Resenha - Chapeuzinho Esfarrapado

Resenha feita pela 
Título: Chapeuzinho Esfarrapado
Título Original: Tatterhood and Other Tales
Livro Único.
Autor: Vários autores
Editora: Seguinte
Páginas: 248
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon

SinopseQuem disse que as mulheres nos contos de fadas são sempre donzelas indefesas, esperando para ser salvas pelo príncipe encantado? Esta coletânea reúne narrativas folclóricas do mundo inteiro — do Peru à África do Sul, da Escócia ao Japão — em que as mulheres são as heroínas das histórias e vencem os desafios com esforço, coragem e muita inteligência. Este livro é para todo mundo que não se identifica com as princesas típicas dos contos de fadas. É para garotas e garotos, para que todos possam aprender que as maiores virtudes de um herói não são exclusivas a um só gênero. Enriquecida com textos de apoio e ilustrações modernas, esta edição é uma fonte inestimável de heroínas multiculturais — e indispensável para qualquer estante.

A Trama: O livro traz 25 contos ao todo, mas não vou falar sobre cada um pois seria cansativo para nós. No geral eles seguem um padrão. Os contos são comuns, folclóricos e o diferencial da coletânea é que colocam a mulher como protagonista ou heroína. A maioria são lendas sobre a criação de fenômenos e seres da natureza, mas os temas variam entre romance, família, estratégia, entre outros. Após cada conto há uma pequena explicação sobre onde, quando e porque foi originado. É um livro para todos que gostam desse estilo de contos (folclóricos/indígenas), independente de ser feminista ou não. 

Capa, Diagramação e Escrita: Amei absolutamente a capa, achei fofa e adorei as cores. As páginas são brancas, mas são grossas, então só se sente isso atrapalhar no sol por causa do reflexo mesmo. O livro foi originalmente lançado há anos e relançado recentemente com o prefácio da autora Gayle Forman. Essa edição da Seguinte conta com ilustrações fofíssimas em algumas páginas no decorrer do livro também.

ConcluindoNo geral gostei dos contos, eles  entretêm e são uma boa leitura.. Em alguns, homens até exercem papeis importantes, mas se nota como quiseram exaltar o feminismo com eles pela grande representatividade feminina em todos. Porém, como volto a repetir, a leitura é indicada  e adequada para quem quiser ler, independente de gênero ou opinião.
Classificação: