Resenha - Homem-Formiga

Resenha feita pela Lary
Título:Homem-Formiga: Inimigo Natural
Título Original:Ant-Man: Natural Enemy
Autora: Jason Starr
Editora: Novo Século
Páginas: 256
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Amazon  // Submarino

Sinopse: Conheça Scott Lang. Ex-vigarista, pai solteiro e Homem-Formiga nas horas vagas. Ao lado de sua filha Cassie, Scott encara uma nova vida em Nova York e está determinado a fazer com que tudo dê certo: Cassie estuda numa boa escola, ele tem um emprego estável e finalmente, sente-se pronto para engatar um novo relacionamento. Apesar de ter as melhores intenções, Scott não consegue manter-se longe dos holofotes – ou das lentes de aumento – e não vai demorar muito para que sua nova vida desmorone. Quando um antigo cúmplice da época de crimes vai a julgamento, pai e filha veem-se às voltas com guarda-costas enviados pelo governo a fim de protegê-los. Scott acha isso desnecessário, mas ele desconsidera algo de fundamental importância: o fator adolescência. Quando a situação aperta para o lado de Cassie, Scott não hesita em trazer à tona o poderoso Homem-Formiga (sem ironia). Mas o que esse vilão realmente deseja? Scott e Cassie talvez estejam lutando contra algo muito maior do que eles imaginam. O premiado autor Jason Starr traz aos fãs uma história inédita, repleta de desespero, segredos e grandes aventuras de proporções microscópicas!

A Trama: Scott, o Homem-Formiga tenta levar e prover uma vida normal a sua filha, agora com 15 anos de idade, quando um antigo parceiro de crime foge da prisão e vai atrás de vingança contra as pessoas que o traíram. Enquanto o FBI força uma ordem de proteção em Scott e Cassie, eles continuam a tocar suas vidas, Scott conhece a mulher que parece ser sua alma-gêmea e Cassie enfrenta típicos problemas de adolescente na escola.

O Protagonista: Scott é um pai dedicado, se esforçou muito ao longo dos anos para cuidar bem da filha Cassie e levar uma vida honesta,  no tempo livre ele aproveita para ajudar as pessoas usando a tecnologia do Homem-formiga. Ele não é aclamado e popular como os outros heróis como seu amigo de longa data o Homem de Ferro, mas faz o que pode para ajudar. Divorciado á algum tempo também está procurando um relacionamento mais estável.

Personagens Secundários: Cassie, a filha de Scott é absurdamente irritante. Sei que muitos irão dizer que é por ela ser adolescente, fase difícil... mas ela toma decisões muito estúpidas apesar de ser teoricamente "muito inteligente", ela não pensa nas consequências das coisas que faz e é egoísta e mimada. Os demais personagens como os agentes de FBI, amigos da escola etc, não são muito aprofundados, mesmo os vilões.

Capa, Diagramação e EscritaA capa não me impressiona muito, mas me lembra HQs antigas, ela é um pouco confusa também - o título, o nome do autor e a placa de um táxi nova-iorquino estão todos sobrepostos junto ao logo da Marvel na parte mais distal da capa. A diagramação por outro lado é linda! O inicio de capa capítulo é marcado por uma página preta ilustrada por uma lupa, há formigas espalhadas por todo o livro em lugares inusitados e também são elas que dividem os subcapítulos. A escrita é um pouco cansativa em alguns momentos mas, fluiu bem apesar de a própria história não ajudar.

Concluindo: O livro é curto, por isso foi uma leitura razoável, a história têm seus momentos divertidos e algumas partes de ação são até interessantes mas a história é fraca, os protagonistas não são bem desenvolvidos e várias vezes a leitura me lembrou um drama adolescente irritante. Como conjunto geral, para quem gosta do gênero de super heróis, é um passatempo agradável.
Classificação: