Resenha - Virtus

Resenha feita pela
Título: Virtus
Livro Único.
Autora: Patrícia Galúcio
Editora: Chiado Brasil
Páginas: 357
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Cultura // Amazon (eBook) // Autografado ou no exterior

Sinopse: Salma é uma jovem bem-sucedida, em uma fase excepcional da vida. Prestes a casar-se com Heitor, o homem dos seus sonhos, é escolhida pelo milionário Victor Adamatti para presidir o conceituado escritório de advocacia em que trabalha. Realizada afetiva e profissionalmente, não esperava mais nada da vida. Porém, ao assumir um novo caso de divórcio, conhece o famoso tenista escocês, Paul Lewis, que depois do seu segundo casamento, perdeu a crença no amor.
Rico, charmoso e muito popular, ele descobre uma trama que a envolve. Depois de tentar alertá-la, fica perplexo diante da sua incredulidade. Impulsivo, rouba-lhe um beijo na festa em que seria nomeada a nova presidente da V.F. Adamatti Advogados. Tal rompante intempestivo ceifará tudo que Salma havia conquistado: carreira, reputação e, principalmente, seu grande amor.
No fundo do poço e ainda aturdida com os fatos, entende que apenas Paul poderá restituir-lhe a vida, como outrora existia. Movida pelo ódio e desespero, viaja para a Escócia com a roupa do corpo em busca de uma retratação pública. Nessa jornada, toma decisões precipitadas e inconsequentes que a colocam ainda mais em perigo. Sem dinheiro, documentos e prisioneira, descobrirá que a vida pode reservar surpresas inimagináveis e que nem sempre tudo o que se mais deseja, traz felicidade quando conquistado.
 
A Trama: Virtus é um romance envolvente e divertido que segue num ritmo animado do início ao fim, capaz de prender a atenção sem que seja necessária nenhuma cena de sexo. A autora consegue nos contar a trama dos personagens relacionados a personagem principal sem ser maçante e me manteve interessada no que acontecia a cada página.

A Protagonista: Salma respeita as tradições e valores ensinados por sua mãe e se mantém virgem, decidida a se entregar somente após o matrimônio.Ela acredita fielmente no amor verdadeiro e em relações perfeitas e por isso acaba fechando os olhos para os indícios da má índole de seu noivo Heitor, sem perceber que ele não é tão boa pessoa quanto parece ser.

Personagens Secundários: O livro tem ótimos personagens. Adorei Luci, a melhor amiga de Salma. Foi bem ousado e inteligente por parte da autora inserir uma personagem com uma história de vida tão forte, incluindo apreensão, quando ainda era menor de idade, por tentativa de assassinato. É difícil personagens secundários terem uma trama tão interessante assim. A história dos pais de Salma, um alemão e uma muçulmana, também é muito bacana. Mesmo pisando na bola no começo, Paul conquistou minha simpatia sem dificuldade. É impossível ler sem ficar torcendo para que ele e Salma resolvam suas diferenças e se apaixonem logo.

Capa, Diagramação e Escrita: Olho pra capa e penso "viagem". Ela é super simples, mas olha que funciona bem?! As páginas são amarelas e grossinhas, bem normais. Gostei muito da escrita da autora, o estilo pode ser considerado "previsível" se comparado com outros gêneros da escrita, mas dentro do romance, se adequa perfeitamente.

Concluindo: Fiquei querendo mais, tanto do mesmo livro, quanto da autora. Com certeza recomendo, pela leitura prazerosa que tive e pela trama envolvente.

Classificação: