Resenha - O Nome da Estrela

Resenha feita pela Tay!
Título: O Nome da Estrela
Título Original: The Name of the Star
Série: Sombras de Londres
1- O Nome da Estrela
2- The Madness Underneath (2013 US)
3- The Shadow Cabinet (2015 US)
4- Sem título
Autor: Maureen Johnson
Editora: Fantástica (Rocco)
Páginas: 392
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Saraiva 

SinopseNo mesmo dia em que o primeiro de uma série de assassinatos brutais acontece em Londres, a norte-americana Rory Deveaux chega à cidade para começar uma nova vida em um colégio interno. Os crimes hediondos parecem imitar as atrocidades de Jack, o Estripador, praticadas há mais de um século. Logo a febre do Estripador toma conta das ruas de Londres, e a polícia fica desconcertada com as poucas pistas e a ausência de testemunhas. Exceto uma. Rory viu o principal suspeito no terreno da escola. Mas ela é a única pessoa que o viu – a única que consegue vê-lo. E agora, Rory se tornou seu próximo alvo. Neste thriller envolvente, cheio de suspense e romance, Rory descobre a verdade sobre suas novas e chocantes habilidades e os segredos das Sombras de Londres.

A Trama
Como seus pais estão indo trabalhar em uma faculdade de Bristol, na Inglaterra, Rory decide ir para a escola de Wexford, em Londres. Mas o dia em que ela chega à cidade é exatamente o dia em que alguém resolve recriar o primeiro assassinato de Jack, o Estripador e, logo depois, uma sucessão de assassinatos começa a acontecer, exatamente como em 1888. Eu esperava algo um pouco diferente desse livro, mas não me decepcionei exatamente, queria apenas que a história fosse um pouco mais sombria, porque ela merecia um tom mais arrepiante. A proporção que a história do Estripador toma e como as pessoas e a mídia recebem isso é bem estranha, porque transformam as mortes das pessoas em um tipo de reality show, onde todos estão ávidos para descobrir quem será o próximo "eliminado". A autora cria todo um desenrolar único, que peca em alguns pontos, mas que acaba sendo bem interessante no final. Alguns pontos da história também acabam sendo bem previsíveis, o que tirou a graça de certos acontecimentos, mas não estragou completamente a leitura. Uma coisa que gostei bastante é que ela não deixou o romance ser o foco da história, deixando-o mais como um pano de fundo.

A ProtagonistaO que mais gostei em Rory no início foi seu humor, mas aos poucos isso foi se tornando um pouco irritante, principalmente pelos momentos inoportunos que ela escolhia para jogar uma piadinha. Algo que também me incomodou nela foi não ter dado a devida atenção à série de crimes que estava acontecendo, como se não se importasse com as pessoas que estavam morrendo e como se não houvesse um assassino à solta. Algumas de suas atitudes são mesmo inconsequentes. Por outro lado, ela também tenta ser corajosa para enfrentar os problemas e não deixar que outras pessoas tomem a frente de algo que diz a seu respeito. Ela não me conquistou realmente, mas espero ver um pouco mais do seu desenvolvimento nos próximos livros da série.

Personagens SecundáriosJazza é divertida mesmo tendo seu jeito nerd e certinha, era legal vê-la tentando quebrar as regras (mesmo que a situação fosse de fato imprudente). Jerome era um amorzinho, mas sua obsessão pelo Estripador era meio assustadora e me fez pensar várias vezes se ele batia bem da cabeça. Desconfiei de Bu quando apareceu e pensei que não iria gostar dela por sua personalidade, mas acabou sendo uma personagem que gostei bastante e espero que ela apareça mais nos próximos livros. Outro personagem que gostei foi Stephen e juro que torci para que algo mais acontecesse entre ele e Rory .

Capa, Diagramação e Escrita: Tentaram dar um ar creepy à capa colocando aquela mancha de sangue, mas parece uma edição mal feita. Está ok, não é das capas mais horríveis que já vi. A diagramação é simples, mas adorei a moldura que colocaram na página do início de cada capítulo. A escrita da autora é bem humorada e fluida, só senti que às vezes ela abusava desse humor para esconder o horror do que estava acontecendo. Se ela tivesse deixado a história transpor esse tom mais sombrio que tinha, ao invés de sempre cortar com alguma piada, eu teria gostado mais ainda.

ConcluindoEu gostei da história e da mitologia criada pela autora. O final me deixou bem curiosa para ver o que vem a seguir, porque eu não estava esperando pelo o que aconteceu. Uma dica para quem pegar no livro físico: não leiam as recomendações na contra-capa, porque tem um spoiler que pode estragar um pouco sua experiência de leitura (pelo menos para mim, depois de ler, estragou um pouco, porque deveria ser surpresa o que está escrito lá).

Classificação: