Pilha de Leitura da Tay #20

Eu demorei séculos para conseguir concluir essa pilha, mas estava com uma ressaca literária desde o início do ano, então estou perdoada (espero).

A Última Pilha: 



Comecei a pilha lendo O Aprendiz, uma fantasia que gostei, mas espero que o autor consiga evoluir melhor o protagonista no próximo volume. And Then There Were None (E Não Sobrou Nenhum no Brasil - li no Kindle, por isso não está de fato na pilha) é o livro da Agatha Christie que mais gostei até agora, embora nenhum tenha me dado aquela sensação de ter sido pega de surpresa. Revival é um ótimo livro do King, mas outros leitores me deixaram com as expectativas muito altas, principalmente para o final, e isso acabou me decepcionando um pouco, porque não achei tão incrível assim. Proibido ainda é um livro que me faz pensar bastante, o que o torna cada dia mais especial para mim. É um daqueles livros que levanta muitas questões sociais e nos faz realmente refletir. Nova Ordem foi uma boa sequência e me deixou curiosa para saber como a trilogia irá terminar. Morte no Nilo é outro livro da Agatha (que tem uma edição maravilhosa, por sinal), mas esse não me deixou de nenhuma forma surpresa, consegui desvendar o mistério bem no início da história. Hugo & Rose também foi um bom livro, apesar de eu esperar algo diferente. Do Que é Feita Uma Garota foi um sacrifício para ler. Demorei muito tempo para conseguir pegar o ritmo da história (e isso aconteceu lá pelas últimas 150 páginas) e a protagonista me irritou profundamente em vários momentos.
O Pior da Pilha: Do que é Feita Uma Garota, por razões óbvias.
O Melhor da Pilha: Proibido, porque ainda mexe muito comigo.

Resenha - Do Que é Feita Uma Garota

Resenha feita pela Tay!
Título: Do Que é Feita Uma Garota

Título Original: How To Build a Girl
Livro Único.
Autor: Caitlin Moran
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 390
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon


Sinopse
Imagine a voz de Sylvia Plath em Grease, com trilha de My Bloody Valentine e Velvet Underground. Um romance de formação hilário, sobre como é difícil se tornar alguém. “Wolverhampton, em 1990, parece uma cidade a que algo terrível aconteceu.” Talvez tenha acontecido de fato. Talvez seja Margaret Thatcher, talvez seja a vergonha que Johanna Morrigan passou num programa da TV local aos catorze anos. Nossa protagonista decide então se reinventar como Dolly Wilde — heroína gótica, loquaz e Aventureira do Sexo, que salvará a família da pobreza com sua literatura. Aos 16 anos, ela está fumando, bebendo, trabalhando para um fanzine de música, escrevendo cartas pornográficas para rock stars, transando com todo tipo de homem e ganhando por cada palavra que escreve para destruir uma banda. Mas e se Johanna tiver feito Dolly com as peças erradas? Será que uma caixa de discos e uma parede de pôsteres bastam para se fazer uma garota? 

A Trama: Esse é um livro de formação, onde acompanhamos a protagonista se descobrir ao longo da trama, cometendo erros e acertos. A história demorou muito para começar a fluir para mim, principalmente por eu achar meio entediantes algumas coisas que estavam acontecendo. Quando terminei o livro, fiquei mais feliz por ter concluído a leitura do que por ter gostado realmente da história. Não me entendam mal, não é um livro de todo ruim, só não conseguiu me ganhar.

Resenha - Coroa Cruel

Resenha feita pela Luh!  
Título: Coroa Cruel
Título Original: Cruel Crown
Série: A Rainha Vermelha
1- A Rainha Vermelha (2015)
1.5 - Coroa Cruel (2016)
2- Espada de Vidro (2016)
Autor: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
Páginas: 232
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Americanas

Indispensável!

Sinopse: Duas mulheres - uma vermelha e uma prateada - contam sua história e revelam seus segredos. Em “Canção da rainha”, você terá acesso ao diário da nobre prateada Coriane Jacos, que se torna a primeira esposa do rei Tiberias VI e dá à luz o príncipe herdeiro, Cal - tudo isso enquanto luta para sobreviver em meio às intrigas da corte. Já em “Cicatrizes de aço”, você terá uma visão de dentro da Guarda Escarlate a partir da perspectiva de Diana Farley, uma das líderes da rebelião vermelha, que tenta expandir o movimento para Norta - e acaba encontrando Mare Barrow pelo caminho.

Capa, Diagramação e Escrita: Comecei pelo "final" porque esse livro é um pouco diferente. Um livro "extra" da série A Rainha Vermelha, Coroa Cruel traz dois contos, Canção da Rainha e Cicatrizes de Aço, cada um sobre uma pessoa diferente. Além disso, há um trecho de Espada de Vidro, continuação de A Rainha Vermelha, e um mapa lindo e muito útil!
A capa de Coroa Cruel pode ser maravilhosa, mas o livro é ainda mais bonito por dentro, com várias fontes diferentes ao longo dos contos, o mapa e até um marcador destacável para garantir que todos tenham um marcador combinando.
Apesar de a maior parte das tramas se passar antes dos eventos em A Rainha Vermelha, Coroa Cruel deve ser lido após o primeiro livro, pois o segundo conto contém spoilers.

Canção da Rainha: Esse foi meu conto favorito dos dois. A trama se passa muitos anos antes do início de A Rainha Vermelha e segue Coriane, a mãe de Cal, desde que ela era ainda uma adolescente em uma família nobre que ficava mais pobre a cada dia. Eu me apaixonei pela protagonista, fiquei muito triste por ela não participar dos outros livros, porque sinto que ela seria uma das minhas personagens prediletas. Fiquei bem surpresa com o final e amei o conto todo, apesar de ele não ter muita ligação com os outros livros, exceto para conhecermos um pouquinho mais de Elara, que também é uma personagem importante aqui (e ainda mais cruel, se possível).

Terça do Top #106

Top 10 Trilhas Sonoras Para Livros



Já que faz um bom tempo que não temos uma terça do top, pensei em um tema que acredito que todos vão adorar: músicas que combinam perfeitamente com algum livro, personagem ou casal. Escolhi apenas algumas, então pode ser que esse tópico tenha uma continuação no futuro, mas por enquanto é isso!


We Are Young - Fun.
O ar jovem e descontraído dessa música me faz pensar imediatamente na série Garota <3 Garoto, que tem o mesmo estilo.

I Lived - OneRepublic
Quem já leu Como Eu Era Antes de Você e passou pelas várias mudanças no casal de protagonistas vai entender como essa música foi feita para eles.

Resenha - Hugo & Rose

Resenha feita pela Tay!
Título: Hugo & Rose

Título Original: Hugo & Rose
Livro Único.
Autor: Bridget Foley
Editora: Agir
Páginas: 368
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon


Sinopse
Rose é uma dona de casa como outra qualquer — exceto em seus sonhos. Desde criança ela sonha com a mesma ilha e o mesmo amigo imaginário: um menino corajoso e divertido chamado Hugo. Esses sonhos são tão incríveis que, mesmo depois de adulta e casada, ela usa as maravilhosas aventuras noturnas de Hugo e Rose para acalentar seus filhos na hora de dormir. Todas as noites Rose escapa da monotonia de sua vida cotidiana para se tornar uma versão melhor de si mesma. Até que um dia Rose esbarra com Hugo na vida real. De repente nada mais parece igual. Eis um homem que realmente a conhece, que cresceu com ela. mesmo que nenhum dos dois seja exatamente como nos sonhos do outro. O encontro acidental faz com que a cabeça de Rose seja tomada por uma cascada de dúvidas, mentiras e uma obsessão perigosa que ameaça destruir tudo o que Rose construiu na vida real. Apesar de tentada a abandonar tudo para tentar entender essa conexão extraordinária, Rose se pergunta se Hugo é na vida real o mesmo homem que em seus sonhos. Ou será que no fim esses eventos extraordinários vão acabar ajudando Rose a desvendar quem ela realmente quer ser?

A Trama: Hugo e Rose se conhecem a quase 30 anos, desde que ela sofreu um acidente quando tentava aprender a andar de bicicleta. Mas isso é apenas no mundo dos sonhos, onde Rose acredita que ele é apenas um amigo imaginário que a acompanha desde então para ajudá-la a enfrentar os problemas de sua vida, toda noite indo para uma ilha de fantasia, onde precisam derrotar monstros e tentar chegar numa cidade e salvar pessoas. Até que um dia Rose jura ter visto Hugo na vida real, e a partir daí várias dúvidas e uma estranha obsessão começam a fazer parte da sua vida.
A trama do livro se foca bastante nessa nova descoberta de Rose, a possibilidade de Hugo ser alguém de verdade. Mesmo contando o dia a dia dos personagens, intercalando com os sonhos fantásticos, a autora conseguiu deixar a história bem interessante e o leitor com vontade de descobrir como aquilo poderia ser verdade.  

Pilha de Leitura da Luh #29

Essa pilha levou menos de um mês! Falei que eu ia ser rápida.
Se você não conhece a Pilha de Leitura, é uma coluna em que nós vamos falar um pouquinho sobre os próximos livros que pretendemos ler, como está indo nosso ritmo, quais livros gostamos, e quais não, e muito mais. Ao clicar nos títulos da primeira seção, você vai para as resenhas, e da segunda, para a página do livro no Skoob.

A Última Pilha:

Eu sei que a imagem não está com a melhor qualidade, mas o importante é que eu li bastante! Essa pilha teve seus altos e baixos, então vamos começar pelos "baixos". O Substituto foi quase um sonífero, não sei o que aconteceu com a Philippa Gregory, mas essa trama foi muito monótona. Perdidos Por Aí não foi muito melhor, eu gostei de algumas partes, mas no geral foi meio estranho. Sorria, Você está Sendo Iluminado foi interessante, só achei um pouquinho religioso demais. Completando essa lista, Beleza Cruel tinha uma protagonista bem diferente que não funcionou pra mim, mas a trama foi ótima.
Agora, para os livros que adorei, meu predileto foi Para Todos os Garotos Que Já Amei, me surpreendeu demais. The Truth About Forever também foi super fofo, estou louca por mais livros da Sarah Dessen. Finalmente, terminando com livros repletos de ação, Sonhos com Deuses e Monstros foi uma finalização perfeita pra uma das  minhas trilogias favoritas e Espada de Vidro me deixou muito ansiosa pela continuação.
O Pior da Pilha: O Substituto. Monges e freiras simplesmente não deu certo.
O Melhor da Pilha: Para Todos os Garotos Que Já Amei, fofíssimo e lindo.

Resenha - Beleza Cruel

Resenha feita pela Luh!  
Título: Beleza Cruel
Título Original: Cruel Beauty
Livro Único
Autora: Rosamun Hodge
Editora: Novo Século
Páginas: 312
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Saraiva

Uma fantasia diferente.

Sinopse: Desde o nascimento, Nyx estava prometida em casamento a Lorde Gentil, o perverso governante de Arcádia – tudo por causa de uma irrefletida barganha do pai dela. E, desde então, ela tem sido treinada para matar o soberano. Obrigada a obedecer ao cruel acordo e sentindo-se traída por sua família, Nyx luta contra seu destino. Entretanto, em seu 17o aniversário, ela abandona tudo aquilo que conhece para se casar com o todo-poderoso e imortal Lorde Gentil. O plano dela? Seduzi-lo, desarmá-lo e quebrar a maldição de 900 anos que ele lançou contra seu povo. Mas ele não é o que Nyx esperava. O enigmático charme do Lorde a seduz, e seu castelo – um inconstante labirinto de salas mágicas – a encanta. Enquanto Nyx procura um meio de libertar sua terra revelando os segredos de seu esposo, encontra-se inevitavelmente atraída por ele. Mas como ela pode amar seu inimigo e recusar o dever de matá-lo? Inspirado no clássico conto de fadas A Bela e a Fera , Beleza cruel é uma deslumbrante história de amor sobre como nossos desejos mais profundos podem mudar nosso destino.

A Trama: Apesar de Beleza Cruel ser uma releitura de A Bela e a Fera, ele tem uma trama um pouco imprevisível e repleta de reviravoltas.
Nyx, a protagonista, é uma garota cheia de ódio e ressentimento que tem como objetivo de vida matar o monstro de governa sua região. Para isso, ela se casa com tal monstro, mais conhecido como Lorde Gentil (apelido sarcástico, com certeza), e planeja mil maneiras de matá-lo.
Eu gostei da maneira como o suspense foi se revelando aos pouquinhos, o castelo de Lorde Gentil é cheio de passagens secretas e significados ocultos. A trama começa em um ritmo lento e introdutório, porém amei o desenvolvimento, enquanto Nyx vai explorando os segredos por trás do monstro e descobrindo que nem tudo é o que parece. Entretanto, não gostei nem um pouco do final, acho que a conclusão do livro foi bem estranha, a explicação para tudo o que aconteceu ficou confusa.
Ainda assim, a parte do romance é absolutamente maravilhosa.

A Protagonista: Nyx foi uma personagem difícil de engolir. Ela realmente não era uma pessoa incompreendida ou "boazinha no fundo". Nyx poderia, em outras circunstâncias, ter sido uma vilã, tamanho o seu ódio. Ela tinha raiva da irmã, que parecia ser a pessoa mais doce do mundo, do pai, do Lorde e do mundo em geral. Ainda assim, a protagonista tinha algumas qualidades interessantes, sendo extremamente corajosa, dona de um humor sarcástico e independência invejável. Porém, mais do que tudo, ela acreditava ter um "coração negro" e essa foi a característica que realmente a definiu por boa parte do livro.

Os Personagens Secundários: O Lorde Gentil era suspense embrulhado em mistério escondido em um enigma. Em outras palavras, toda vez que eu pensava que estava começando a entendê-lo, ele revirava tudo.
A irmã de Nyx parecia ser uma ótima personagem, apesar de superficial, assim como seu pai. Escuridão foi um daqueles personagens que você já sabe que não vai gostar na primeira frase, e de fato segui "aturando-o" até o fim.

Capa, Diagramação e Escrita: Esse livro é tão lindo por fora quanto por dentro. A capa e a diagramação são maravilhosas e acho que o compraria de qualquer maneira só pra ficar olhando pra ele.
A escrita da Rosamund é boa, especialmente considerando que esse é seu primeiro livro, e seus personagens são complexos e interessantes, mas a trama tem muito a melhorar. Tive a sensação de que ela não sabia como resolver os conflitos criados e acabou usando fantasia e algumas coisas bem inacreditáveis para resolver tudo.).

Concluindo: Foi um livro bem interessante e uma releitura fofa. Ele poderia ser melhor, mas ainda gostei bastante e não me arrependo de ter lido, especialmente porque não é todo dia que me deparo com uma protagonista com instintos assassinos.


Quotes:
Vou comprar sua morte com a minha, eu juro.

Classificação:


Saciando a Fome #143

Vamos conferir o que chegou nos últimos dias? Com uma convidada especial!

Ok, demoramos um pouquinho para mostrar os livros, então dois deles já tem até resenha. O Substituto (Philippa Gregory - Galera Record) tem uma capa linda com fonte dourada, mas não gostei tanto da trama. Sorria, Você Está Sendo Iluminado (Felipe Guga - Galera Record) é um livro repleto de ilustrações, bem fofo.
Sob a Luz dos Seus Olhos (Chris Melo - Fábrica 231) é uma reedição e parece ser interessante, mas o livro mais legal da foto é A Garota Dinamarquesa (David Ebershoff - Fábrica 231), que virou filme e estreia nos cinemas muito em breve.


Ok, vocês podem não conseguir ver as capas tão bem, mas tivemos uma invasão na hora das fotos.
Destinado (Carina Rissi - Verus) é a continuação de uma série popular da Carina Rissi, Beleza Cruel (Rosamund Hodge - Novo Século) é uma releitura de A Bela e a Fera que já li e achei fofo, e Espada de Vidro (Victoria Aveyard - Seguinte) é uma prova de livro que li assim que chegou porque é a continuação de um dos meus livros favoritos!

Resenha - Espada de Vidro

Resenha feita pela Luh!  

Título: Espada de Vidro
Título Original: Glass Sword
Série: A Rainha Vermelha
1- A Rainha Vermelha (2015)
1.5 - Coroa Cruel (2016)
2- Espada de Vidro (2016)
Autor: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
Páginas: 496
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Saraiva

Melhor ainda.
Atenção: Essa resenha não tem spoilers do primeiro livro, exceto na sinopse.

Sinopse: O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.
Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.

A Trama: O início do livro já dá indícios de como a trama será: no segundo capítulo, em menos de 20 páginas, a autora conseguiu criar um ar de perigo iminente que se mantém até o fim.
A trama é tudo o que eu poderia esperar, com um pouquinho de romance (envolvendo os personagens mais inusitados), poderes especiais, personagens novos maravilhosos e um final que eu realmente não estava preparada para conhecer. Há mortes de personagens muito importantes, tantas traições que perdi as contas e cenários maravilhosos e muito diferentes. 
Só espero que no próximo livro a frase "todo mundo pode trair todo mundo" não apareça mais, porque ela foi repetida uma dúzia de vezes ao longo do livro, ao ponto de ficar extremamente repetitiva.

A Protagonista: Mare é uma pessoa bem difícil de entender. Ela se tornou uma garota muito sombria, que pensa com frequência na própria morte e questiona as próprias decisões o tempo todo. Porém, acredito que isso a torna ainda mais realista, pois ninguém é confiante o tempo inteiro. Gostei muito dos defeitos da personagem e compreendi todos os seus dilemas, especialmente seus sentimentos em relação a Maven. Só achei as interações dela com Cal um pouco estranhas, muitas vezes eu não sabia mais o que estava acontecendo entre os dois.

Os Personagens Secundários: Gostaria que os "vilões" tivessem recebido mais espaço nesse volume, já que mal apareceram e foram meus personagens prediletos no livro anterior. Entretanto, a quantidade de pessoas novas e maravilhosas que são apresentadas compensou completamente. Cameron, Jon, Nanny, foram tantas pessoas novas que não consigo escolher uma predileta. Alguns tem personalidades difíceis, do tipo "durão que na verdade tem o coração mole", outros são simplesmente tão amáveis que é impossível não torcer por eles.

Capa, Diagramação e Escrita: As capas dessa série estão entre minhas 10 prediletas, de tão lindas que são. Honestamente não sei se gosto mais dessa ou da capa de A Rainha Vermelha, mas ambas são belíssimas. A diagramação também está ótima, com uma fonte boa e algumas frases em itálico simbolizando pensamentos da protagonista.
A escrita da Victoria melhorou bastante, as descrições estão vívidas e os diálogos parecem fluir. Além disso, ela conseguiu acertar no ritmo do livro, com cenas mais agitadas que todos adoram e algumas cenas mais calmas para que o leitor tenha tempo de conhecer os personagens (antes de ela matá-los).

Concluindo: Acho que gostei mais do primeiro livro, mas continua sendo uma série eletrizante, que entrou para as minhas favoritas e não me canso de recomendar.
Quotes:
Com aquele único gesto, ele mudou meu futuro e destruiu o próprio.

Um dia ele vai partir ou morrer ou me trair como tantos outros já fizeram. Um dia, ele vai me magoar. 

Classificação:


Resenha - Nova Ordem

Resenha feita pela Tay!
Título: Nova Ordem

Título Original: The New Order
Série: Mundo Novo
1- Mundo Novo (2014)
2- Nova Ordem
3- Sem título
Autor: Chris Weitz
Editora: Seguinte
Páginas: 266
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon


Atenção: Essa resenha não contém spoilers do livro anterior, exceto na sinopse.

Sinopse
Jefferson, Donna e seus amigos descobriram que os adolescentes não são os únicos que sobreviveram ao vírus e, em meio ao caos do resgate da Marinha, eles se separam. Jefferson volta para Nova York e tenta levar a Cura para a tribo da Washington Square, enquanto Donna vai parar na Inglaterra, onde se depara com um mundo pós-Ocorrido inimaginável. Mas um desastre ainda maior que a Doença está prestes a acontecer, e Donna e Jefferson só poderão evitá-lo se acharem o caminho de volta um para o outro.

A TramaJá no início de Nova Ordem, temos as respostas para o que aconteceu no final de Mundo Novo. O livro é voltado mais para a parte política dos acontecimentos, o que resulta em algumas partes monótonas, mas outras bem interessantes. De qualquer forma, o livro só engrenou mesmo para mim depois da metade e eu gostei muito de praticamente tudo, das ações, das consequências e, principalmente, do cliffhanger no final, que me deixou bem curiosa para ler o último volume da trilogia. 

Resenha - Para Todos os Garotos Que Já Amei

Resenha feita pela Luh!  
Título: Para Todos os Garotos Que Já Amei
Título Original: To All the Boys I've Loved Before
Série: Para Todos os Garotos Que Já Amei
1 - Para Todos os Garotos Que Já Amei (2015)
2 - PS: Ainda Amo Você (2016)
Autora: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Extra // Submarino

Esse livro é uma prova de que contemporâneos podem ser perfeitos.

Sinopse: Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou - cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.
Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

A Trama: Sabe quando você pega um livro sem esperar muito, só querendo se divertir um pouquinho, e ele totalmente te surpreende sendo extraordinário? Foi exatamente o que aconteceu aqui.
Para Todos os Garotos (abreviando) é um livro totalmente original. Amei a premissa das cartas de amor que são enviadas sem querer, fiquei rindo só de imaginar o desespero da protagonista, mas a genialidade do livro vai muito além disso. Ele quebra muitos clichês, começando pela protagonista, uma coreana baixinha com o nome de Lara Jean que usa pouca maquiagem e é uma garota normal, com uma família ótima.
Eu me surpreendi um pouco com o rumo que a história tomou, especialmente no final, e amei que não fosse uma trama previsível. Além disso, esse livro pode ser lido facilmente como um livro único, mas acho muito difícil alguém não implorar por mais.

Lançamentos de Fevereiro #1

Oi, gente! Eu sei que fiquei janeiro todo sem postar os lançamentos, mas vamos tentar voltar a normalidade por aqui. Hoje veremos, então, os lançamentos internacionais para esse mês. Desculpem-me por não traduzir as sinopses dessa vez, mas se vocês clicarem nas capas conseguem ir para as páginas dos livros no Goodreads.

   
   
   
   
  

Temos muita fantasia sendo lançada esse mês, como sempre. Como continuações: Glass Sword, segundo volume de A Rainha Vermelha, que também será lançado pela Seguinte esse mês; Morning Star, terceiro volume da trilogia Fúria Vermelha; Stars Above, um livro de contos da série As Crônicas Lunares; A Gathering of Shadows, continuação de Um Tom Mais Escuro de Magia; Remembrance, 7º volume da série A Mediadora (que preciso continuar lendo); e Legend, 6º livro da série New Adul, Real. Dos "novos" lançamentos, os que mais chamaram minha atenção foram: The Shadow Queen, uma releitura da Branca de Neve; The Forbidden Wish, uma releitura d'As Mil e Uma Noites; The Girl From Everywhere, sobre viagens no tempo; e Symptoms of Being Human, um contemporâneo LGBT.

Quais chamaram mais sua atenção?

Resenha - Proibido

Resenha feita pela Tay!
Título: Proibido
Título Original: Forbidden
Livro Único.
Autor: Tabitha Suzuma
Editora: Valentina
Páginas: 376
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Saraiva // Submarino

Chorei muito.

SinopseEla é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã.
Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

A Trama:
 Cinco anos atrás, o pai dos irmãos Whitely saiu de casa para ir morar com uma mulher mais nova na Alemanha. A mãe deles se tornou uma alcoólatra e uma mãe irresponsável, deixando os filhos mais novos aos cuidados dos mais velhos, Lochan e Maya, de 17 e 16 anos, respectivamente. E é nessa convivência nem um pouco comum que ambos percebem sentir um pelo outro algo além do amor fraternal entre irmãos.
O tema tratado nesse livro é um grande tabu e bem difícil de ser trabalhado, mas a autora conseguiu construir sua história de forma sensível e crível, nos inserindo na situação em que essas duas pessoas se encontram e nos fazendo acreditar naquele sentimento que eles têm um pelo outro. Ela também nos traz várias reflexões sobre o tema, que nos fazem ficar pensando sobre o assunto durante e depois da leitura. Acredito que para entender realmente tudo o que ela quis nos demonstrar com isso, é preciso ler o livro e sentir todo o impacto que Proibido pode nos proporcionar. O final me pegou completamente de surpresa e ainda não consegui superá-lo.

Resenha - The Truth About Forever

Resenha feita pela Luh!  
Título: The Truth About Forever
Livro Único
Autora: Sarah Dessen
Páginas: 374
Ano: 2004
Saiba mais: Skoob

Sarah Dessen acerta novamente.

Sinopse: Sixteen-year-old Macy Queen is looking forward to a long, boring summer. Her boyfriend is going away. She's stuck with a dull-as-dishwater job at the library. And she'll spend all of her free time studying for the SATs or grieving silently with her mother over her father's recent unexpected death. But everything changes when Macy is corralled into helping out at one of her mother's open house events, and she meets the chaotic Wish Catering crew. Before long, Macy joins the Wish team. She loves everything about the work and the people. But the best thing about Wish is Wes—artistic, insightful, and understanding Wes—who gets Macy to look at life in a whole new way, and really start living it.

A Trama: Macy é uma garota normal no ensino médio, tem um namorado muito inteligente e está prestes a entrar nas férias de verão. O relacionamento da garota com sua família não é ruim, mas também não é ótimo, especialmente desde que seu pai morreu. Apesar de o livro prender o leitor desde o início, a vida de Macy é bem monótona no início, exceto pelo fato de que seu namorado é um idiota que não se importa muito com ela.
Porém tudo muda, e a trama se torna cativante e original, a partir do momento em que ela conhece as pessoas que trabalham na Wish, um serviço de bufê para eventos privados.

Resenha - Sorria, Você Está Sendo Iluminado

Resenha feita pela Luh!  
Título: Sorria, Você Está Sendo Iluminado
Livro Único
Autor: Felipe Guga
Editora: Galera Record
Páginas: 96
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Extra // Amazon // Submarino

As ilustrações mais bonitas.

Sinopse: Um convite ao leitor para visões de mundo mais profundas, ideias jovens e novas atitudes.
De Osho a Gandhi, de Jesus a Neil Young. O trabalho do artista se inspira em aforismos diversos, e as frases motivacionais se misturam a desenhos modernos e contestadores para espalhar luz, amor e gratidão.
Guga traz consigo o dom de acender a esperança nos corações dos que o seguem, mas também sabe adotar um tom provocador, daquele que nos tira da zona de conforto do dia a dia e faz pensar. Sua arte, exposta ao público, vai além do contemplativo.

As citações: Eu não sabia o que esperar quando comecei esse livro, mas adorei algumas das citações dele. Cada página cita uma pessoa e tem uma ilustração para acompanhar. As frases foram escolhidas para levantar o ânimo das pessoas, e adorei isso. Entretanto, tive um problema bem sério com a quantidade de citações religiosas, cerca de 1/3 do livro vinha da Bíblia. É claro que para quem já sabe, não é um problema, eu só não estava esperando por isso.

Top Comentarista - Fevereiro

Boa noite gente linda!!! 
Como foi o início de ano de vocês! O meu foi uma delícia, mas parece que o tempo tá passando cada vez mais rápido, estou entrando em desespero!!!
Agora, vamos ao Top do Mês! Sempre vale ressaltar que os comentários são contados desde o primeiro post do mês.
Qualquer dúvida, estou sempre à disposição no email promosfomedelivros@gmail.com - assim que eu ler, respondo vocês
Agora, antes tarde do que nunca, né?! Finalmente trago para vocês o resultado do Top Comentarista de Dezembro.



O esquema é o mesmo de sempre, viu? Se vocês clicarem na imagem ela fica melhor. 
Vários nomes novos participando, adorei! Apesar de continuarmos com poucas inscrições né... Estou começando a ficar chateada e a pensar que vocês não gostam mais de mim. :'(
Agora... 



Emanoelle Souza!!! Parabéns!!!
O e-mail já foi enviado e você pode escolher seu prêmio!

Agora para fevereiro, faremos uma listinha com muitos livros legais para vocês escolherem como prêmio, ok? São livros suficientes para agradar a todos os gostos, de editoras e gêneros variados. 

REGRAS:


1. Serão válidos apenas:
- Um comentário por post;
- Comentários feitos nas postagens de fevereiro, exceto as promoções! (Cuidado, isso conta desde o 1º dia do mês e não a partir dessa postagem);
- Comentários com conteúdo. "Adorei a resenha", "Que legal" e etc. serão ignorados. REALMENTE VAMOS DESCLASSIFICAR AS PESSOAS. No mínimo, leia parte do post e, por favor, comente algo condizente com a resenha!

2. Você pode usar o Intense Debate, o Facebook ou ambos. Caso pretenda usar ambos (ou troque no meio do mês) e eles tenham nomes diferentes, não se esqueça de avisar.

3. Para participar você só precisa deixar um comentário nesse post com uma forma de contato (pode ser e-mail, twitter, etc.). A contagem final será feita por mim e só é necessário inscrever-se uma vez.

4. Os vencedores receberão pontos, baseado na quantidade de posts em que comentaram. Quem comentar em mais de 5 postagens receberá 1 ponto, quem comentar em mais de 20 receberá 2 e quem comentar em tudo (esquecendo, no máximo, 1 post), recebe 3. Sendo assim, quando formos sortear, se você recebeu 3 pontos, seu nome estará na lista 3 vezes. 

5. Será um vencedor, o qual terá direito a um livro da lista que será enviada por e-mail. Essa lista tem lançamentos bem recentes e livros mais antigos de diversas editoras. Caso nenhum livro interesse ao vencedor, pode ser oferecido outro prêmio.

6. Os inscritos tem até 02 de março para comentar. O resultado sairá no post do Top Comentarista do mês e na página de vencedores.


Boa sorte! Até mês que vem!