviravoltas maravilhosas e a série conseguiu minha atenção de verdade.
Em O Trono Lobo Gris, Raisa e Han conquistaram meu coração e a saga entrou para os meus favoritos. Tenho vontade de pegar os três livros agora e reler só para poder reviver todos os momentos incríveis dessa dupla! A trama vai agradar a todos com um pouco de romance, muita política, reviravoltas, mortes e decisões difíceis a serem tomadas por todos os personagens. Estou dividida entre a curiosidade em saber o que vai acontecer e a tristeza em perceber que a série está acabando, é uma daquelas tramas gostosas que facilmente preencheriam sete livros e não teriam conseguido explorar todas as nuances dos Sete Reinos.

Os Protagonistas: Han passou por tantas situações difíceis que é um milagre ainda estar andando e falando. O personagem amadurece infinitamente e adoro ver que sua astúcia e seus instintos se tornam cada vez mais envolventes, auxiliando-o como um sexto sentido. Han tenta ser um homem racional, porém é governado pelo coração, sua melhor característica.
Raisa vai de princesa que vive em um palácio a mulher madura e durona que se impõe e consegue enfrentar qualquer inimigo, tenho vontade de chorar de orgulho. É uma das melhores protagonistas e, apesar de cometer vários erros, sempre tenta fazer o seu melhor. Adoro a maneira como a garota é praticamente viciada em trabalho e ao invés de ser uma princesinha mimada em berço de ouro, trabalha muito por saber as responsabilidades que tem.

Os Personagens Secundários: Há tantos personagens interessantes com os povos dos clãs, os magos e os diferentes habitantes de outros reinos. São personagens realmente profundos, capazes de sustentar uma trama própria, o único defeito é que o livro dá mais atenção aos protagonistas, porém é compreensível que não há espaço para todos. Eu facilmente leria um livro sobre Andarilho da Noite, Micah Bayar ou Amon Byrne.
Como nem tudo é perfeito, Mellony, a irmã de Raisa, me incomodou bastante com sua infantilidade, porém acredito que isso se resolverá em A Coroa Escarlate.

Capa, Diagramação e EscritaA capa está belíssima como sempre, apesar de ser a que menos gosto das quatro. A expressão do título dá um tom misterioso e combina perfeitamente com a trama. A  tradução, como nas anteriores, ficou ótima e tornou alguns termos mais fáceis de compreender.
A escrita da Cinda melhorou muito desde o primeiro livro e me deixou viciada, definitivamente pretendo acompanhar suas outras séries!

Concluindo: Em duas palavras, virei fã. Da trama, dos personagens, da escrita e principalmente do mundo criado pela autora. Tenho certeza de que leitores de fantasia vão concordar que essa série vale a pena e preciso de A Coroa Escarlate agora!

Quotes:
 - Foi a lei que nos trouxe a esse ponto - respondeu Elena, mexendo nas tranças. - Parece que os que seguem a lei viram vítimas.
- E os que não seguem a lei viram tiranos - retrucou Raisa.

Foi um dia incrível.
Foi um dia terrível.
Raisa nunca sentira tanta coragem.
E nunca sentira tanto medo.
Nunca se sentira tão solitária.
Nunca se sentira tão amada.
Classificação: