Resenha - Lobo Por Lobo

Resenha feita pela Tay!
Título: Lobo Por Lobo

Título Original: Wolf By Wolf
Série: Lobo Por Lobo
1- Lobo Por Lobo
1.5- Iron To Iron (2016 US)
2- Blood For Blood  (2016 US)
Autor: Ryan Graudin
Editora: Seguinte
Páginas: 360
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: 
Amazon // Saraiva // Submarino

Quem nunca se perguntou como seria o mundo se Hitler tivesse vencido a Segunda Guerra Mundial?

Sinopse
O Eixo ganhou a Segunda Guerra Mundial, e a Alemanha e o Japão estão no comando. Para comemorar a Grande Vitória, todo ano eles organizam o Tour do Eixo: uma corrida de motocicletas através das antigas Europa e Ásia. O vencedor, além de fama e dinheiro, ganha um encontro com o recluso Adolf Hitler durante o Baile da Vitória. Yael é uma adolescente que fugiu de um campo de concentração, e os cinco lobos tatuados em seu braço são um lembrete das pessoas queridas que perdeu. Agora ela faz parte da resistência e tem uma missão: ganhar a corrida e matar Hitler. Mas será que Yael terá o sangue frio necessário para permanecer fiel à missão?

A Trama: Yael tem uma missão: matar Hitler no Baile da Vitória após ganhar o Tour do Eixo. Para isso, ela precisa tomar a identidade de Adele Wolfe, a vencedora do Tour do ano anterior. A trama é bem interessante e foi bem feita pela autora. As intercalações entre presente e passado também foram bem mescladas, fazendo com que fossemos conhecendo a protagonista aos poucos, empatizando com tudo pelo que passou quando era apenas uma criança e como isso a tornou mais forte e a juntou à resistência. As cenas da corrida conseguem ser bem emocionantes em alguns momentos, mas ainda faltou alguma coisa para me agradarem completamente. De qualquer forma, a trama mantém o leitor interessado até o final e com aquele gostinho do "e se..." na boca.

A ProtagonistaEu gostei bastante de Yael como protagonista, ela consegue ser decidida, focada e forte, mesmo que essas características falhem em alguns momentos e isso tenha me incomodado um pouco. Sua missão não é nada fácil, mas ela não hesita em arriscar a própria vida pela causa em que acredita, principalmente por ter passado anos de tortura servindo como cobaia para um médico louco que queria criar a solução perfeita para transformar todos em perfeitos arianos. E o efeito que esses testes teve em Yael é crucial para sua missão. 

Personagens Secundários: Luka Löwe e Felix Wolfe são personagens bem interessantes, que compartilham segredos com Adele que poderiam comprometer a missão de Yael. Descobrimos algumas coisas ao longo da trama, mas a autora conseguiu deixar um mistério pairando, fazendo com que eu fique curiosa para ler o próximo livro e descobrir mais sobre esses personagens. Sobre os outros corredores, apesar da ameaça que alguns deles impõem, não são profundamente explorados na trama. Eu queria saber mais principalmente de Ryoko, que pareceu ser bem amigável.


Capa, Diagramação e Escrita: Eu gosto bastante da capa brasileira, principalmente de como está o título. A diagramação está bem confortável para leitura e não notei nenhum erro de revisão, pelo menos nenhum que fosse terrível ao ponto de eu lembrar. A narrativa em terceira pessoa de Ryan Graudin é deliciosa. Apesar de eu ter tido um pouco de dificuldade em me conectar com a protagonista, a autora consegue passar bem seus sentimentos, suas dúvidas, etc. A atmosfera de um mundo comandado por Adolf Hitler também foi bem introduzida: o medo espalhado, as conspirações sussurradas, a vontade de vários em mudar essa situação. Já li outro livro da autora, A Cidade Murada, e a escrita em Lobo Por Lobo é tão boa quanto.

ConcluindoEu gostei bastante da trama, das questões levantadas e da adrenalina que deu o final (apesar dele não ser exatamente inesperado). Ainda faltou algo para o livro me conquistar completamente, mesmo assim fiquei curiosa para ler o próximo volume. Fica a recomendação.

Quotes:
(...) As únicas pessoas desesperadas o bastante para atuar sob a lua e as trevas pesadas eram os conspiradores da resistência, os salafrários do mercado negro e os judeus disfarçados.
Yael era as três coisas.


Ainda havia beleza no mundo. E valia a pena lutar por ela.

Classificação: