Resenha - Feliz Ano Velho

Resenha feita pela Maay!  
Título: Feliz Ano Velho
Autor: Marcelo Rubens Paiva
Editora: Alfaguara
Páginas: 272
Ano: 2015 (primeira edição em 1982)
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino 

Um clássico nacional.


Sinopse: Feliz ano velho é o primeiro livro de Marcelo Rubens Paiva. Aos vinte anos, ele sobe em uma pedra e mergulha numa lagoa imitando o Tio Patinhas. A lagoa é rasa, ele esmigalha uma vértebra e perde os movimentos do corpo. Escrito com sentido de urgência, o livro relata as mudanças irreversíveis na vida do garoto a partir do acidente. Ele é transferido de um hospital a outro, enfrenta médicos reticentes, luta para conquistar pequenas reações do corpo. Aos poucos, se dá conta de sua nova realidade, irreversível. E entende que é preciso lutar. O texto expressa a irreverência e a determinação da juventude, mesmo na adversidade, e a compreensão precoce “de que o futuro é uma quantidade infinita de incertezas.

A Trama: Feliz Ano Velho retrata o primeiro ano de Marcelo Rubens Paiva após o acidente que o deixou paraplégico e mudou toda sua vida. O livro é uma espécie de diário e, com o passar das páginas, vemos não somente a difícil recuperação do autor, mas também um amadurecimento imenso. O rapaz irresponsável que tinha um milhão de possibilidades pela frente agora tem algumas limitações - porém, Marcelo deixa muito claro ao leitor que as possibilidades ainda são infinitas. 


O ProtagonistaMarcelo Rubens Paiva cresce muito durante esse ano pós-acidente e essa mudança no personagem foi o que mais me encantou no livro. A história não é extraordinária, a narrativa não tem nada muito especial... Agora, ver como o autor conseguiu aceitar sua nova condição de vida é muito bonito. Ele poderia ter se revoltado, principalmente porque o acidente foi completamente idiota - um mergulho -, mas escolheu continuar lutando pela vida, apenas com armas diferentes.

Os Personagens Secundários: São muitos os personagens que passam pela vida de Marcelo durante esse ano, o que acaba dificultando conhecer a fundo cada um deles. Além disso, o foco principal é no protagonista - e não entendam isso como algo negativo, o livro foi escrito com esse objetivo.

Capa, Diagramação e Escrita: Essa capa nova da editora Alfaguara ficou muito bonita! O único porém é que ela é daquele soft touch que marca muito fácil, sabem? A minha já esta toda riscada - uma pena.
A narrativa não é linear. Como já disse, muitos personagens são inseridos na história, e cada vez que um novo personagem aparece, são apresentadas ao leitor - sem aviso prévio - histórias do passado, de antes do acidente. Isso torna a leitura um pouco confusa, mas nada muito prejudicial, prestando atenção você consegue entender bem as coisas.

ConcluindoEu gostei bastante - não amei, mas gostei. Queria saber mais sobre a história do pai de Marcelo - Rubens Paiva, desaparecido durante a ditadura militar - mas entendo que o livro não era sobre isso. 
Tenho plena consciência, no entanto, que não é todo mundo que irá apreciar essa leitura. Recomendo para quem gosta de livros biográficos e nacionais, principalmente.

Quotes:
Subi numa pedra e gritei:
- Aí, Gregor, vou descobrir o tesouro que você escondeu aqui embaixo, seu milionário disfarçado. 
Pulei com a pose do Tio Patinhas, bati a cabeça no chão e foi aí que ouvi a melodia: biiiiiiin.
Classificação: