Resenha - O Risco

Resenha feita pela 
Título: O Risco
Título Original: The Dare
Série: 
The Bet
1 - A Aposta (2014)
2 - O Desafio (2015)
3 - O Risco (2015)
Autora: Rachel Van Dyken
Editora: Suma de Letras
Páginas: 296
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon

Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores.

Sinopse: Beth nunca fez nada de arriscado. De inconsequente. De divertido. Isso é, até acordar em um quarto de hotel ao lado de Jace, um senador sexy, que ela reencontrou em uma festa de casamento na noite anterior. O problema é que sua última lembrança da noite é estar na cama, abraçada a uma caixa de biscoitos, chorando copiosamente. E Jace também não se recorda de muito mais. Outro problema? Eles foram fotografados entrando juntos no hotel, e agora a mídia está em polvorosa, especulando quem é a misteriosa acompanhante do senador. Uma amiga? Uma antiga namorada? Uma... prostituta? O que deveria ser um encontro casual transforma-se em uma aventura de seis dias: a fim de que escapem do assédio dos repórteres, vovó Nadine os envia para um resort no Havaí. Para Beth, são seis dias de conto de fadas junto ao homem por quem é apaixonada desde a adolescência. Para Jace, são seis dias para esquecer as mágoas do passado e aprender que, às vezes, o amor exige atos de coragem.

A Trama: Jace e Beth passaram a noite juntos após o casamento de Char e Jake Titus, mas na manhã seguinte nem se lembram do que ocorreu. O maior problema é que Beth pode ter perdido sua virgindade essa noite e Jace é um senador popular e solteirão que é logo acusado de ter dormido com uma prostituta, embora Beth não seja, e isso pode manchar sua carreira. Na tentativa de voltar a suas vidas e desfazer toda confusão e mal entendido, eles se deparam com os planos da temível Vovó Nadine, obcecada em formar casais que já escolheu-os como as vítimas da vez. Os dois vão parar em uma ilha, numa programação para casais em lua de mel. Beth deseja curtir suas férias numa boa, enquanto Jace quer ir embora o mais rápido possível e fugir da possibilidade de se apaixonar e ter o coração partido novamente. A trama tem momentos bem surreais, como a Vovó Nadine conhecendo gente importante em todos os lugares e aparecendo sempre do nada, mas isso caiu bem no livro e combina com o tom bem humorado que ele tem.

Os Protagonistas: Jace e Beth vivem em clima de guerra e paz. O senador tem que proteger sua reputação, mas acaba machucando os sentimentos e o ego de Beth e isso gera conflitos até eles se resolverem de uma vez. Gostei dos personagens e torci por eles, acho que foi o meu casal favorito da trilogia.

Personagens Secundários: Vovó Nadine é a peça chave da trilogia e continua a surpreender nesse livro. Os casais dos livros anteriores aparecem bastante, mas isso não impede que O Risco seja lido separadamente ou que os três livros sejam lidos de forma aleatória.

Capa, Diagramação e Escrita: Sinceramente nenhuma das capas da trilogia fez sentido pra mim. A diagramação está boa e apesar de ser a trama mais "irreal", esse foi o livro em que mais gostei da escrita da autora e que mais gostei como um todo também.

Concluindo: Não há mais o que acrescentar, além de que O Risco é um romance bem levinho e divertido, mais tranquilo que os livros anteriores e mais recomendado que eles. Pode ser lido separadamente, mas se alguém pretender ler a trilogia completa, acho melhor ler na ordem de lançamento.
Quotes: 
As pessoas não costumavam se preocupar com meus sentimentos. Eu era um político, logo, não tinha sentimentos. Apenas opiniões com as quais apenas quarenta por cento de Oregon concordava.
                                 Classificação:
  
Classificação:
Classificação: