Resenha - A Caderneta Vermelha


Resenha feita pela Maay!  
Título: A Caderneta Vermelha
Título Original: La Femme au carnet rouge
Livro Único.
Autor: Antoine Laurain
Editora: Alfaguara
Páginas: 135
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Livraria Cultura // Saraiva // Amazon

Uma comédia romântica, em Paris!!!


Sinopse: Caminhando pelas ruas de Paris em uma manhã tranquila, o livreiro Laurent Letellier encontra uma bolsa feminina abandonada. Não há nada em seu interior que indique a quem ela pertence — nenhum documento, endereço, celular ou informações de contato. A bolsa contém, no entanto, uma série de outros objetos. Entre eles, uma curiosa caderneta vermelha repleta de anotações, ideias e pensamentos que revelam a Laurent uma pessoa que ele certamente adoraria conhecer. Decidido a encontrar a dona da bolsa, mas tendo à sua disposição pouquíssimas pistas que possam ajudá-lo, Laurent se vê diante de um dilema: como encontrar uma mulher, cujo nome ele desconhece, em uma cidade de milhões de habitantes?

A Trama: Juro para vocês que quebrei minha cabeça buscando algo sobre a trama para acrescentar à sinopse, mas ela é bastante completa e não me sobrou nada. Enfim, romance e Paris combinam muito, não tinha como resultar em uma história ruim. 

Os Protagonistas: Em poucas páginas não foi possível conhecer Lauren e Laurent tão bem, mas ambos me cativaram muitoAgora, um pequeno detalhe: Laurent é um livreiro, então isso já foi meio caminho para que eu gostasse dele. 

Personagens SecundáriosComo o número de páginas é pequeno, é difícil conhecer a fundo os personagens secundários. Gostei muito de Chlóe. Uma adolescente como ela provavelmente será uma adulta insuportável, mas, como personagem, ela deu um ar divertido e irreverente à trama. 

Capa, Diagramação e Escrita: A capa é simples, mas as cores lhe dão um toque especial. A mesma simplicidade vemos no interior do livro, os capítulos não são numerados e não há nenhum detalhe nas páginas. 
A escrita do autor é bonita e delicada. Como se toda a simplicidade - da capa, diagramação e história - estivesse ali para valorizarmos anda mais a poesia que as palavras carregam a cada página, explodindo em um final maravilhosamente escrito
Meu único problema foi o fato de que as falas não são marcadas, elas estão no meio do texto, sem indicação alguma e, em alguns momentos, isso tornou a leitura mais truncada.

ConcluindoEsse livro é uma mistura de Cartas para Julieta e Enquanto Você Dormia. É curto, leve, a leitura é tranquila e não exige muito do leitor. Aquele tipo de história que a gente lê durante uma viagem ou em uma tarde tediosa. Não vai mudar a sua vida, mas não é por isso que deixa de valer a pena. 


Quotes:
Como se podia desaparecer tão facilmente da vida de alguém? Talvez com a mesma facilidade, em suma, com que se entrava. Um acaso, palavras trocadas, e é o início de uma relação. Um acaso, palavras trocadas, e é o fim dessa mesma relação. 

Classificação: