Resenha - Nicolau São Norte e a Batalha contra o Rei dos Pesadelos

Resenha feita pela Lary!
Título: Nicolau São Norte e a Batalha contra o Rei dos Pesadelos
Título Original: Nicholas St. North and the Battle of the Nightmare King
Série: Os Guardiões da Infância 
1-  Nicolau São Norte e a Batalha contra o Rei dos Pesadelos (2012)
2- Coelhoberto Pascoal e os ovos guerreiros no centro da Terra! (2013)
3- Dentiana: Rainha do Exército das Fadas dos Dentes (2015)
4- The Sandman and the War of Dreams (2013 US)
Autores: e Laura Geringe
Editora: Rocco
Ano: 2012
Páginas: 232
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Extra

Um livro de sonhos!

Sinopse: Em Nicolau São Norte, primeiro livro da série Os Guardiões, William Joyce conta a verdadeira história de ninguém menos que Papai Noel, que, muito antes de ser São Nicolau (ou Santa Claus), era conhecido como Norte, um destemido espadachim e notório fora da lei. Na história, que traz charmosas ilustrações em preto e branco, somente quando vilões verdadeiros entram em cena Norte encontra outro uso para suas famosas habilidades de lutador, transformando-se no herói adorado por crianças do mundo inteiro.

A Trama: Nicolau São Norte - Rei dos Fora da Lei - tem, em certa noite, um sonho incrível com uma cidade mágica escondida na cratera de um vulcão, cercada por uma floresta misteriosa. Munido da ganância pelas riquezas que poderia encontrar por lá, ele sai cavalgando ensandecidamente, seguido de perto por sua trupe de ladrões. Enquanto isso, Breu - Rei dos Pesadelos - tenta invadir Papoff Noelen, o vilarejo mágico onde mora o poderoso Ombric Shalazar. Relativamente criativa, a trama chama a atenção pelo desenvolvimento do universo natalino, estava muito curiosa para ler.

Os Protagonistas: Não é muito claro quem é o protagonista deste livro, pois temos vários pontos de vista, mas vamos falar de Norte e Ombric. Norte não sabe sua idade, pois nem ao menos sabe em que dia nasceu, cresceu em um floresta até ser encontrado pelos cossacos e se tornar o maior combatente da tribo russa. Apesar disso, não concordava com os atos selvagens que estes promoviam, se desgarrou e formou seu próprio grupo de ladrões. Ele é um tanto fanfarrão e gosta da fama de malandro que o segue, mas no fundo tem um coração mole. Ombric é um dos últimos grandes magos ainda existentes, último sobrevivente de Atlântida, ajudou a inventar o tempo e a gravidade e fundou Papouff Noelen de um meteoro que explodiu na encosta de uma montanha formando uma cratera protegida por um resquício de rocha estelar, possui uma personalidade séria - mas paternal.

Os Personagens Secundários: Breu é um vilão extraordinário, daqueles que realmente causam pesadelos nas crianças, movido por pura maldade e vingança. O menino expectral é ainda um mistério, mas tem a essência de uma criança e traz leveza as situações tensas (tensas para um livro infantil - mas ainda tensas!).

Capa, Diagramação e Escrita: A capa é um colírio - colorida e em alto relevo, é muito chamativa. A diagramação é simples e a fonte um pouco pequena, mas amei os títulos dos capítulos e as ilustrações são maravilhosas. A escrita é fluida, contagiante e engraçada, apesar de ser uma história para crianças, não soa infantil. 

Concluindo: Gostei muito da leitura, apesar de não ter sido tudo que eu imaginava. o universo da história é encantador e a trama é contagiante, a temática "tudo é possível" e outros elementos da trama me lembram Alice no País das Maravilhas. Super recomendo o livro para crianças e para nós que amamos um bom livro infantil.

                                                          Classificação: