Saciando a Fome #132

Presentes!


Vou começar pelo kit maravilhoso que recebi da Novo Século em parceria com o Geek.etc, que vei com aquela ecobag fofa, marcadores e até saquinhos para guardar HQs! Além disso, é claro, um lançamento super legal, Homem-Formiga (Jason Starr), do herói que tem um filme atualmente nos cinemas. Continuando os presentes, a editora enviou À Procura de Audrey (Sophie Kinsella - Galera Record), livro novo da Sophie que parece ser bem divertido. Para leituras mais densas, escolhi Kingmaker (Toby Clements - Rocco), uma ficção história da época da Guerra das Rosas, e Cento e Quatro Cavalos (Mandy Retzlaff - Rocco), que acredito que se passa na África.

Quinta das Capas #81

Estrelas


Já tivemos algumas capas bem estreladas no tema da Noite, porém adoro estrelas, acho a coisa mais fofa, então nada mais justo que fazer um tema só para elas!

Começando pelas prediletas: estrelas verdadeiras (ou quase). Em Sombra da Noite o céu chama a atenção, porém adoro mesmo é a cidade ao fundo. A cor vermelha também serviu pra quebrar o azul, que fica bem monótono em capas do tipo. Estação Onze talvez seja minha favorita de hoje por parecer ter um céu complexo e misterioso, eu poderia passar um bom tempo analisando a capa sem me cansar. Por fim, pode ser um pouquinho difícil ver as estrelas em Mr. Sebastian e o Fantástico Mágico Negro, porém amei a fonte do título.

Partindo para as estrelas que parecem pontinhos brancos - e podem ser facilmente confundidas com flocos de neve -, o que chama realmente a atenção em These Broken Stars é o vestido verde da garota, porém as estrelas são tão importante que estão presentes até no título! Gostei da originalidade em Por Toda a Eternidade, por ter um céu roxo, uma cor tão bonita que combinou perfeitamente com a capa. Não entendo bem o que está acontecendo com a imagem de Dividida, bolas estranhas pelo chão, um fundo azul meio irrealista, porém gostei do resultado final.

Finalmente chegando nas estrelas desenhadas (ou melhor, ilustradas), as capas tem tons variados de azul para lembrar o céu, o que talvez seja necessário em ilustrações. Segundo Eu Me Chamo Antônio me lembra muito a ilustração de O Pequeno Príncipe, apesar de eu não ser uma fã do amarelo, A Lua de Mel ficou fofo e me deixou intrigada, porém Eu Amo Paris se superou com os toques sutis de vermelho e branco.

Já acabou, mas semana que vem com certeza tem mais!

Resenha - Ela Não É Invisível

Resenha feita pela Tay!
Título: Ela Não É Invisível
Título Original: She Is Not Invisible
Livro Único.
Autor: Marcus Sedgwick
Editora: Galera Record
Páginas: 256
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva // Casas Bahia

SinopseLaureth é uma adolescente cega de 16 anos, e seu pai é um autor conhecido por escrever livros divertidos. De uns tempos pra cá, ele trabalha em uma obra sobre coincidências, mas nunca consegue termina-la. Sua esposa acha que ele está obcecado e prestes a ter um ataque de nervos. Laureth sabe que o casamento dos pais vai de mal a pior quando, de repente, seu pai desaparece em uma viagem para a Áustria e seu caderno de anotações é encontrado misteriosamente em Nova York.
Convencida de que algo muito errado está acontecendo, ela toma uma decisão impulsiva e perigosa: rouba o cartão de crédito da mãe, sequestra o irmão mais novo e entra em um avião rumo a Nova York para procurar o pai. Mas a cidade grande guarda muitos perigos para uma jovem cega e seu irmãozinho de 7 anos.

A TramaLaureth é responsável por responder os e-mails do pai, um escritor conhecido por seus livros divertidos (não os últimos, onde ele tentou ser mais sério), até que recebe um e-mail misterioso de um tal Sr. Walker, que diz ter encontrado o caderno de anotações do pai dela em Nova York (onde ele, com certeza, não deveria estar). Preocupada, pois o pai não ligava para casa havia muito tempo, Laureth tem a ideia brilhante de pegar um dos cartões de crédito da mãe, comprar duas passagens para Nova York e sequestrar o irmão mais novo para ser seu guia, já que ela é cega e não quer que ninguém descubra. O livro é basicamente uma aventura dos irmãos em Nova York procurando pelo pai, sem realmente saber aonde ir. O mais interessante da história é a conexão que conseguimos estabelecer com os personagens, principalmente a protagonista, e conseguimos presenciar toda essa angústia que ela tem de todos a tratarem de forma diferente por ser cega, mas ela mesmo não ligar muito para isso. Eu aconselho a quem for ler fazer o que está escrito no penúltimo parágrafo do livro (após o término da leitura, claro). Isso, com toda certeza, me fez gostar mais da história.

Mini Resenhas #2

Já que não tenho o suficiente para falar sobre os livros abaixo para fazer resenhas completas, mas quero que vocês saibam a minha opinião, seguem algumas mini resenhas!


Princess of Glass - Jessica Day George
2010 - 272 páginas
Nota: 18
Em teoria esse livro é uma continuação de A Princesa do Baile da Meia-Noite, porém eles são independentes. Uma releitura de Cinderela, o livro era extremamente previsível e vários personagens me irritaram, porém teve seus trechos fofos e toda a magia que se espera de uma releitura, sem falar que a protagonista é inteligente e direta. Ainda assim recomendo parar no primeiro livro, que é bem melhor!



Pode Beijar a Noiva - Patricia Cabot
Planeta - 2011 - 238 páginas
Nota: 34
Minha opinião aqui pode não valer, considerando que não sou a maior fã de romances. Porém, para quem gosta, Pode Beijar a Noiva entrega exatamente o que propõe: romance fofo, personagens teimosos, cenas apaixonantes e um final feliz. Apesar da trama previsível, característica presente em quase todos os romances, os personagens compensam e o livro é muito divertido.




Duelo ao Luar - Andrea Cremer
Galera Record - 2014 - 448 páginas
Nota: 46
Apesar de eu ter amado essa série desde o primeiro livro, acredito que os personagens ficaram ainda melhores conforme o avanço da trama. A conclusão da trilogia é de tirar o fôlego, amo as escolhas de Calla, a protagonista, que é extremamente independente e uma líder nata, sempre colocando sua "matilha" em primeiro lugar. O triângulo amoroso fica absolutamente irresistível e o único defeito do livro foi o final, porém a trilogia vale a pena.

Saciando a Fome #131

Capas fofíssimas.


Ok, a foto não está das melhores, mas os livros dessa semana são muito legais. Eu estava tão animada com A Rainha Vermelha (Victoria Aveyard - Seguinte) que já peguei pra ler e acabei lendo o livro inteiro em um dia! Para Onde Vai o Amor (Carpinejar - Bertrand) é um livro repleto de crônicas curtinhas e muito interessantes e A Canção de Alanna (Tamora Pierce - Única) é um infantojuvenil de uma autora muito famosa lá fora.

Resenha - Promessa de Sangue

Resenha feita pela Tay!
Título: Promessa de Sangue 
Título Original: Blood Promise
Série: Academia de Vampiros
1- O Beijo das Sombras (2010)
2- Aura Negra (2010)
3- Tocada Pelas Sombras (2010)
4- Promessa de Sangue 
5- Laços do Espírito (2012)
6- Último Sacrifício (2013)
Autor: Richelle Mead
Editora: Agir
Páginas: 448
Ano: 2010
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Amazon // Submarino // Casas Bahia

Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores, apenas na sinopse.

SinopseA vida da guardiã Rose Hathaway nunca será a mesma. O recente ataque a Academia St. Vladimir devastou todo o mundo Moroi. Muitos estão mortos. E, pelas poucas vitimas carregadas pelos Strigoi, o destino deles é ainda pior. Uma rara tatuagem agora adorna o pescoço de Rose, uma marca que diz que ela matou Strigoi demais para contar. Mas apenas uma vitima importa… Dimitri Belikov. Rose agora deve escolher, um de dois caminhos bem diferentes: princesa – ou, abandonar a academia para sair sozinha em uma caça para matar o homem que ela ama. Ela terá de ir ao fim do mundo para encontrar Dimitri e manter a promessa que ele implorou para ela fazer. Mas a pergunta é, quando a hora chegar, ele irá querer ser salvo? Agora, com tudo em jogo – e mundos de distância da St. Vladimir e sua desprotegida e vulnerável, e recentemente rebelde, melhor amiga – Rose pode encontrar forças para destruir Dimitri? Ou ela vai se sacrificar para ter uma chance em um amor eterno?

A Trama: É difícil falar muita coisa sem dar spoilers dos acontecimentos do livro anterior, mas posso dizer que em Promessa de Sangue estamos em um cenário bem diferente, onde Rose tem uma missão bem difícil de cumprir. Achei o início bem lento, mas interessante, embora dê para perceber que a autora estendeu algumas partes da história para dar mais páginas, o que ficou um pouco entediante em certo ponto. Mas, como sempre, ela dá a volta por cima colocando uma cena bem intensa e cheia de ação, que faz com que o leitor fique com os nervos à flor da pele e até mesmo surtando com o que está acontecendo. Ainda não consigo ver direito onde essa história vai chegar, mas estou muito animada para ver o resultado.

Promoção - A Cidade Murada

Oi gente!!! Querem saber qual é o livro lindo que um de vocês vai ganhar? Aposto que, desde que a resenha saiu aqui no Fome, ele entrou na lista de desejados de muita gente!
A Cidade Murada é um suspense contemporâneo muito viciante. O livro deixou a Tay apaixonada - e além disso, vamos combinar, apenas os muito especiais conseguem um 48 nosso!!!
Ainda não se inscreveram porque?!

Resenha - A Outra Vida

Resenha feita pela Tay!
Título: A Outra Vida
Título Original: The Other Life
Série: A Outra Vida
1- A Outra Vida
2- The Life Beyond (2013 US)
Autor: Susanne Winnacker
Editora: Novo Conceito
Páginas: 272
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva // Casas Bahia

SinopseO mundo de Sherry — de uma hora para outra — mudou completamente. Por causa de um vírus muito contagioso, as pessoas que ela costumava conhecer, e quase todas as pessoas de sua cidade, Los Angeles, na Califórnia, se transformaram em mutantes assustadores.
Esses mutantes têm uma força excessiva, são ágeis, o corpo é coberto de pelos, eles lacrimejam um líquido imundo e… comem gente! Portanto, não há muito o que fazer — talvez tentar fugir — quando se encontra algum deles. A não ser que você tenha ao seu lado a força e a determinação de um jovem como Joshua.
Joshua perdeu uma irmã para os mutantes e sua raiva é tão grande que ele seria capaz de vingar todos aqueles que perderam alguém para as criaturas. No entanto, para que esta revanche aconteça, é preciso prudência. Afinal, até que ponto a disseminação deste vírus foi uma coisa realmente natural? Que poderosos interesses estão por trás desta devastação?
E será que Joshua e Sherry conseguirão ter a cautela necessária para lutar contra as criaturas justo agora que seus corações estão agitados pelo começo de uma paixão?

A TramaUma versão mil vezes pior do vírus da raiva virou uma epidemia, fazendo com que o caos e o medo reinassem. A família de Sherry está em um abrigo particular nos fundos da própria casa há três anos, sem nunca terem saído para nada. Agora que os suprimentos acabaram, eles precisam se arriscar do lado de fora para procurar comida, mesmo sem saber quais perigos poderiam haver. 
As criaturas da história não são zumbis como eu esperava. São um tipo de humanos mutantes, assustadores e comedores de gente, infectados pela raiva. Por outro lado, eles são mais inteligentes e perigosos que os zumbis (pelo menos os no estilo The Walking Dead de ser). Na minha opinião, a história não conseguiu ser muito bem desenvolvida, embora a rapidez dos acontecimentos tenha me prendido à leitura, tanto que terminei em poucas horas. Mesmo assim, acredito que a autora poderia ter explorado o aspecto perigoso e denso da atmosfera pós-apocalíptica um pouco mais. Ela tentou criar um clima romântico entre a protagonista e um rapaz que ela conhece, o que, ao meu ver, não era muito relevante pra história e acabou não me agradando tanto assim.

Resenha - Virtus

Resenha feita pela
Título: Virtus
Livro Único.
Autora: Patrícia Galúcio
Editora: Chiado Brasil
Páginas: 357
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Cultura // Amazon (eBook) // Autografado ou no exterior

Sinopse: Salma é uma jovem bem-sucedida, em uma fase excepcional da vida. Prestes a casar-se com Heitor, o homem dos seus sonhos, é escolhida pelo milionário Victor Adamatti para presidir o conceituado escritório de advocacia em que trabalha. Realizada afetiva e profissionalmente, não esperava mais nada da vida. Porém, ao assumir um novo caso de divórcio, conhece o famoso tenista escocês, Paul Lewis, que depois do seu segundo casamento, perdeu a crença no amor.
Rico, charmoso e muito popular, ele descobre uma trama que a envolve. Depois de tentar alertá-la, fica perplexo diante da sua incredulidade. Impulsivo, rouba-lhe um beijo na festa em que seria nomeada a nova presidente da V.F. Adamatti Advogados. Tal rompante intempestivo ceifará tudo que Salma havia conquistado: carreira, reputação e, principalmente, seu grande amor.
No fundo do poço e ainda aturdida com os fatos, entende que apenas Paul poderá restituir-lhe a vida, como outrora existia. Movida pelo ódio e desespero, viaja para a Escócia com a roupa do corpo em busca de uma retratação pública. Nessa jornada, toma decisões precipitadas e inconsequentes que a colocam ainda mais em perigo. Sem dinheiro, documentos e prisioneira, descobrirá que a vida pode reservar surpresas inimagináveis e que nem sempre tudo o que se mais deseja, traz felicidade quando conquistado.
 
A Trama: Virtus é um romance envolvente e divertido que segue num ritmo animado do início ao fim, capaz de prender a atenção sem que seja necessária nenhuma cena de sexo. A autora consegue nos contar a trama dos personagens relacionados a personagem principal sem ser maçante e me manteve interessada no que acontecia a cada página.

Lançamentos de Julho #2

Pois é, semana passada esqueci de postar os lançamentos novidade, mas vou tentar não falhar mais. Hoje veremos os lançamentos das editoras Novo Conceito, Seguinte, Rocco, Gente e Única. Fiquei interessada em Fragmentados e Encruzilhada.

Mentiras Que Confortam - Randy Susan Meyers - Novo Conceito
Cinco anos atrás...
Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção.
Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe.
Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele.

Hoje...
Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.

Em uma sociedade em que os jovens rejeitados são destinados a terem seus corpos reduzidos a pedaços, três fugitivos lutam contra o sistema que os fragmentaria .

Unidos pelo acaso e pelo desespero, esses improváveis companheiros fazem uma alucinante viagem pelo país, conscientes de que suas vidas estão em jogo. Se conseguirem sobreviver até completarem 18 anos, estarão salvos. No entanto, quando cada parte de seus corpos desde as mãos até o coração é caçada por um mundo ensandecido, 18 anos parece muito, muito longe.

O vencedor do Boston Globe-Horn Book Award, Neal Shusterman, desafia as ideias dos leitores sobre a vida: não apenas sobre onde ela começa e termina, mas sobre o que realmente significa estar vivo.

Quando Tom Ryder é convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, não imagina o quanto o seu irmão mais novo, Stanley, sentirá sua falta. A única alegria do garoto são os filhotes de Rocket, a cadela premiada que é o orgulho da família. Porém, ao descobrir que Rocket teve filhotes mestiços, o pai de Stanley fica furioso e ameaça afogar os cãezinhos.
Inconformado e desejando reencontrar Tom, Stanley foge de casa. Mentindo a idade, consegue se alistar no exército britânico. Somente o amor incondicional pelos animais será capaz de fazê-lo sobreviver à brutalidade e à frieza dos campos de batalha. Uma prova de que a inocência e a sensibilidade podem ser mais poderosas do que a guerra.

SOLDIER: Leal até o fim é um livro emocionante e intenso, recomendado para leitores de todas as idades, especialmente para os apaixonados por cães.

Promoção - A Estrela

Oi gente linda! Estou super feliz com a promoção de hoje!!!
A Estrela é um livro bastante psicológico, onde precisamos decidir se acreditamos na inocência ou não de Lily, uma adolescente acusada de ter assassinado sua colega de quarto. O livro me despertou reações muito intensas - do tipo que até agora não decidi se amei ou odiei o livro. Mas eu amei a maior parte, então eu quero que vocês leiam também!!!
Estão esperando o que para se inscrever?

Resenha - Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer

Resenha feita pela Tay!
Título: Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer
Título Original: Me and Earl and the Dying Girl
Livro Único.
Autor: Jesse Andrews
Editora: Fábrica231
Páginas: 288
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva // Casas Bahia

SinopseLivro que deu origem ao filme vencedor do Festival Sundance 2015, nas categorias Público e Crítica, com estreia marcada para 12 de junho nos EUA, Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re)criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. Crossover com enorme potencial no segmento young adult, o romance é perfeito para fãs de livros e filmes como A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível.

A Trama: A história é contada como se fosse um livro que Greg está escrevendo para nos dizer como ele deixou de ser invisível na escola. Quando descobre que Rachel tem câncer, a mãe dele logo o intima para se tornar amigo da garota e fazer seus últimos momentos viva valerem a pena. É um livro esquisito, mas bem divertido de ler, principalmente pelo senso de humor de Greg e sua forma de contar a história. Mas, apesar de toda a diversão da narrativa, senti que o livro não chegou a lugar nenhum no final. Os personagens continuaram os mesmos e a história não teve nada de impactante que me fizesse adorar a leitura.

Saciando a Fome #130

Não consigo escolher qual quero primeiro.


As capas dessa semana estão de parabéns! No Limite do Perigo (Katie McGarry - Verus) é um romance, o terceiro de uma "série" que está entre as minhas favoritas, Brilhantes (Marcus Sakey - Galera Record) tem muitas perseguições e humanos superdotados.
O Sol É Para Todos (Harper Lee - Record) é um clássico sobre um advogado branco que defende um homem negro, livro vencedor de diversos prêmios, e Entrelinhas (Tammara Webber - Verus) é um romance de uma autora que já conhecemos e amamos.

Quinta das Capas #80

Lobos


Olá pessoas lindas! Está ficando difícil fazer uma coluna criativa, e passeando pelo Good Reads eu reparei que há muitas capas com, ou inspiradas em lobos, e mais ainda com a palavra lobo no título. Já fizemos uma com temática animal, espero que essa seja igualmente interessante.

Eu amo mitologia nórdica, é a minha preferida! Não sei dizer porque mas a capa de Lobos de Loki realmente me remeteu á uma imagem nórdica, dês da primeira vez que vi, claro que os dois adolescentes são muito dispensáveis e me lembram muito Percy Jackson. The Wolf of Tebron e The Sword of Summer são daquele tipo que me ganham pela capa, detalhadas, com uma atmosfera fantástica, muitos tons e etc. 

 Wolf Totem é estranha não? Parece um lobo bravo em uma embalagem de chiclete barata (cruel, eu sei) ainda mais por que o fundo aparentemente era para ser um mapa. Lobos não choram é maravilhosa! Dá vontade de colocar em um quadro, já Arthur Quinn and Fenris Wolf  é gostosa de investigar, apesar do mesmo tom escuro azulado por toda a capa os demais elementos combinaram muito bem.

 A capa de A queda é mal feita, parece que foi feita por uma pessoa com pouco conhecimento de Photoshop, e a silhueta da mulher na capa parece usar fraldas, mas eu gosto do esfumaçado na parte de cima. Sempre é bonita, adoro sombreamento e silhuetas, é sutil bonita e ainda misteriosa, da vontade de ler não dá? Wolf, A novel in White Van é super criativa e ela grita "bem feito", "perfeitamente finalizado" o acabamento é lindo, inspira a criatividade, cheia de textura, imagina fazer o lobo com uma textura diferente do restante da capa *.*




Hemlock Grove é a única que não aparece o lobo propriamente dito, é muito provável que não seja a capa original, se não me engano foi o ilustração desenvolvida para a série (mas eu não tenho certeza). Ah ela é a melhor não é? Misteriosa e mais assustadora, inusitada; para fãs e curiosos já dá vontade de colocar a mão nele na livraria para saber do que se trata. Dreamcatcher é romântica mas também parece um tanto amadora. Night of 1.000 Wolves é a única HQ da lista, as capas são lindas por que parecem ter sido feitas a mão, em alguns pontos aparenta uma aquarela e em outras, como no dorso do lobo, parece pintura á óleo.

Gostaram? Concordam com a minha opinião? 

Promoção - Por Um Toque de Ouro

Boa noite! Já estavam com saudades? Eu sei quem sim (haha)! 
O livro de hoje está nos desejados de muita gente, e tenho certeza de que vocês vão amar. Por Um Toque de Ouro  é o primeiro livro de uma trilogia inspirada nas lendas irlandesas, acho que quem gosta de literatura fantástica vai amar.
Estão esperando o que para se inscrever?

Por Um Toque de Ouro

Resenha - A Estrela

Resenha feita pela Maay!  
Título: A Estrela
Título Original: Cartwheel - A Novel
Autora: Jennifer duBois
Editora: Rocco
Páginas: 448
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Extra

Sabem quando você tem vontade de ignorar o final de um livro? Pois é.


Sinopse: Uma jovem norte-americana é presa na Argentina, acusada de assassinato. E sua inocência parece cada vez mais improvável. Eleito livro do ano por veículos como Salon e Cosmopolitan, A estrela, da promissora Jennifer duBois, surpreende com um suspense digno dos grandes mestres. Inspirado no caso real de Amanda Knox, americana acusada de matar sua colega de quarto na Itália, o romance é um thriller psicológico vigoroso e de rara sutileza moral. À medida que as investigações sobre a morte de Katy Kellers avançam, sua ex-colega de quarto Lily Hayes aparece ora como suspeita, ora como inocente, deixando o leitor em suspense até a última página.

A Trama: A Estrela é um romance inspirado no caso de Amanda Knox - uma jovem intercambista norte-americana que foi condenada pelo assassinato da colega de quarto na Itália. Não acompanhei muito de perto o desenrolar desse caso, mas se vocês quiserem saber mais, no google tem bastante informações (haha).
Enfim... Lily, nossa protagonista, foi presa pelo assassinato da colega de quarto, Katy, na Argentina. E assim a história se desenrola, mesclando fatos presentes e passados. Apenas um conselho: prestem atenção a tudo o que vocês lerem, porque às vezes uma informação que parece inútil, pode fazer falta mais para frente - principalmente porque a autora dificilmente entrega informações de bandeja ao leitor, a maioria dos fatos precisa ser muito interpretado a analisado. 
Agora, preciso fazer um desabafo, achei a visão da autora sobre a América do Sul bem preconceituosa viu. Deixei passar porque realmente gostei da leitura.

Terça do Top #96

Top 11 Clichês que Amamos


Já que existem tantos clichês irritantes por aí, resolvemos selecionar alguns que funcionam e tornam a trama ainda melhor. Colocamos os links das resenhas em cada sugestão ou nome para quem quiser saber mais!

 - Protagonistas confiantes
Meus exemplos favoritos são a Calla, a Seis, a Claire e a Celaena. Nada como uma mulher que sabe que é a melhor.

 - Melhores amigos que se apaixonam
Aristóteles e Dante, Ron e Hermione, Ella e Micha, Rosie e Alex, um casal que não pode ser revelado na série Garota <3 Garoto. Poderia ler histórias sobre isso 50 vezes sem me cansar.

 - Personagens que erram e aprendem com os erros
Adoro uma boa história de redenção ou um personagem ingênuo que se torna mais cauteloso, como Cassel, Lucio, Raisa e Ren. Errar é humano e eu gosto quando isso acontece, aprender com os erros é uma questão de inteligência que só melhora o personagem.

 - Animais de estimação
Pessoalmente, sou uma fã dos cães, como Max e Bernie Kosar, porém outros animais também já me conquistaram em séries literárias, como o pegasus Blackjack e o gato Fat Louie (que para mim era uma encarnação do Garfield).

- Melhores amigas de longa data
Apesar de toda a amizade ter certos problemas, Sky e Six, Mia e Lily, Rose e Lissa e Abby e Caitlin seriam capazes de ter uma série de livros só sobre a amizade entre as meninas e eu leria todos os livros.

 - Personagens que se tornam os melhores por esforço próprio
Raisa, com suas aulas e treinamento intermináveis, Hermione e sua paixão por dever de casa, Quatro e sua coragem em enfrentar os próprios medos, Annabeth, que passou a vida toda treinando, Dimitri, que parecia nunca descansar. Eu amo quando os personagens treinam e se esforçam bastante, resultando em ótimas habilidades. Infinitamente melhor que aqueles que parecem simplesmente herdar características especiais.

 - Personagens que se sacrificam pelo bem de outros
Karou e Puck são duas garotas duronas que servem como um ótimo exemplo de sacrifícios que representam um altruísmo inegável.

 - Antagonistas inteligentes
Aqui não vou citar os nomes para não revelar spoilers, mas Sombra e Ossos, O Poder dos Seis, Reiniciados e Insurgente são ótimos exemplos de livros com "vilões" que merecem conquistar o mundo por serem tão organizados e inteligentes.

 - Famílias que se amam
Por mais que a maioria dos livros atuais foque em algum romance, eu adoro ver famílias que permanecem unidas não importa o que aconteça, como as de Anya, Cate, Tris e Laurel.

 - Personagens que tem lados "bons" e lados "maus"
Ninguém é completamente bom ou ruim, e alguns autores consegue demonstrar isso com maestria em personagens como Wren, Akiva, Magnus, Elder, Holt, Warner e Charles. A maioria dos mencionados já matou pessoas, porém não deixam de ter suas partes vulneráveis ou gentis.

 - Casais que se odeiam no início e vão se apaixonando
Nada melhor que se apaixonar junto com os personagens, como acontece com Max e Alicia, Patch e Nora, Ryan e Beth e Rafa e Vivi. Amamos aquele sentimento de amor e ódio que geralmente envolve situações muito engraçadas!

Resenha - As Estranhas e Belas Mágoas de Ava Lavender

Resenha feita pela Tay!
Título: As Estranhas e Belas Mágonas de Ava Lavender
Título Original: The Strange and Beautiful Sorrows of Ava Lavender
Livro Único.
Autor: Leslye Walton
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva // Casas Bahia

SinopseGerações da família Roux aprenderam essa lição da maneira mais difícil. Os amores tolos parecem, de fato, ser transmitidos por herança aos membros da família, o que determina um destino ameaçador para os descendentes mais jovens: os gêmeos Ava e Henry Lavender. Henry passou boa parte de sua mocidade sem falar, enquanto Ava que em todos os outros aspectos parece ser uma jovem normal nasceu com asas de pássaro.
Tentando compreender sua constituição tão peculiar e, ao mesmo tempo, desejando ardentemente se adaptar aos seus pares, a jovem Ava, aos 16 anos, decide revolver o passado de sua família e se aventura em um mundo muito maior, despreparada para o que ela iria descobrir e ingênua diante dos motivos distorcidos das demais pessoas. Pessoas como Nathaniel Sorrows, que confunde Ava com um anjo e cuja obsessão por ela cresce mais e mais até a noite da celebração do solstício de verão. Nessa noite, os céus se abrem, a chuva e as penas enchem o ar, enquanto a jornada de Ava e a saga de sua família caminham para um desenlace sombrio e emocionante.

A Trama: Somos apresentados à história de Ava Lavender de uma forma diferente (bem parecida com a encontrada no livro Middlesex, que já resenhei aqui pra vocês), onde ela volta anos no passado para contar a trajetória dos seus bisavós da França para os Estados Unidos, momentos antes da Primeira Guerra começar. Depois, somos apresentados à Emilienne, futura avó de Ava e, posteriormente, à Viviane, sua mãe. É uma história de realidade fantástica, onde o elemento mágico é bem sutil e de alguma forma se mescla com o cotidiano. Acompanhamos o crescimento, as paixões e as mágoas dessas mulheres e aos poucos vamos tomando certa empatia pelas suas vidas, mesmo que não consigamos entender ou mesmo concordar com alguns rumos e decisões. A história também carrega uma atmosfera mórbida que eu não esperava encontrar, devido a algumas mortes que acontecem no início e que me deixaram chocada. E realmente não esperava o que acontece nos últimos capítulos do livro e isso acabou com o meu coração.

Resenha - O Trono Lobo Gris

Resenha feita pela Luh!  
Título: O Trono Lobo Gris
Título Original: The Gray Wolf Throne
Série: Os Sete Reinos
1- O Rei Demônio (2014)
2- A Rainha Exilada (2015)
3- O Trono Lobo Gris (2015)
4- A Coroa Escarlate (2016)
Autora: Cinda Williams Chima
Editora: Suma de Letras
Páginas: 392
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Americanas // Amazon

Uma série que começou ótima e se tornou magnífica.
Atenção: Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores (exceto na sinopse)!

Sinopse: Han Alister pensou que já havia perdido todas as pessoas que amava, mas, ao encontrar Rebecca Morley à beira da morte nas Montanhas Espirituais, percebe que nada é mais importante do que salvá-la. O preço que paga por isso é alto, e nada poderia preparar Han para o que descobre em seguida: a garota que ele conhece pelo nome de Rebecca é, na verdade, Raisa ana’Marianna, a princesa-herdeira de Fells. Magoado e se sentindo traído, Han tem certeza de que não há futuro para ele ao lado da herdeira do trono. Além do mais, ainda nutre ódio pela família real, que permitiu que sua mãe e irmã fossem assassinadas. Com ameaças surgindo de todos os lados, Raisa só pode contar com sua inteligência e força de vontade para sobreviver — e mesmo isso pode não ser o bastante quando a força do destino é cruel e inevitável. 

A Trama: Acho que não tem algo que eu goste mais do que uma série que progride e evolui visivelmente a cada volume, que é exatamente o que aconteceu com Os Sete Reinos. Eu adorei O Rei Demônio, porém era uma fantasia com outras tantas que vemos no mercado literário. Em A Rainha Exilada, a trama teve reviravoltas maravilhosas e a série conseguiu minha atenção de verdade.
Em O Trono Lobo Gris, Raisa e Han conquistaram meu coração e a saga entrou para os meus favoritos. Tenho vontade de pegar os três livros agora e reler só para poder reviver todos os momentos incríveis dessa dupla! A trama vai agradar a todos com um pouco de romance, muita política, reviravoltas, mortes e decisões difíceis a serem tomadas por todos os personagens. Estou dividida entre a curiosidade em saber o que vai acontecer e a tristeza em perceber que a série está acabando, é uma daquelas tramas gostosas que facilmente preencheriam sete livros e não teriam conseguido explorar todas as nuances dos Sete Reinos.

Top Comentarista - Julho

Boa noite!!! Cheguei à conclusão de que não vou mais pedir desculpas pelo atraso no resultado do Top, porque eu sempre atraso!!! Saibam que eu venho, pode demorar, mas eu venho. Só não se esqueçam que os comentários são contados desde o primeiro post do mês.
Em junho voltamos ao nosso ritmo normal de posts, finalmente - e em julho, apesar da Maratona de Inverno, estamos conseguindo mantê-lo. Aumentado o número de posts no mês, o esquema de pontos também voltou ao normal! Lembrando que os números acima são a quantidade de comentários, e não se referem às ordens dos posts.
Qualquer dúvida, estou sempre à disposição no email promosfomedelivros@gmail.com - assim que eu ler, respondo vocês
Agora, o resultado do Top Comentarista de Junho!!! 





O esquema é o mesmo de sempre, viu? Se vocês clicarem na imagem ela fica melhor. 
Parabéns aos que se classificaram! Esse mês tivemos poucas inscrições, não gostei!!! Espero mais mês que vem hein?! 
Lembrando que mês passado eu avisei que o Top Comentarista passaria a ter apenas um vencedor... Tchãrãn!!!





Edilza, sortuda, que mal volta a participar e já ganha a promoção!!! Parabéns!!!
O e-mail já foi enviado e você pode escolher seu prêmio!

Agora para julho, faremos uma listinha com muitos livros legais para vocês escolherem como prêmio, ok? São livros suficientes para agradar a todos os gostos, de editoras e gêneros variados. 

REGRAS:


1. Serão válidos apenas:
- Um comentário por post;
- Comentários feitos nas postagens de maio, exceto as promoções! (Cuidado, isso conta desde o 1º dia do mês e não a partir dessa postagem);
- Comentários com conteúdo. "Adorei a resenha", "Que legal" e etc. serão ignorados. REALMENTE VAMOS DESCLASSIFICAR AS PESSOAS. No mínimo, leia parte do post e, por favor, comente algo condizente com a resenha!

2. Você pode usar o Intense Debate, o Facebook ou ambos. Caso pretenda usar ambos (ou troque no meio do mês) e eles tenham nomes diferentes, não se esqueça de avisar.

3. Para participar você só precisa deixar um comentário nesse post com uma forma de contato (pode ser e-mail, twitter, etc.). A contagem final será feita por mim e só é necessário inscrever-se uma vez.

4. Os vencedores receberão pontos, baseado na quantidade de posts em que comentaram. Quem comentar em mais de 5 postagens receberá 1 ponto, quem comentar em mais de 20 receberá 2 e quem comentar em tudo (esquecendo, no máximo, 1 post), recebe 3. Sendo assim, quando formos sortear, se você recebeu 3 pontos, seu nome estará na lista 3 vezes. 

5. Será um vencedor, o qual terá direito a um livro da lista que será enviada por e-mail. Essa lista tem lançamentos bem recentes e livros mais antigos de diversas editoras. Caso nenhum livro interesse ao vencedor, pode ser oferecido outro prêmio.

6. Os inscritos tem até 02 de agosto para comentar. O resultado sairá no post do Top Comentarista do mês e na página de vencedores.

Boa sorte! Até mês que vem!

Saciando a Fome #129

Em pleno clima de maratona, estamos recebendo vários livros novos.


Imagem bem colorida! Os livros mais aguardados que chegaram essa semana foram A Lista (Cecelia Ahern - Novo Conceito), de uma autora que amamos, e Eu Te Darei o Sol (Jandy Nelson - Novo Conceito), que só recebeu ótimas críticas.
Dos livros contemporâneos, vieram também Apenas Um Ano (Gayle Forman - Novo Conceito), a continuação de Apenas Um Dia, que em breve terá resenha, Em Busca de Cinderela (Colleen Hoover - Galera Record), um conto da série Hopeless, Naomi e Ely e a Lista do Não Beijo (David Levithan e Rachel Cohn - Galera Record), outro livro de um autor já conhecido e Ela Não É Invisível (Marcus Sedwick - Galera Record), sobre o qual não sei muita coisa.
Por fim, chegou também uma ficção científica com alienígenas, Scanner (Walter Jury e Sarah Fine - Jangada), que espero que seja ótimo.

Resenha - A Cidade Murada

Resenha feita pela Tay!
Título: A Cidade Murada
Título Original: The Walled City
Livro Único.
Autor: Ryan Graudin
Editora: Seguinte
Páginas: 400
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva // Casas Bahia

SinopseA Cidade Murada é um terreno com ruas estreitas e sujas, onde vivem traficantes, assassinos e prostitutas. É também onde mora Dai, um garoto com um passado que o assombra. Para alcançar sua liberdade, ele terá de se envolver com a principal gangue e formar uma dupla com alguém que consiga fazer entregas de drogas muito rápido. Alguém como Jin, uma garota ágil e esperta que finge ser um menino para permanecer em segurança e procurar sua irmã. Mei Yee está mais perto do que ela imagina: presa num bordel, sonhando em fugir… até que Dai cruza seu caminho. Inspirado num lugar que existiu, este romance cheio de adrenalina acompanha três jovens unidos pelo destino numa tentativa desesperada de escapar desse labirinto.

A TramaA trama gira em torno de três personagens principais, com os três pontos de vistas e isso torna tudo ainda mais interessante, porque não "perdemos" nenhuma parte da história. É um livro que foi fácil pegar o ritmo, porque já começamos em uma cena onde Jin precisa escapar de uma gangue perigosa. O livro também conta com uma contagem regressiva (ex.: 18 dias... 16 dias...) que consegue deixar o leitor bem curioso para saber o motivo disso. São 400 páginas que eu li em menos de um dia e meio, porque a trama é contada de uma forma tão interessante que parar de ler se torna uma tarefa difícil, já que dá vontade de saber de tudo o mais rápido possível. Foi uma história bem diferente do que eu já li e adorei a novidade!

Resenha - Um Mundo Sem Príncipes

Resenha feita pela Luh!  
Título: Um Mundo Sem Príncipes
Título Original: A World Without Princes
Série: A Escola do Bem e do Mal
1- A Escola do Bem e do Mal (2014)
2- Um Mundo Sem Príncipes (2015)
3- The Last Ever After (2015 US)
Autor: Soman Chainani
Editora: Gutenberg
Páginas: 319
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Amazon

Melhor que o anterior.
Atenção: Essa resenha não contém spoilers (exceto na sinopse)

Sinopse: Nesta esperada continuação de A Escola do Bem e do Mal, as melhores amigas Sophie e Agatha estão de volta ao seu lar, em Gavaldon, para viver seu desejado final feliz, certas de que seus problemas terminaram. Mas a vida não é mais o conto de fadas que elas esperavam. Quando Agatha escolhe um fim diferente para sua história, ela acidentalmente reabre os portões da Escola do Bem e do Mal, e as meninas são levadas de volta para um mundo totalmente modificado. Agora, bruxas e princesas moram juntas na Escola para Meninas, na qual são inspiradas a viver uma vida sem príncipes. Tedros e os meninos estão acampados nas antigas Torres do Mal, onde os príncipes se aliaram aos vilões, e uma verdadeira guerra está se armando entre as duas escolas. O único jeito de Agatha e Sophie se salvarem é procurando restaurar a paz.

A Trama: Esse livro nos transporta novamente à Escola do Bem e do Mal, exceto que agora as duas metades da escola estão bem diferentes. Para quem desejar, essa continuação não é necessária na série, porém eu gostei.
Tive o mesmo dilema do livro anterior, em que a trama teve seus clichês enormes e mensagens forçadas, porém ao mesmo tempo foi fofa, conseguiu me prender e teve um final que eu gostei bastante. Alguns trechos são previsíveis, porém outros são absolutamente fofos.
O autor brinca com uma ideia de feminismo, porém de maneira quase cômica, invertendo de certa forma os papeis dos homens e mulheres. Apesar de eu não gostar de lições de moral "forçadas", a representação exagerada que foi utilizada me venceu no final.

Resenha - Os Príncipes Encantados Também Viram Sapos

Resenha feita pela Maay!  
Título: Os Príncipes Encantados Também Viram Sapos
Título Original: Los Príncipes Azules También Destiñen
Autora: Megan Maxwell
Editora: Suma de Letras
Páginas: 357
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Americanas // Saraiva

Para mim, não funcionou.


Sinopse: Um conto de fadas moderno e apaixonante que tem como cenário as ilhas paradisíacas do Havaí
Kate e Sam se conheceram muito jovens, durante férias de verão na Califórnia, e se apaixonaram à primeira vista. O amor entre eles supera o tempo e a distância e, ao terminarem a faculdade, ele a pede em casamento.
Os anos se passam e o casal parece ter construído a vida perfeita: eles têm uma carreira de sucesso, duas filhas lindas e ainda são apaixonados. Sam, que cresceu em um orfanato, conseguiu com Kate tudo o que sempre quis: uma grande família.  Até que um telefonema muda tudo...

A Trama: Me irrito com autores que desperdiçam tramas que tem potencial. E essa tem tinha. São poucos os livros que retratam o que ocorre depois do "e viveram felizes para sempre" dos contos de fadas, podia ser um livro bastante interessante e original, mas...
Lógico que o problema pode ter sido comigo e que você pode amar, só achei que a autora, por uma série de razões, não conseguiu desenvolver bem a história que criou.

Resenha - A Rainha Exilada

Resenha feita pela Luh!  
Título: A Rainha Exilada
Título Original: The Exiled Queen
Série: Os Sete Reinos
1- O Rei Demônio (2014)
2- A Rainha Exilada (2015)
3- O Trono Lobo Gris (2015)
4- A Coroa Escarlate (Final de 2015)
Autora: Cinda Williams Chima
Editora: Suma de Letras
Páginas: 456
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Amazon // Americanas

Ainda melhor que o anterior.
Atenção: Essa resenha não contém spoilers de O Rei Demônio (exceto na sinopse)!

Sinopse: Assombrado pela perda de sua mãe e irmã, a jornada de Han Alister rumo ao sul começa com seus estudos na Academia Mystwerk em Vau de Oden. Mas partir de Fells não significa que o perigo ficou para trás. Han é caçado a cada passo do caminho pelos Bayar, uma poderosa família de magos decidida a reaver o amuleto que Han roubou deles. E a Academia Mystwerk apresenta seus próprios perigos. Lá, Han conhece Corvo, um mago misterioso que concorda em ser seu tutor nas artes negras da feitiçaria – mas a barganha que eles fazem pode levar Han a se arrepender. Ao mesmo tempo, a princesa Raisa ana’Marianna foge de um casamento forçado em Fells, acompanhada de seu amigo Amon e seus cadetes. Agora o lugar mais seguro para Raisa é a Academia Wein, a academia militar de Vau de Oden.  

A Trama: Enquanto o primeiro livro foca em um só território, nesta trama os protagonistas exploram uma boa parte dos Sete Reinos e seus diferentes costumes. Adorei conhecer melhor o mundo criado pela autora e as enrascadas em que Han e Raisa se metem.
A trama tem uma divisão bem clara e a primeira metade trata de uma jornada que, apesar de ser intensa e ótima para a compreensão da trama, teve seus trechos mais lentos. Já a metade final adquire um ritmo envolvente que me deixou grudada nas páginas, louca para saber o que ia acontecer e morta de curiosidade ao chegar no final.