Resenha - Herdeira do Fogo

Resenha feita pela Luh!  
Título: Herdeira do Fogo
Título Original: Heir of Fire
Série: Trono de Vidro
1- Trono de Vidro (2013)
2- Coroa da Meia-Noite (2014)
3- A Herdeira do Fogo (2015)
4- Rainha das Sombras (2016)
Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 518
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Extra // Amazon

Não foi tão bom quanto o anterior, mas ainda assim foi ótimo.
Atenção: Essa resenha NÃO contém spoilers dos livros anteriores, exceto na sinopse.

Sinopse: Celaena Sardothien, é uma assassina a serviço de um rei tirânico, é uma fantasia épica repleta de ação, intriga e cenas de luta inesquecíveis. No terceiro livro da saga, Celaena ressurge das cinzas ainda mais forte e letal. E parte em uma jornada em busca de uma obscura verdade: uma informação sobre sua herança e seus antepassados que pode mudar sua vida e o futuro de dois reinos para sempre. Enquanto isso, forças sinistras começam a despontar no horizonte e têm planos malignos para dominar o seu mundo. Agora, depende de Celaena encontrar coragem para enfrentar tais perigos, além de seus próprios demônios, e fazer a escolha mais difícil da sua vida.

A Trama: Herdeira do Fogo é dividido em Parte Um e Parte Dois, e essa divisória definitivamente existiu, porque senti que a segunda parte foi infinitamente melhor que a primeira.
O início do livro foi lento, muitos personagens novos são apresentados e a autora decidiu dividir o livro em múltiplos pontos de vista (ao estilo Guerra dos Tronos), o que não ajudou muito, já que sempre que a trama começava a empolgar, o capítulo terminava e ia para o ponto de vista de outro personagem. Entretanto, assim que cheguei na metade do livro, lembrei por que gosto tanto dessa série. Ação, mortes, lutas, magia, romance, não faltou nada. Foi como se a segunda parte do livro inteiro tivesse passado em um piscar de olhos, me deixando boquiaberta no final. E que final glorioso.

A Protagonista: O que eu mais gostava sobre esse livro era Celaena. Sua personalidade sarcástica, confiante e fria sempre foi tão diferente das protagonistas normais que me conquistou. Entretanto, por boa parte do livro, Celaena não passou de uma garota chorona que só sabia reclamar. No final ela se redimiu, admito, voltando à sua origem e chutando a bunda de todos. Só espero que ela mantenha sua confiança no próximo livro.

Os Personagens Secundários: Ah, é aqui que a autora se superou. Enquanto eu não fui tão fã da protagonista, os personagens secundários novos me conquistaram. Manon é uma bruxa totalmente brutal que não tem relação com mais ninguém no livro, sua parte da trama é totalmente independente, mas eu amei a personagem e leria facilmente um livro focado nela. Rowen, um personagem cheio de mistério, também vai conquistar os leitores.
Alguns personagens que apareceram nos primeiros livros estavam meio monótonos para mim, mas no final tudo se revelou e compreendi que a autora estava fornecendo pequenas pistas para uma grande revelação.

Capa, Diagramação e Escrita: Sou muito fã dessas capas desenhadas, que parecem ser feitas sob medida para o livro (e provavelmente são). A escrita da Sarah continua maravilhosa, ela consegue trazer a história à vida, transformando-a em um filme que se passa apenas na mente do leitor. 

Concluindo: Apesar de o livro ter um ritmo mais lento que os outros, continuo amando essa série e estou muito ansiosa pela continuação, especialmente porque Herdeira do Fogo tem um final bombástico de deixar qualquer leitor agoniado pela continuação.


Classificação: