Resenha - À Espera de Romeu

Resenha feita pela Luh!
Título: À Espera de Romeu
Título Original: Darklight
Série: Nove Noites
1- Nove Noites e um Sonho de Outono (2014)
2- À Espera de Romeu (2016)
3- Tempestuous (2010 US)
Autora: Lesley Livingston
Editora: Gutenberg
Páginas: 304
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Amazon // Americanas

Atenção: Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores, exceto na sinopse.

Sinopse: Kelley ainda está aprendendo a lidar com o fato de que é a Princesa das Fadas e que possui magia em seu sangue. Ela só não esperava descobrir que, na verdade, o poder mais intenso e perigoso para qualquer ser, mortal ou imortal, é o amor. Depois de salvar o Reino Encantado da Caçada Selvagem, Kelley se vê novamente presa em Nova York, ensaiando a sua nova apresentação no teatro, a peça Romeu e Julieta, e sentindo a falta de Sonny. Sonny faz parte de uma força do reino mágico conhecida como Guardiões Janos, mortais que tinham sido raptados ainda bebês, em várias épocas e locais, e levados para viver no Reino encantado. Agora Sonny estava lá cumprindo seu papel, enfrentando o que restou da Caçada Selvagem e tentando controlar a temível Rainha Mabh. 
Até que, por acidente, Kelley retorna para o Outro Mundo e revê magia oculta retorna ao reino, e um novo inimigo, extremamente perigoso, está disposto a arriscar tudo para reivindicar o poder que acredita ter direito.

A Trama: Esse livro começa vários meses após o fim do primeiro volume, porém é fácil lembrar o que aconteceu e se situar na trama atual. Apesar de não ter prendido a minha atenção da maneira como eu gostaria, foi um livro bom. As cenas de luta foram criativas e interessantes, surgiram diversos mistérios que me deixaram curiosa e acontece tanta coisa nesse livro que ele parece ser muito maior.
A única parte do livro que não gostei foi o final. Há um drama totalmente desnecessário que não combinou com o ar leve e descontraído do resto da trama.

A Protagonista: Kelley amadureceu um pouco, mas não muito. Ela continua tomando decisões precipitadas às vezes, mas gosto da personalidade curiosa e determinada da garota. Amei especialmente as cenas dela com os Janos, Sonny, Maddox e Fenris, que geralmente me faziam rir.

Os Personagens Secundários: Os soldados Janos, mencionados acima, definitivamente mereciam o próprio livro. Eles roubavam a cena toda a vez que surgiam, especialmente quando estavam juntos, e foram a melhor parte do livro. Gostei muito também de conhecer mais do passado de alguns personagens misteriosos como Auberon e Mab.

Capa, Diagramação e Escrita: Como aconteceu no livro anterior, tanto o título quanto a capa escolhidos são muito melhores do que os originais (americanos) e estou encantada com as escolhas da editora. Sobre a diagramação interna, não sou uma grande fã de falas divididas por aspas, mas me acostumei, e gostei muito da fonte.
A escrita da Lesley melhorou um pouco em relação ao livro anterior, mas ainda precisa evoluir muito nas descrições para criar um livro empolgante de verdade.

ConcluindoA trama melhorou bastante e estou ansiosa pelo último livro, mas ainda está longe de ser perfeito. Vale a pena conhecer a trama, especialmente para quem gosta de releituras, contanto que você saiba medir as expectativas.


Classificação: