Resenha - A Vingança de Mara Dyer

Resenha feita pela Luh!  
Título: A Vingança de Mara Dyer
Título Original: The Retribution of Mara Dyer
Série: Mara Dyer
1- A Desconstrução de Mara Dyer (2013)
2- A Evolução de Mara Dyer (2014)
3- A Vingança Mara Dyer (2015)
Autor: Michelle Hodkin
Editora: Galera Record
Páginas: 378
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Extra // Fnac // Amazon // Submarino

Um final esclarecedor.

Atenção: Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores da série (exceto pela sinopse).

Sinopse:  Depois de descobrir que consegue matar apenas com o pensamento, assim como seu namorado é capaz de curar com a mesma facilidade, Mara Dyer é capturada por uma inescrupulosa médica, que a faz passar por uma série de testes e experimentos. Mas Mara não está sozinha. Outros jovens com poderes igualmente extraordinários são usados como cobaia. Com a ajuda deles, e de um velho inimigo, ela consegue fugir e parte em busca de vingança.

A Trama: Amo essa série por ser tão diferente das que estou acostumada. Olhando no geral, esse livro é o menos assustador dos três, provavelmente porque é contado do ponto de vista da protagonista e ela sente menos medo. Ainda assim, ele foi muito bom por trazer algo que o leitor anseia desde o início: respostas. Vou confessar que ainda fiquei um pouquinho confusa sobre algumas coisas, porém é uma conclusão satisfatória e uma série que com certeza vale a pena.
Porém, como amiga, já deixo um aviso: recomendo ler a trilogia toda em um curto espaço de tempo, porque se você demora muito entre um livro e outro começa a esquecer certos detalhes muito importantes.
A melhor parte da trama é que você sempre fica na dúvida: aquele personagem que acabou de morrer está mesmo morto? Aquela cena aterrorizante que acabou de acontecer foi verdade ou um delírio da protagonista? É uma surpresa terrível e ao mesmo tempo deliciosa quando você descobre que seus medos estavam corretos, algo que a autora consegue fazer com maestria.

A Protagonista: Mara é maluca e vai ficando cada vez mais doida. Não há como fingir que ela é normal, já no início do primeiro livro ela tem alucinações e as coisas só pioram conforme a trama avança. Entretanto, Mara é extremamente divertida! Gosto do dilema moral dela, da maneira como duvida de tudo o que acontece a sua volta e como tem medo de si mesma. O único pequeno porém é que no último livro ela "adquiriu" uma mania chata de se culpar por tudo o que acontecia, mas foi compreensível na situação em que se encontrava.

Os Personagens Secundários: O personagem que ganhou o prêmio nesse livro com certeza foi Jamie, o rei das piadas mórbidas como "Você tem a alma de um filhotinho assassino". Era ele que tornava a trama mais engraçada, dando um alívio necessário do clima contínuo de tensão.

Capa, Diagramação e Escrita: Como disse nas resenhas dos livros anteriores, adoro as capas dessa série. Elas são lindas e muito originais, sem falar que ao ver a capa ao vivo acho muito mais fácil enxergar o título (na imagem online ele parece meio apagado). O título definitivamente combina com a trama e encontrei alguns erros de revisão, porém nada de muito ruim.
A escrita da Michelle continua ótima, embora eu tenha gostado mais do estilo de narrativa dos livros anteriores, porque dessa vez temos a perspectiva de outros personagens e eu preferia quando era só a Mara.

Concluindo: A Vingança de Mara Dyer seguiu um estilo bem diferente dos outros livros, focando mais no passado e nas explicações para o que estava acontecendo, mas continuo adorando a série. Gostei do rumo que a trama seguiu e posso sem dúvidas recomendar essa trilogia a todos, especialmente quem deseja se aventurar no mundo do suspense paranormal.

Classificação: