Resenha - A Profecia do Pássaro de Fogo

Resenha feita pela Luh!  
Título: A Profecia do Pássaro de Fogo
Título Original: Girl at Midnight
Série: A Profecia do Pássaro de Fogo
1- A Profecia do Pássaro de Fogo
2- The Shadow Hour (2016 US)
Autora: Melissa Grey
Editora: Seguinte
Páginas: 355
Saiba mais: Skoob
Comprar:  Extra // Amazon

Superou minhas expectativas!

Sinopse: No subterrâneo de lugares onde é muito difícil chegar, duas antigas raças travam uma guerra milenar: os Avicen, pessoas com penas no lugar de cabelos e pelos; e os Drakharin, que têm escamas sobre a pele. Ambas possuem magia correndo nas veias, o que os esconde de todos os humanos… menos de uma adolescente chamada Echo.
 Echo conheceu os Avicen quando era criança, e desde então eles são sua única família. A pedido de sua tutora, a garota começa uma jornada em busca do pássaro de fogo, uma entidade mítica que, segundo uma velha profecia, é a única forma de acabar com a guerra de vez. Mas Echo precisa encontrar o pássaro antes dos Drakharin, ou então os Avicen podem desaparecer para sempre…

A Trama: Echo é uma garota humana que mora em um ninho de Avicen, criaturas que parecem uma mistura de humano com pássaro e que vivem por centenas de anos. Ala, que é como uma mãe para Echo, dá uma missão muito importante para a garota: encontrar o pássaro de fogo, um objeto místico que, segundo as lendas, irá terminar a guerra entre os Avicen e os cruéis Drakharin.
Após muitas reviravoltas, alguns Avicen e Drakharin acabam tendo que trabalhar juntos, e é claro que Echo está envolvida nisso.
Eu adorei a trama, é cheia de mistério e aventura, mortes e até um pouco de romance. Tem tudo o que um fã de fantasia pode querer e fiquei muito satisfeita com o final, o livro tem um desfecho tão completo que pode até ser lido como livro único.

Os Protagonistas: Caius, o Príncipe Dragão, tem um sonho de encontrar o Pássaro de Fogo para conseguir a paz que tanto deseja para seu povo. Ele é um ótimo governante, justo e menos cruel do que a maior parte dos Drakharin. Ainda assim, há um lado obscuro de Caius e Dorian (seu capitão da guarda) que eu não esperava ver.
Echo é desbocada, faz o que quer e rouba das pessoas sem remorso algum. Obviamente, eu a amei. Ela tem algumas escolhas bem difíceis a fazer, mas confia em seus instintos e não tem medo de correr riscos, então eu admirei muito a personagem, especialmente no final do livro.

Os Personagens Secundários: Posso dizer que amei todos? Os personagens "malvados" eram realmente odiosos, e outros, como Jasper, não eram bons ou ruins, simplesmente estavam tentando sobreviver. Eu senti pena de Rowan, o namorado de Echo, porque ela estava perdidamente apaixonada por ele no início do livro, mas ele logo foi esquecido. Gostei muito de Ivy, que parecia ser uma amiga ela, e da misteriosa Ala.

Capa, Diagramação e Escrita: Não sou uma grande fã dessa capa, tenho que confessar. Não tem nada de errado com ela, e é igual à original, mas o roxo e aquele desenho não me agradaram. Gostei muito, por outro lado, da fonte da capa e da diagramação interna.
A escrita da Melissa é a melhor parte do livro. Ela consegue ser envolvente, poética e ao mesmo tempo muito fácil, o tipo de escrita que prende o leitor desde o início. Além disso, as descrições dela e os diálogos entre os protagonistas eram de deixar qualquer um suspirando de contentamento.

Concluindo: Eu não esperava gostar tanto do livro, mas os personagens realmente me ganharam. Não sei como será a continuação, já que esse livro teve um final bem claro, mas estou louca para descobrir.


Classificação: