Resenha - Amor ao Pé da Letra

Resenha feita pela Maay!  
Título: Amor ao Pé da Letra
Título Original: Age, Sex, Location
Livro Único.
Autora: Melissa Pimentel
Editora: Paralela
Páginas: 304
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Extra

Se você quer rir, esse é o livro.

Sinopse: Amor Ao Pé da Letra - Achar o homem perfeito não é fácil e foi isso que a agente literária Melissa Pimentel, assim como sua personagem, Lauren, descobriu quando se mudou para Londres de um dia para o outro. Infelizmente, Melissa logo viu que conquistar um homem era mais difícil do que parecia, mesmo quando ela jurava não querer nada sério. Foi aí que surgiu a solução: decidiu seguir os conselhos dos mais populares livros de autoajuda para conquistar homens e criou um blog para narrar suas experiências. Nasceram daí os encontros de Lauren, que em Amor ao pé da letra, receberam toques de ficção, como uma legítima comédia romântica. 

A Trama: Amor ao Pé da Letra reúne, basicamente, as aventuras de Lauren ao tentar entender a mente masculina - através de manuais de auto-ajuda. E sabem aquelas dicas ridículas e absurdas que os manuais dão? Ela as segue, "ao pé da letra". Agora me digam, sabendo apenas isso, há alguma possibilidade de esse livro não te fazer gargalhar? Porque para mim foi impossível. 
Agora acho bom avisar que nas últimas 100 páginas o foco muda radicalmente, e parece que você está lendo outro livro - mas não se preocupem, essa mudança em nada prejudica a qualidade da obra. 

Promoção - Garota Online

Boa noite! Tenho certeza que para a quarta-feira de vocês ficar completa faltava a minha presença, né? Então, cá estou eu, com uma promoção maravilhosa para alegrar suas vidas!
Garota Online é aquele tipo de livro bobo e fútil que 99% da população ama. Eu curti muito a leitura, e se fosse vocês não perdia tempo e me inscrevia de uma vez. 
Estão esperando o que?!


Resenha - Por Lugares Incríveis

Resenha feita pela Tay e pela May!
Título: Por Lugares Incríveis
Título Original: All The Bright Places
Livro Único.
Autor: Jennifer Niven
Editora: Seguinte
Páginas: 336
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino //  Amazon

Essa resenha foi feita em dupla! Os trechos na fonte padrão do blog, que vem primeiro em cada seção, são da Tay, enquanto os trechos na fonte diferente são os da May.


SinopseDois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver.
Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.


A Trama: O livro não conseguiu me ganhar como eu pensei que aconteceria, nas primeiras 100 páginas eu achei a história um pouco entediante. Pra mim, pareceu que a autora tentou criar uma história "original" construindo-a com vários clichês, ou seja: não me convenceu. Aos poucos o ritmo do livro vai melhorando e faz com que o leitor fique mais preso às páginas, mas em nenhum momento a história conseguiu me impressionar ou me arrebatar. Achei tudo apenas bonitinho e engraçadinho, com personagens que autora tentou fazer deles pessoas fortes, mas eu não acreditei neles.

Confesso que minhas expectativas para esse livro estavam altíssimas, e que esse é um dos motivos de minha decepção ter sido tão grande. Mas é claro que houveram outros.
Tentei de diversas maneiras ser mais sutil ao tratar sobre isso, mas não encontrei outra forma. Na maioria das resenhas que li, Por Lugares Incríveis foi descrito como um livro super original, infelizmente, pra mim ele não passou de um misto de outros bestsellers, como Mar da Tranquilidade e Cartas de Amor aos Mortos. E foi aí que me perdi, me decepcionei e também onde a leitura se tornou torturante. Sejamos honestos: ok você se basear em um romance que fez bastante sucesso, mas criar sua própria história é fundamental.

Resenha - O Bicho-da-Seda

Resenha feita pela Tay!
Título: O Bicho-da-Seda
Título Original: The Silkworm
Série: Cormoran Strike
1- O Chamado do Cuco (2013)
2- O Bicho-da-Seda (2014)
3- Sem título
Autor: Robert Galbraith
Editora: Rocco
Páginas: 464
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Amazon // Submarino

Essa resenha não contém spoilers de O Chamado do Cuco.


SinopseO detetive Cormoran Strike, protagonista de O Chamado do Cuco, está de volta, ao lado de sua fiel assistente Robin Ellacott, no segundo livro de Robert Galbraith, pseudônimo de J.K. Rowling. Dessa vez, o veterano de guerra terá que solucionar o brutal assassinato de um escritor. Quando o romancista Owen Quine desaparece, sua esposa procura o detetive particular Cormoran Strike. Incialmente, ela pensa apenas que o marido se afastou por alguns dias - como fez antes - e quer que Strike o encontre e o leve para casa. Mas, à medida que investiga, fica claro para Strike que há mais no sumiço de Quine do que percebe a esposa.
O escritor acabara de concluir um livro retratando maldosamente quase todos que conhece. Se o romance fosse publicado, a vida deles estaria arruinada -assim, muita gente pode querer silenciá-lo. E quando Quine é encontrado brutalmente assassinado em circunstâncias estranhas, torna-se uma corrida contra o tempo entender a motivação de um assassino impiedoso, diferente de qualquer outro que Strike tenha encontrado na vida.

A Trama: A mulher de um escritor procura por Cormoran Strike para ele encontrar o marido dela. Leonora Quine pensa que o marido sumiu de propósito, como já fez muitas vezes antes. Mas o que parecia ser apenas mais um dos sumiços temporários de Owen Quine, acaba se tornando um dos assassinatos mais brutais. Agora Strike não tem apenas que lidar com sua própria investigação, mas também com a polícia que não está nada contente por ele ter solucionado o caso Lula Landry (no livro anterior).
Em  O Bicho-da-Seda, lidamos com um crime muito mais complexo e difícil de solucionar, além de conhecermos melhor nossos personagens centrais (Cormoran e Robin). Temos muito mais de suas vidas e de como eles são fora do ambiente de trabalho. Apesar de ser um pouco monótono em alguns momentos, a investigação é bem interessante, além de nos inserir um pouco no ramo editorial que tanto amamos, mas não sabemos um terço do que acontece realmente dentro de uma empresa dessas. O mistério é intrigante e instiga o leitor a querer saber sempre mais. Tive que reprimir minhas vontades de bisbilhotar as páginas finais do livro para descobrir logo o culpado. E, nesse quesito, o autor está de parabéns. Ele consegue segurar a grande revelação muito bem (melhor do que em O Chamado do Cuco) e, quando você pensa que já descobriu quem é o assassino, o jogo vira e isso é SENSACIONAL!

Lançamento de Abril #4

Oi, gente! Hoje veremos os últimos lançamentos do mês de abril, que até agora não foi muito bom, admito. Veremos as editoras: Suma de Letras, Galera Record e Grupo Record. Desses, eu quero ler Sobre a Escrita, Escuridão Total Sem Estrelas, Uma História de Amor e TOC, O Substituo, Dias Infinitos, Um Conto Sombrio dos Grimm, O Descompasso Infinito do Coração e A Vida Misteriosa de Jack.

O livro é considerado por muitos uma autobiografia do King e os leitores terão a oportunidade de mergulhar um pouco na vida pessoal dele (como, por exemplo, o acidente que quase o matou em 1999) e conhecer também como funciona seu processo de escrita.





Mais nova coletânea de noveletas.

1922 (1922, 2010): Wilfred James e Arlette James são donos de 100 acres em Hemingford Home. Enquanto sua irritante esposa quer vender sua parte para uma companhia, Wilfred quer manter suas terras. A cada dia que passa, Wilfred percebe que só há uma solução para o problema. Envenenando a mente de seu filho, Henry, os dois acabam por assassinar Arlette. A história é uma narração/confissão de Wilfred sobre como ocorreu o assassinato, e a série de terríveis eventos que foi desencadeada por causa do crime.

Gigante do Volante (Big Driver, 2010): Tess, uma escritora de suspense leve, vem suplementando sua renda por anos, servindo como oradora em alguns eventos. Em um compromisso de última hora, Tess vai fazer uma palestra na cidade de Chicopee. No caminho de volta para casa, ao pegar um atalho, um evento horrível mudará sua vida para sempre; após isso, Tess descobrirá um lado negro em si mesma que nunca imaginou possuir, e não descansará enquanto não obtiver a coisa que mais deseja: vingança.

Extensão Justa (Fair Extension, 2010): Dave Streeter está sofrendo com câncer e para aliviar a angústia resolve passear. Durante o passeio, ele conhece um homem misterioso que lhe oferece um “prolongamento de vida” de duas décadas. Porém, como é regra universal do mundo dos negócios, tudo tem um preço. Irá Streeter ceder à sedutora ideia de viver mais, em troca de prejudicar seriamente uma pessoa realmente próxima a ele?

Um Bom Casamento (A Good Marriage, 2010): Darcy Anderson, casada há 27 anos, aprende mais sobre o seu marido do que gostaria quando literalmente tropeça em uma caixa misteriosa sob uma mesa na garagem. Isto é apenas a ponta do iceberg, pois as descobertas que ela fará poderão colocar não só seu casamento e família em xeque, como também sua própria vida.

Under the Weather (Under the Weather, 2011): Ellen Franklin, esposa de Brad, está se recuperando de uma indisposição, por isso ele resolve deixá-la dormir até mais tarde enquanto sai para trabalhar. Brad fica preocupado apenas com o fato de que algumas pessoas possam querer xeretar um estranho mau cheiro que surgiu em seu apartamento, e acabem acordando sua esposa.

O que fazer, quando dois mundos totalmente diferentes se chocam em uma realidade não esperada?Pietra sempre teve tudo o que desejava, mas após ser obrigada a passar trinta dias isolada em uma das fazendas da família, ela vai descobrir que nem tudo está ao alcance de suas mãos. Um peão de olhos azuis está tirando o sono da princesa da cidade.Lucas Ranger é um homem ligado às coisas mais simples da vida. Suas maiores paixões são o rodeio, o campo e os animais. Lucas não se deixa levar pelos lindos olhos verdes de Pietra, ele sabe que ela significa problema. Mas será que o cowboy indomável, irá se deixar laçar por uma menina de cristal?Oito segundos... uma história de amor e paixão superando as diferenças.

Bea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo. De uns tempos pra cá, desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves quando se trata de... garotos! Ela jura que está melhorando, que está tudo sob controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo? No fundo, esta é só mais uma história de amor... e TOC.

Promoção - Dois Garotos Se Beijando

Olha eu de novo! Acho que agora as coisas voltaram ao normal galera (assim espero), então vocês podem comemorar! E tem coisa melhor do que uma super promoção para um sábado à noite? Eu sei que tem não (haha)!
Dois Garotos se Beijando foi super recomendado e pela Tay e, sem querer puxar sadinha pro nosso lado, se tem opinião na qual eu cofio, é a das meninas. Então, estão esperando o que?
Se inscrevam já!


Promoção - The Pointless Book

Oi pessoal! Desculpa o sumiço gente! Esse mês foi uma loucura para todas nós, então o blog acabou ficando meio abandonadinho. Mas para voltar em grande estilo nada melhor do que uma promoção né?
Hoje trago para vocês The Pointless Book, mas livro na onda dos interativos - mas esse é tão chique que até aplicativo próprio tem! Aposto que muitos de vocês estavam doidos por ele, hein?
Agora corram para se inscrever!


Resenha - Perdendo-me

Resenha feita pela
Título: Perdendo-me
Título Original: Losing It
Série:
Losing It
1 - Perdendo-me (2014)
1.5 - Keeping Her (2013 US)
2 - Fingindo (2015)
3 - Encontrando-me (2013 US)
3.5 - Seeking Her (2014 US)
Autora: Cora Carmack

Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Americanas // Submarino // Extra

Sinopse: VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.
Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?

A Trama: Sabe aquele livro que não tem nada demais ou extraordinário, mas que faz você amá-lo de qualquer forma por cumprir suas expectativas? Perdendo-me é um romance sem frescura, com muitos momentos engraçados e é um ótimo entretenimento para quem gosta de casais fofos e enredos bonitinhos, ou seja, eu.

Lançamentos de Abril #3

Oi, gente! Hoje nós veremos os lançamentos das editoras Única, Gente, Rocco, Novo Conceito e Jangada. Eu quero ler O Manual da Garota Geek e A Playlist de Hayden.

O ano é 1965, e a cidade de Iowa, interior dos Estados Unidos, parece estar ainda mais quente nesse verão. Francesca Johnson, uma mãe de família que vive uma vida pacata do campo, não espera nada além dessa temporada do que o retorno dos filhos e do marido, que viajaram. Sua tranquilidade, porém, será interrompida com a chegada de Robert Kincaid, um fotógrafo de espírito aventureiro que recebeu a missão de registrar as belíssimas pontes de Madison County.
Francesca e Robert comprovaram para o mundo que o valor das coisas está realmente na intensidade que elas carregam e não no tempo que duram. Casada, mãe, Francesca não deveria ter sentimentos tão fortes por esse fotógrafo. Assim como ele, um homem tão livre, nunca se viu tão preso a alguém que acabou de conhecer. E é justamente assim que as paixões intensas funcionam: é como ser atingido por um raio quando menos se espera, e, de repente, seu corpo e sua existência estão preenchidos de energia, sem ter como voltar atrás para o estado anterior. E perdemos todo e qualquer pudor ao ver que é possível, uma vez mais, encontrar espaço para dançar.
As pontes de Madison dá voz aos anseios de homens e mulheres de todo mundo e mostra, por meio desse encontro fortuito e avassalador, o que é amar e ser amado de forma tão ardente que a vida nunca mais será a mesma.

Fica a dica, mundo: nada é mais legal do que ser uma garota geek O manual da garota geek é o guia especial de tudo aquilo que nos faz incrível: nossas paixões. Embora o restante da humanidade acredite que as geeks são pessoas muito estranhas, a verdade é que apenas amamos e nos envolvemos demais com as melhores coisas da vida. Não importa o que você ame – quadrinhos, seriados de ficção científica, literatura juvenil –, se acabou de chegar ou se adora há anos, para ser uma garota geek o importante é amar com intensidade. Desde aprender a iniciar um blog legal sobre seus hobbies, planejar o próximo cosplay, organizar um evento geek ou simplesmente entender que tipo de nerd você é, este livro está aqui para ajudá-la. Encontre aqui tudo o que você precisa para que sua nerdice seja longa e próspera!
Em um momento no qual celebramos fortunas que acontecem da noite para o dia e a ilusão do enriquecimento rápido chega a distorcer a noção de empreendedorismo dos menos experientes, a biografia de Luiz Biagi vem justamente para provar o que, no fundo, já sabemos: o sucesso é construído insistentemente, ao longo dos anos, por aqueles que não desistem de buscar o aprendizado e o desenvolvimento de si e dos que o cercam. Superar crises e abrir novas frentes é uma das marcas de Luiz Biagi, que fez questão de que o livro apresentasse as lições que fizeram dele um dos maiores homens de negócios brasileiros, assim como um líder que conseguiu não apenas prosperar, mas gerar uma sucessão que faz jus ao nome que carrega. Ao tocar a subjetividade do biografado, Doretto nos revela um Luiz que se sensibiliza com histórias, obras de arte, formas de descobrir a força que existe escondida nas pessoas e não apenas nos negócios. Entre a criatividade para sobreviver a mudanças econômicas e o investimento incansável em educação e tecnologia, Luiz Biagi traz para os empreendedores do futuro um grande legado a ser seguido e uma trajetória que marcou o país e desenvolveu diversos setores brasileiros. Encontre o estilo Biagi de criar negócios e participe do dom de encontrar o potencial não apenas de investimentos – mas da vida, dos relacionamentos e de tudo aquilo que entrou em contato com esse importante ator do cenário econômico brasileiro.

Saciando a Fome #122

O título do post também poderia ser 'A vez em que eu me perdi'.


Antes que alguém repare no último Saciando a Fome, já vou começar dizendo que acabei de notar que repeti alguns dos livros essa semana, ops! Então vamos aos que eu ainda não tinha mostrado. Começando por uma promoção que vai entrar no ar em breve, recebemos um livro interativo, seguindo a tendência atual, que parece muito divertido, The Pointless Book (Alfie Deyes - Record), com várias atividades para matar o tédio! Para resenhar, eu recebi Starling (Lesley Livingston - Jangada), que é um sobrenatural com mutias lutas da mesma autora de Nove Noites e Um Sonho de Outono, e 100 Dias de Felicidade (Fausto Brizzi - Suma de Letras), que parece ser um livro maravilhoso sobre aproveitar cada dia da nossa vida, e eu estou muito ansiosa para começar. Por fim, chegou para a Tay Não-Sei-Quê (Stefan Bachmann - Galera Record), continuação de Peculiar, e só agora reparei que o nome do livro não é "Não Sei O Quê". #fail

Resenha - Garota Online

Resenha feita pela Maay!  
Título: Garota Online
Título Original: Girl Online
Série: Garota Online
1- Garota Online (2015)
2- Girl Online On TOur (2015 US) 
3- Girl Online Going Solo 
Autor: Zoe Sugg
Editora: Verus
Páginas: 308
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Fnac 

Aquele tipo de livro delicioso e fútil que eu amo.

Sinopse: Penny tem um segredo. Com o nickname Garota Online, ela escreve um blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, meninos, os dramas do colégio, sua família maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida.  
Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum. De repente, Penny percebe que está se apaixonando — e escreve sobre cada momento dessa história em seu blog, de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre.

A Trama: As primeiras 100 páginas foram sofridas, arrastadas... E eu já tinha certeza que o livro não iria me agradar. Então Penny vai para Nova York e conhece Noah e o livro se transforma. Sequer senti as 200 páginas seguintes passarem. 
Admito que achei o instalove bem exagerado e pouco convincente, mas Noah acrescenta tanto à trama que não teve como não me deixar levar pelo absurdo desse amor. 
Enfim... A trama em si é bem bobinha e irá agradar mais ao público mais jovem. Mas sinceramente, o público mais velho também conseguirá se divertir com esse romance atrapalhado que tem tudo para dar errado. 

Terça do Top #91

Top 9 Livros que Marcaram Minha Vida


Gente, essa semana vocês terão a honra de ter uma Terça do Top feita pela blogueira favorita de vocês: eu, May! E como sempre falo nas resenhas que tal livro me marcou ou não me marcou, nada melhor do que trazer aqueles que depois de muito tempo ainda fazem meu coração bater mais forte.
Agora, duas coisas. Tentei não repetir os autores, para ser o mais abrangente possível. E essa ordem é totalmente aleatória. 
Ao clicar nos títulos, você será redirecionado para a resenha do livro (ou página do skoob, caso não tenhamos resenhado ainda).



Esse é o livro que fez de mim uma leitora compulsiva, depois dele nunca mais fiquei sem um livro na cabeceira.
Tracy pra mim é uma das melhores protagonistas que Sheldon criou, e o autor... Bom, Sidney Sheldon para mim está num patamar acima de qualquer outro autor, e acredito que ele seja unanimidade para quem o conhece.






É o primeiro livro que li de Cecelia Ahern, e apesar de Simplesmente Acontece ser o meu favorito da autora, não posso negar o quanto Ps: Eu Te Amo me afetou.
Li a história de Holly em uma noite. Virei a noite lendo, e acho que nunca chorei tanto com um livro. 







Aqui não é surpresa pra ninguém né? O Lado Bom da Vida até hoje, só de lembrar, deixa meus olhos brilhando. Já perdi a conta de para quantas pessoas dei esse livro de presente.
É uma das histórias mais simples que já conheci, e uma das mais mágicas também.







Tenho uma paixão assumida por histórias de viagens no tempo, mas esse livro supera todos os outros. E o pior de tudo é que nem acho a história tão extraordinária assim. 
O que me ganhou, de fato, aqui, foi a narrativa de Audrey. O sentimento que cada palavra traz é... Só lendo para entender.






Esse é outro livro que não é surpresa nenhuma estar aqui. Mar da Tranquilidade até hoje me faz suspirar, e tenho uma vontade imensa de reler este livro.
Nunca senti um livro tão intensamente, nunca me envolvi tanto com uma história, e definitivamente, nunca um autor conseguiu me destruir dessa maneira. Se esse livro fosse um homem, eu com certeza já estaria atrás dele com um par de alianças e juras de amor.







Sou uma fã assumida de Romeu e Julieta, e essa foi a razão principal pela qual quis ler Julieta. Mas não esperava me deparar com uma história tão bem construída. 
Anne Fortier não fez somente com que eu me apaixonasse pela sua história, ela fez com que eu me apaixonasse pelo cenário. E acredito que esse é um dos maiores motivos pelos quais este livro está aqui hoje.







Essa é uma obra quase que obrigatória para os amantes de livros. Não tem muito o que falar sobre ele - ou tem e eu é que não consigo me expressar.
Simplesmente, é uma declaração de amor aos livros. Com a qual todo apaixonado por esse mundo mágico irá se identificar.








Um dia me ganhou aos poucos, mas me marcou mesmo pelo final. Toda a história é cativante e bem real, poderia acontecer com qualquer um de nós. Mas o final...
Nicholls se mostrou um autor muito corajoso, e merece seu devido mérito (uma pena as outras obras do autor terem sido uma decepção para mim).








Seria totalmente injusto este livro não estar nesta lista. Eu queria ter tirado uma foto da minha cara de espanto quando cheguei ao ponto crucial da trama. Ela seria suficiente para justificar o porque de Garota Exemplar estar aqui.
Flynn deve ser uma pessoa completamente louca, porque não imagino uma pessoa "normal" criando uma história como essa.


Resenha - Vermelho Como o Sangue


Título: Vermelho Como o Sangue
Título Original: Punainen kuin veri
Série: Trilogia Branca de Neve
1- Vermelho Como o Sangue 
2- Branco Como a Neve (2013 Finlândia)
3- Preto Como o Ébano (2014 Finlândia)
Autor: Salla Simukka
Editora: Novo Conceito
Páginas: 240
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Amazon // Submarino


Sinopse: No congelante inverno do Ártico, Lumikki Andersson encontra uma incrível quantidade de notas manchadas de vermelho, ainda úmidas, penduradas para secar no laboratório de fotografia da escola. Cédulas respingadas de sangue. Aos 17 anos, Lumikki vive sozinha, longe de seus pais e do passado que deixou para trás. Em uma conceituada escola de arte, ela se concentra nos estudos, alheia aos flashes, à fofoca e às festinhas dominadas pelos garotos e garotas perfeitos. Depois que se envolve sem querer no caso das cédulas sujas de sangue, Lumikki é arrastada por um turbilhão de eventos. Eventos que se mostram cada vez mais ameaçadores quando as provas apontam para policiais corruptos e para um traficante perigoso, conhecido pela brutalidade com que conduz os seus negócios. Lumikki perde o controle sobre o mundo em que vive e descobre que esteve cega diante das forças que a puxavam para o fundo. Ela descobre também que o tempo está se esgotando. Quando o sangue mancha a neve, talvez seja tarde demais para salvar seus amigos. Ou a si mesma.

A Trama: Lumikki de repente se vê presa numa trama perigosa com pessoas da escola com quem ela nunca teve a intensão de se envolver. Num dia aparentemente comum, ela encontra na sala escura da escola, penduradas no lugar de fotos, várias notas de quinhentos euros sujas de sangue. Logo mais, ela descobre quem lavou aquelas notas e, mesmo tentando se manter longe, o destino a trás para aquele redemoinho de acontecimentos. 
Acredito que a autora poderia ter utilizado melhor do potencial da obra. Como já vi em algumas resenhas, o sentido de contos de fadas aqui é quase inutilizado, para uma história que prometeram ser um tipo de releitura. O mistério é bem fraco, já que a autora te entrega tudo de bandeja e você fica apenas com como aquilo vai se desenrolar. Mas ela consegue lançar alguns pontos misteriosos sobre a vida de Lumikki que deixa o leitor curioso sobre como aquilo se desenrolará, mesmo que misturando com a trama inicial do livro se torne um pouco confuso. Ela também deixou várias pontas soltas para desenvolver a história dos próximos livros, então, mesmo que não tenha amado esse, fiquei curiosa para ler os outros.

Lançamentos de Abril #2

Olá! :D Hoje começaremos a ver os lançamentos nacionais desse mês. Veremos os das editoras Gutenberg, Companhia das Letras, Seguinte e Geração. Desses eu quero ler: Hamlet e Funny Girl.

Eram meados de 1776 em São João Del Rei, Minas Gerais, quando o novo ouvidor da comarca chegou à cidade vindo de Portugal. As solteiras compareceram ao sarau preparado para recepcioná-lo, e estavam todas muito entusiasmadas com o bom partido para casar, mas não Bárbara Eliodora, justamente a moça pela qual o jovem magistrado José Inácio de Alvarenga Peixoto encantou-se. Ela estava mais interessada em escrever seus poemas e em pensar sobre suas ideias um tanto avançadas para a época. Aos poucos, porém, o convívio fez brotar uma intensa paixão, e o casal descobriu ter muito mais em comum do que imaginava. Ambos poetas (ela, a primeira mulher do país), iniciaram juntos uma vida pautada em amor e sonhos de um país livre e justo, que culminou com a Inconfidência Mineira. Deixaram um legado de sangue e lutas, mas também de ideais, versos e heroísmo, que marca até hoje a história do Brasil.

Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos.
O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável.
Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.

Publicado em 1968, A falta que ama aprofunda questões que sempre marcaram a obra poética de Carlos Drummond de Andrade: afetos, memória e observações sobre a realidade brasileira.
“Eternidade:/ os morituros te saúdam.”, escreve o mineiro em “Discurso”, poema que abre o volume. A um só tempo desencantada e sardônica, essa abordagem da finitude perpassa o livro inteiro, da forma mais drummondiana possível, com leveza e profundidade. Com posfácio de Marlene de Castro Correia, esta nova edição de A falta que ama conta com caderno de imagens e bibliografia recomendada para aqueles que quiserem mergulhar mais fundo na obra de um de nossos maiores poetas.

Resenha - Bruxa da Noite

Resenha feita pela
Título: Bruxa da Noite
Título Original: Dark Witch
Série:
Primos O'Dwyer
1 - Bruxa da Noite (2015)
2 - Feitiço da Sombra (2014 US)
3 - Blood Magick (2014 US)
Autora: Nora Roberts

Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Americanas // Submarino // Extra

Sinopse: De uma das autoras mais queridas do mundo chega uma trilogia sobre a terra a que nos conectamos, a família que guardamos no coração e as pessoas que desejamos amar...
Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda.
Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera. Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar.
Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote.
Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado.
Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.

A Trama: A trama se desenrola de forma lenta a princípio, mas isso é importante para irmos entendendo a história, o mistério e as situações junto da protagonista. Iona e seus primos Branna e Connor tem que descobrir uma forma de acabar de uma vez por todas com Cabhan, um bruxo que persegue a magia da família deles por séculos. Eles contam com a ajuda de amigos próximos, com seus leais animais e com a magia que possuem, para vingar seus antepassados e poder viver normalmente sem essa sombra do mal. O romance de Iona e Boyle foi conduzido com maturidade e com inteligência por parte da autora que fez a protagonista se agarrar as coisas que mais importam, definir prioridades, se descobrir e se valorizar.

Resenha - Quase Uma Rockstar

Resenha feita pela Maay!  
Título: Quase Uma Rockstar
Título Original: Sorta Like a Rock Star
Livro Único.
Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
Páginas: 256
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Extra // Submarino

Juro solenemente tentar ser imparcial - mas duvido conseguir.

Sinopse: Quase Uma Rockstar - Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber Appleton, a mãe e o cachorro moram em um ônibus escolar. Aos dezessete anos e no segundo ano do ensino médio, Amber se autoproclama princesa da esperança e é dona de um otimismo incansável, mas quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, ela não consegue mais enxergar a vida com os mesmos olhos. Será que no meio de tanta tristeza e sofrimento Amber vai recuperar a fé na vida? Com personagens cativantes e uma protagonista apaixonante, Matthew Quick constrói de forma encantadora um universo de risadas, lealdade e esperança conquistada a duras penas.

A Trama: Acredito que deixei de aproveitar grande parte da trama por ficar esperando um acontecimento que a sinopse adianta, então, se vocês me levam a sério: não leiam a sinopse.
Quanto à história, prefiro não falar demais, porque não quero elevar muito as expectativas de ninguém. Matthew Quick tem o dom de me deixar sem palavras e com os olhos brilhando, e admito que talvez eu tenha um olhar apaixonado demais e deixe os defeitos passarem despercebidos (propositalmente). 

Resenha - Twittando o Amor

Resenha feita pela Maay!  
Título: Twittando o Amor - Contando uma história em 140 caracteres.
Título Original: Goodnight Tweetheart
Livro Único.
Autora: Teresa Medeiros 
Editora: Novo Conceito
Páginas: 208
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva

Infelizmente, não me convenceu.

Sinopse: Twittando o Amor - O Twitter é uma festa que nunca termina onde todo mundo fala ao mesmo tempo e ninguém diz nada...
Abigail Donovan é uma escritora de sucesso. Ela quase ganhou o prêmio Pulitzer e até foi elogiada no programa da Oprah. Então, por que ela passa os dias e noites escondida no chiquérrimo condomínio onde mora, na companhia de seus dois gatos, sem conseguir escrever?
Quando o seu editor a obriga a entrar no mundo das redes sociais para expandir seus horizontes, Abby imagina que vai ser obrigada a conversar com adolescentes que teclam escondido do porão de casa. Mas ela acaba conhecendo Mark Baynard, um professor britânico sexy, bem-humorado e inteligente que está viajando pelo mundo em busca de aventura. Abby tenta resistir ao seu charme, enquanto Mark começa a quebrar a resistência dela aos pouquinhos... Inclusive a resistência a se comunicar por meio de mensagens curtas. 
Agora que Abby voltou a escrever e a viver , ela descobre que Mark guarda um segredo que poderá mudar para sempre a vida dos dois.

A Trama: Twittando o Amor conta a história de Abby e Mark, desde a maneira inusitada como se conhecem, até o desenvolvimento meteórico do romance. O problema é que tudo é muito rápido e não há tempo o suficiente para convencer o leitor. E isso é uma coisa que realmente me dói admitir.
Durante toda a leitura senti que esse poderia ser um livro extraordinário que faria com que eu me apaixonasse, mas tudo foi tão apressado, que simplesmente não rolou. 

Pilha de Leitura da Tay #13

Acho que estou lendo bem nos últimos meses e isso está me deixando feliz =D A pilha ficou um pouco maior e diferente que o planejado, mas quem nunca?

A Última Pilha: 
Comecei lendo Por Lugares Incríveis, que eu até gostei de algumas coisas, mas o livro poderia ter sido beeem melhor. Estava com certas expectativas em relação a Cartas de Amor aos Mortos, mas o livro também não foi incrível para mim, achei uma história meio morna, mas a protagonista consegue amadurecer ao longo da trama. Tive alguns problemas com a protagonista de A Linguagem das Flores no início da leitura, mas ela vai evoluindo com o decorrer da história, mesmo que continue teimosa em alguns assuntos, mas pelo menos conseguiu fazer com que eu me preocupasse muito com ela. O Teste é uma distopia, que muitos comparam a Jogos Vorazes e Divergente, mas eu gostei bastante, mesmo que a protagonista não seja das minhas favoritas; estou curiosa pela continuação. Dia 21, continuação de The 100, se mostrou bem melhor que o primeiro e por enquanto eu desisti de abandonar a série, porque as coisas parecem que ficarão melhores ainda no terceiro volume. Procura-se Um Marido é um chick-lit bem gostoso de ler e os personagens são apaixonantes, embora possam te tirar do sério algumas vezes, adorei a leitura! True é um New Adult que não conseguiu me convencer, senti que estava lendo todos os NA que já havia lido num livro só, e isso não foi bom. Dois Garotos Se Beijando foi meu primeiro contato com o David Levithan e eu me apaixonei pela escrita desse cara e, claro, pela história. Finalmente consegui ler Desaparecida (depois de baixar outro e-book para ler no Kindle >.<) e eu gostei da história, é um chick-lit bem divertido e com uma leitura bem gostosa.
O Pior da Pilha: True, porque não conseguiu me convencer de forma alguma.
O Melhor da Pilha: Dois Garotos Se Beijando <3

A Nova Pilha:
Como vocês viram, tive que incluir outros livros na última pilha, então Liberta-me aparece novamente nessa, mas eu já comecei a ler. Não me lembrava muito bem da escrita da autora e procurei um resumo de tudo o que acontece em Estilhaça-me, porque não me lembrava muito, mas por enquanto estou gostando das duas coisas, achando a escrita dela incrível, mesmo que a história esteja um pouco lenta de mais por enquanto. Mentirosos foi o vencedor da última votação, estou bem curiosa para ler esse livro e descobrir logo esse mistério. O Caminho Para Casa foi sorteado na minha TBR Jar para o mês de abril, então também lerei. Vermelho Como o Sangue é um YA que estou bem curiosa para ler, parece ter um toque de mistério que me deixou curiosa (sem contar que amei a capa). Estou com muuuita vontade de ler As Estranhas e Belas Mágoas de Ava Lavender, só ouço comentários positivos sobre esse livro e a sinopse me deixou bem curiosa. Lerei em breve. Vou continuar a série Academia de Vampiros com Tocada Pelas Sombras, o terceiro volume. Apesar de ter spoilers do que acontece no final desse volume (infelizmente), quero saber como isso acontece. E O Bicho-da-Seda, segundo volume da série do detetive Cormoran Strike. Não sei nada sobre a história desse livro, não li sinopse e nem opiniões, então estou curiosa sobre o que vou encontrar nesse mistério.

A Votação:

Mais uma votação com livros que estou com muita vontade de ler! Pausa é continuação de Métrica, um livro que eu amei. Entre o Agora e o Sempre é continuação de outro livro que eu amo. Como adorei a narrativa do David Levithan, decidi colocar Todo Dia novamente em votação, porque quero muito ler esse livro. A Estrada da Noite é de um autor que eu adoro, meu namorado já leu esse livro e falou que é ótimo, isso me deixou mais curiosa ainda. E A Profecia de Samsara é uma fantasia de autora nacional, sendo que o colaborador do enredo da história e das ilustrações foi quem me enviou o livro e ainda não consegui ler. #fail
Votem!!! <3

Lançamentos de Abril #1

Olá! Hoje começaremos a ver os lançamentos de abril e, como sempre, iniciamos com os internacionais. É só clicar nas capas para ir às páginas dos livros no Goodreads.

      
   
   

Como continuações, temos Queen Of Shadows, 4º volume da série Trono de Vidro; e Sweet, 3º volume da série de NA "Easy". Dos outros livros, fiquei interessada em An Ember In The Ashes, Dream a Little Dream, Simon vs. The Homo Sapiens Agenda, I Am Her Revenge, Fig (que me lembrou um pouco o filme Sucker Punch), Rook e Becoming Jinn (não li nada sobre gênios ainda e esse parece ser muito legal). Em quais vocês ficaram mais interessados?