Resenha - Divina Vingança

Resenha feita pela Luh!  
Título: Divina Vingança
Título Original: Dark Triumph
Série: O Clã das Freiras Assassinas
1- Perdão Mortal (2015)
2- Divina Vingança (2016)
3- Mortal Heart (2014 US)
Autora: Robin LaFevers
Editora: V&R Brasil
Páginas: 392
Comprar: Curitiba // Amazon (ebook)

Esse livro é um presente para qualquer fã de assassinos e ficção histórica.
Nota: Essa resenha não tem spoilers do livro anterior. Além disso, não vou colocar a sinopse aqui. Acredite em mim, é mais legal não saber o que acontece na trama.

A Trama: Vou confessar que comecei o livro bem confusa. Ele se inicia logo antes do final de Perdão Mortal, porém do ponto de vista de Sybella, outra das assassinas do convento de São Mortain e há muita coisa que aconteceu com a garota desde que ela misteriosamente deixou o convento, seis meses atrás, mas logo comecei a entender a história.
Fiquei com genuína pena da protagonista, que passou por situações que são raras em livros de YA e são recomendadas somente para quem tem estômago forte, com espancamentos frequentes e outras cenas de cortar o coração. Entretanto, mais do que tudo, esse livro é extremamente real e me prendeu de uma forma única. É claro que a trama cobre um pouco da intriga política da época, mas é só um pano de fundo para a vida complicada e perigosa que Sybella leva.


A Protagonista: Não poderia ter gostado mais de Sybella. A garota, apesar de jovem, já teve mais experiências de vida que muita gente da época, fugindo de uma família cruel para se tornar uma assassina. Ainda assim, ela tenta conter a escuridão dentro de si e fazer o que é certo, mesmo que queira assassinar centenas de pessoas. É essa mistura de escuridão e redenção que torna a personagem tão fantástica.
Além disso, alguns dos momentos mais tocantes do livro são aqueles em que Sybella finalmente abaixa a guarda e fala sobre os horrores que já passou, e os que já infligiu em outros.

Os Personagens Secundários: Fera é... completamente inesperado. Um personagem que apareceu brevemente no livro anterior e conquistou meu coração tão rápido dessa vez que preciso aplaudir a genialidade da autora. Através das palavras de Sybella, é fácil compreender o homem por trás da "fera", o gentil e cavalheiro homem que ajuda qualquer um que atravessa seu caminho. Foi um personagem brilhante, tão rico e complexo que eu quase desejei que fosse ele a narrar o livro, mas gostei demais de Sybella como narradora.
Outros personagens surgem pelo caminho, alguns que merecem sorrisos, e no geral tanto os "vilões" quanto os aliados da protagonista foram criações magníficas, cada um singular à sua maneira.

Capa, Diagramação e Escrita: Apesar de não ter ainda a cópia finalizada, já posso aplaudir a capa linda criada pela editora e, especialmente, o título, que caiu como uma luva na trama e combina ainda mais que o original. Essa edição vem até com mapa!
A escrita da Robin é bem complicada a princípio, pois ela tenta ser historicamente correta e usar as mesmas palavras da época (razão pela qual não recomendo ler em inglês, a linguagem é complexa), porém a maneira como ela consegue entrar na mente da protagonista é simplesmente espetacular.

Concluindo: Vários momentos da trama me deixaram com o coração na mão, torcendo pela vitória da protagonista, e não sei se tenho força suficiente para passar por uma experiência dessas duas vezes, porque é uma verdadeira montanha-russa de emoções, mas amei e será um livro que lembrarei com carinho.
Se recomendo? Recomendo que você mude ele para o topo da lista, se ainda não o fez, pois não sabe o que está perdendo.

Classificação: