Saciando a Fome #146

É tuuudo meu.


Dessa vez chegaram apenas os livros da Luh (eu), então dei sorte de receber muita coisa boa! Começando por Rainha das Sombras (Sarah J. Maas - Galera Record), o quarto volume da série Trono de Vidro, que eu adoro. Como estou tentando variar nos gêneros, também recebi De Repente (Nichole Chase - Pandorga), que é um contemporâneo fofo, e uma fantasia, A Profecia do Pássaro de Fogo (Melissa Grey - Seguinte), que será uma boa surpresa, já que não sei quase nada sobre a trama.
Por fim, já que eu não resisto a uma boa distopia, Rebelde (Amy Tintera - Galera Record) é a finalização de uma duologia distópica.

Resenha - A Queda dos Anjos

Resenha feita pela Luh!
Título: A Queda dos Anjos
Título Original: Angelfall
Série: Fim dos Dias
1- A Queda dos Anjos (2016)
2- World After (2013 US)
3- End of Days (2015 US)
Autora: Susan Ee
Editora: Verus
Páginas: 279
Saiba mais: Skoob
Comprar: Extra // Amazon

Uma fantasia surpreendente.


Sinopse:  Quando o mundo que conhecemos está prestes a ser arrasado, é preciso apostar tudo na redenção.
Os anjos do apocalipse chegaram — e vieram para aterrorizar a humanidade e acabar com o mundo moderno. Gangues de rua tomam conta do dia, enquanto o medo e a superstição dominam a noite. Quando anjos guerreiros sequestram uma menininha indefesa, sua irmã mais velha, Penryn, fará o que for preciso para salvá-la. Até mesmo um acordo com um anjo inimigo. Raffe é um guerreiro caído, que perdeu as asas. Depois de eras lutando suas próprias batalhas, ele é resgatado de uma situação desesperadora pela jovem Penryn, que concorda em ajudá-lo — desde que ele mostre a ela como encontrar sua irmã. Viajando por um mundo sombrio e perigoso, eles podem contar apenas um com o outro para sobreviver. Juntos, vão em direção à fortaleza dos anjos em San Francisco, onde Penryn arriscará tudo para resgatar sua irmã, e Raffe se colocará à mercê de seus piores inimigos pela chance de voltar a ser inteiro.

A Trama: A Queda dos Anjos é, mais do que qualquer coisa, um livro sombrio. A humanidade está tentando sobreviver, a protagonista tem uma mãe completamente maluca e se você está esperando um romance fofo ou final feliz, passe longe. Agora, se você quer uma trama inovadora, realista, com momentos brilhantes, aposte nesse livro.
Uma coisa que me surpreendeu foi a falta de romance. Eu esperava algum tipo de romance proibido entre anjo e humano, no estilho Feita de Fumaça e Osso, mas a relação de Penryn e Raffe é mais no estilo "eu te ajudo a ficar vivo e você me ajuda a não morrer muito rápido". Além disso, é um livro cheio de violência, membros mutilados, mortes e etc.
Eu amei.

Resenha - Destinado

Resenha feita pela 
Título: Destinado
Série: 
Perdida
1 - Névoa
2 - Gelo (2014)
1 - Perdida (2013)
2 - Encontrada (2014)
3 - Destinado (2015)
1 - Névoa
2 - Gelo (2014
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 462
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon

Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores, exceto em Sinopse.

SinopseIan Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil - mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão.
Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo.
Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto...
Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia - desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.

A Trama: Mais um livro da série Perdida. Neste, temos o ponto de vista do mocinho Ian Clarke, muitos flashbacks, muito drama e muita enrolação. A "máquina do tempo" de Sofia reaparece e causa uma enorme confusão não só para o casal, mas também para outros membros da família Clarke, e o livro narra o desenrolar desse problema.
Acho que a autora se demorou muito em algumas partes, o que deixou esse livro mais cansativo que os anteriores. Ao avançar na leitura, tive a sensação de que estava apenas lendo a mesma coisa várias e várias vezes.

Resenha - De Volta

Resenha feita pela Tay!
Título: De Volta
Título Original: Homecoming
Série: The 100
1- The 100: Os Escolhidos (2014)
2- Dia 21 (2015)
3- De Volta
Autor: Kass Morgan
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Saraiva 

Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores, exceto em Sinopse e A Trama (só a primeira frase).


SinopseQuando naves riscam o céu da Terra, os 100 sabem que mais pessoas estão deixando a colônia espacial. E esse pode ser o retorno definitivo da humanidade ao planeta.
Glass sobreviveu à queda dos módulos de transporte. Ela experimenta as novas sensações de estar na Terra.
Clarke, por sua vez, está comandando o resgate aos sobreviventes da colisão, mas não consegue parar de pensar em seus pais, que ainda podem estar vivos.
Já Wells precisa encontrar uma forma de lidar com a nova ameaça à sua liderança. Os homens que detinham o poder na colônia estão decididos a manter a ordem na Terra segundo suas regras. Mas essa nova lei está longe de ser justa.
Chegou a hora de os 100 lutarem por liberdade, em seu novo lar.

A Trama: Agora que os adultos estão na Terra, as coisas começam a mudar um pouco na rotina que os 100 tinham estabelecido. Infelizmente, essa mudança não é para o bem. Eu esperava, após ficar bem empolgada com o segundo livro, que a autora nos desse uma conclusão incrível e de tirar o fôlego. Ao contrário, senti como se estivesse lendo Os Escolhidos novamente - e isso não é uma coisa boa. O livro todo parece seguir a passo de tartaruga e nada realmente acontece. Ao invés de explorar o potencial que a história tem, a autora se preocupa mais em escrever o romance do que expandir seu universo.

Resenha - Meu Coração e Outros Buracos Negros

Resenha feita pela Tay!
Título: Meu Coração e Outros Buracos Negros

Título Original: My Heart and Other Black Holes
Livro Único.
Autor: Jasmine Warga
Editora: Rocco
Páginas: 312
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: 
Amazon // Saraiva // Submarino

Sinopse
Um tema amargo, mas necessário. Em Meu coração e outros buracos negros, a estreante Jasmine Warga apresenta aos leitores um romance adolescente que aborda, de forma aberta, honesta e emocionante, o suicídio. Aysel, a protagonista, enfrenta problemas com a família e os colegas de escola, como tantos jovens por aí, e, aos 16 anos, planeja acabar com a própria vida. Mas quando ela conhece Roman num site de suicídio, em busca de um cúmplice que a ajude a planejar a própria morte, num pacto desesperado, a vida dos dois literalmente vira de cabeça para baixo. Aos poucos, Aysel percebe que seu coração ainda é capaz de bater alegremente. E ela precisará lutar por sua vida, pela vida de Roman e pelo amor que os une, antes que seja tarde.

A TramaO pai de Aysel cometeu um crime terrível e, três anos depois, parecem que todos a culpam por algum motivo, inclusive ela mesmo. Todos a ignoram na escola e falam pelas suas costas; em casa, ela consegue ver o desespero nos olhos da mãe e da meia-irmã sempre que ela está por perto. Com todo esse peso dentro dela e o sentimento de que está atrapalhando as vidas das pessoas a sua volta, Aysel decide acabar com a própria vida. Para conseguir ir até o final com essa ideia, ela procura por um parceiro de suicídio em um site sobre o assunto e é então que conhece Roman. O livro trás uma melancolia e um sentimento de desespero por parte dos personagens. Mesmo que "pesado" não se aplique aqui com tanta força, é um livro muito emotivo e intenso, por falar sobre depressão e suicídio, que consegue fazer o leitor se conectar com os personagens e desejar com todas as forças que algum milagre aconteça no final.

Resenha - Scott Pilgrim Contra o Mundo

Resenha feita pela Lary!  
Título: Scott Pilgrim Contra o Mundo
Título Original: Scott Pilgrim's Precious Little Life
Série: Scott Pilgrim Contra o Mundo
1- Scott Pilgrim Contra o Mundo vol. 01
2- Scott Pilgrim Contra o Mundo vol. 02
3- Scott Pilgrim Contra o Mundo vol. 03
Autor:
Editora: Quadrinhos na Cia. (Cia das Letras)
Páginas: 368
Comprar: Cultura // Amazon


Sinopse: Scott Pilgrim está feliz com sua preciosa vidinha. Aos vinte e poucos anos, esse canadense levemente excêntrico divide os dias entre o ócio do desemprego voluntário e os ensaios de sua banda de rock, a improvável Sex Bob-Omb. Sua namorada, uma chinesa de nome Knives Chau, tem dezessete anos, e o relacionamento casto gerando a preocupação dos amigos quanto às intenções de nosso herói para com uma garota tão nova, tudo vai bem. A rotina de videogames e indolência, no entanto, está prestes a sofrer um abalo sísmico. E o nome dela é Ramona Flowers, americana recém-chegada ao Canadá, única entregadora da Amazon na região. Esse é o universo de Scott Pilgrim contra o mundo, cultuada série em quadrinhos do canadense Bryan Lee O'Malley que a Quadrinhos na Cia. traz ao Brasil. 

A Trama: Scott é um canadense de 23 anos e está desempregado, mora com Wallace - seu colega de quarto Gay. Depois de um término traumático Scott começa a namorar uma garota de 17 anos, para a preocupação de todos que o conhecem, mesmo que até agora ele só tenha segurado na mão dela. Tudo muda quando Scott começa a sonhar com uma estranha de cabelos coloridas, e surta ao encontrá-la na biblioteca municipal de Toronto.

Pilha de Leitura da Luh #31

Ahá! Dessa vez fui muito rápida. Mais rápida que o The Flash. Aposto que vocês nem acreditam na minha velocidade.
Se você não conhece a Pilha de Leitura, é uma coluna em que nós vamos falar um pouquinho sobre os próximos livros que pretendemos ler, como está indo nosso ritmo, quais livros gostamos, e quais não, e muito mais. Ao clicar nos títulos da primeira seção, você vai para as resenhas, e da segunda, para a página do livro no Skoob.

A Última Pilha:


Você está vendo essa pilha enorme com nove livros? Eu li tudo em três semanas!
Ok, vamos falar dos livros. Eu dei sorte e adorei a maioria dos livros lidos, alguns até entraram para meus favoritos, como Uma Chama Entre as Cinzas, que eu já esperava que fosse bom, mas superou as expectativas, ou Divina Vingança, que agora faz parte de uma das minhas séries prediletas com as protagonistas mais perigosas.
Apesar de estar constantemente tentando diminuir as séries que tenho pra ler, comecei algumas séries novas, como A Queda dos Anjos, uma fantasia distópica com anjos poderosos, e Obsidiana, uma ficção científica com aliens que me lembrou bastante Eu Sou o Número Quatro. Mas, para que eu não entre em desespero, também li várias continuações das séries que já conheço.
The Iron Queen está um pouco previsível, porém bem divertido, Pela Noite Eterna foi uma continuação recheada de ação e perigo e Sol e Tormenta não foi tão bom quanto eu esperava, mas estou dando uma chance para o último livro da trilogia.
Para terminar a pilha, finalmente consegui ler O Sangue do Olimpo e foi uma decepção previsível, porque o livro não traz nada de inovador, segue exatamente a mesma trama dos outros, e li um romance fofo pra dar um tempo na fantasia, Salve-Me, que é um dos meus favoritos da autora.

Saciando a Fome #145

Faz um tempo que não mostramos o que chegou, então temos muitas novidades!


Como recebemos os livros aos poucos, alguns já tem até resenha no blog! Artista dos Ossos (Madeleine Roux - V&R) é um conto da série Asylum e Salve-me (Rachel Gibson - Geração Editorial) é um romance muito fofo!
Para as outras novidades, Sombrio (Luke Delaney - Fábrica 231) é um suspense policial, Jovens de Elite (Marie Lu - Rocco) é uma fantasia distópica de uma autora que já amo, Pela Noite Eterna (Veronica Rossi - Rocco) é outra distopia de uma autora ótima.
Finalizando, temos Meu Coração e Outros Buracos Negros (Jasmine Warga - Rocco), que acho que é um romance contemporâneo, mas vou confessar que não faço ideia, e Sejamos Todos Feministas, um discurso que foi transformado em livro.

Resenha - O Pequeno Príncipe

Resenha feita pela Maay!  
Título: O Pequeno Príncipe
Título Original: Le Petit Prince
Livro Único.
Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Companhia das Letrinhas
Páginas: 176
Ano: 2015 (original em 1943)
Saiba mais: Skoob
Comprar: Fnac // Amazon // Submarino

Não sei quantas vezes já li esse livro, mas eu nunca canso.

Sinopse: Publicado há mais de setenta anos, O pequeno príncipe é o segundo livro mais lido do mundo - perde apenas para a Bíblia! Traduzido em praticamente todas as línguas, foi escrito pelo francês Antoine de Saint-Exupéry, que, além de escritor, foi um aviador apaixonado pelos céus, num tempo em que aviões não passavam de engenhocas e pilotar era uma espécie de hobby de gente rica ou trabalho perigoso demais. Antoine trabalhou para a primeira empresa a entregar correspondência por via aérea, a Aéropostale, e viveu grandes aventuras nos quatro cantos do globo: passou até pelo Brasil, onde ficou por quase três anos implantando novas escalas e ganhou o apelido de “Zé Perri”. Essas experiências marcaram as suas obras - inclusive O pequeno príncipe.
É por isso que, nesta edição, depois de ler a história do piloto que encontra um menino de cachos dourados no deserto do Saara, o leitor é convidado a fazer um mergulho na vida do autor e nos detalhes e curiosidades que envolvem a obra, em um posfácio recheado de fotos inéditas e informações imprescindíveis.

A Trama: É difícil imaginar que alguém pode não ter ouvido falar desse livro. Mas, se você por um acaso não conhece, por favor, conserte isso o mais rápido possível (comece lendo a resenha até o fim, haha). A história do piloto que se perde no deserto do Saara e lá encontra um principezinho com o coração mais puro do mundo é, na minha humilde opinião, um dos maiores e melhores clássicos que já existiu
Li esse livro, pela primeira vez, com 11 ou 12 anos. Naquela época, não entendi muito bem o que as pessoas viam de tão extraordinário nessa história maluca e fantasiosa. Na segunda leitura, achei alguns quotes interessantes. Foi apenas alguns anos depois que eu tive olhos para ver o invisível. E então me apaixonei. 
Realmente, não sei quantas vezes o reli, mas foram muitas. E a cada releitura, consigo encontrar mais uma lição de vida escondida nessa maluquice toda. 


"O Pequeno Príncipe vai iluminar as crianças com uma luz indireta. Vai atingi-las, penetrá-las no mais secreto de si mesmas e permanecer nelas como uma luzinha que se revelará quando forem capazes de compreender." - Pamela Travers, autora de Mary Poppins.

Resenha - Os Adoráveis

Resenha feita pela Tay!
Título: Os Adoráveis

Título Original: Adorkable
Livro Único.
Autor: Sarra Manning
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Ano: 2013
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon


Sinopse
Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.

A Trama: Jeane e Michael descobrem que seus respectivos namorados estão gostando um do outro e não sabem muito bem o que fazer. Até que Jeane termina com Barney e convence Scarlett a terminar com Michael para os dois ficarem juntos. Por esse motivo, Michael acaba se aproximando de Jeane, mesmo que ele a deteste. Primeiro para tirar satisfações, depois porque ele detonou a bicicleta dela e, por último, porque do nada começaram os beijos. E isso dá início a uma história leve, engraçada e muito adorkable adorável!

Resenha - O Perfume


Resenha feita pela Maay!
Título: O Perfume
Título Original: Das Parfum
Autor: Patrick Süskind
Editora: Record
Páginas: 256
Ano: 1995
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Fnac

Um livro não se torna clássico se não tem algo de especial.

Sinopse: França, século XVIII. O recém-nascido Jean-Baptiste Grenouille é abandonado pela mãe junto a restos de peixes em um mercado parisiense. Rejeitado também pela natureza, que lhe negou o direito de exalar o cheiro característico dos seres humanos, pelas amas-de-leite e por instituições religiosas, o menino Grenouille cresce sobrevivendo ao repúdio, a acidentes e doenças. Ainda jovem descobre ser dotado de imensa sensibilidade olfativa e parte em busca da essência perfeita, do perfume que lhe falta para seduzir e dominar qualquer pessoa. Nessa busca obsessiva, ele usurpa a essência dos corpos de suas vítimas.

A Trama: Acredito que a maioria de vocês já ouviu falar desse livro, ou pelo menos assistiu ao filme. E se você é um dos que assistiu apenas ao filme, se permita conhecer a história escrita. 
Grenouille, como a sinopse já adianta, é um garoto que não tem cheiro próprio, mas é dono de um nariz único - e na busca de criar um perfume humano para si, ele se torna assassino.
A história mescla um pouco de fantasia com realidade. Mas essa mistura é muito sutil, como a maior parte da narrativa, diga-se de passagem. Tudo é muito cheio de sutileza, até mesmo as descrições dos assassinatos. É bonito de ver. Meio macabro, mas bonito (haha).
  
O Protagonista: Grenouille é doido, estranho, maluco... Sério. Admiro a criatividade do autor por criar um personagem assim. E admiro também sua coragem de criar um protagonista pelo qual quase nenhum leitor terá empatia.
Eu me envolvi pela sua história, fiquei curiosa e queria saber o que aconteceria. Mas em momento algum torci por ele. Pelo contrário, queria ver ele se #@%&$ mesmo é que ele fosse descoberto o quanto antes.

Os Personagens Secundários: Apesar de o livro ser narrado em terceira pessoa e ter um narrador onisciente (aquele que conhece o íntimo dos personagens), não temos tempo de conhecer muito bem os personagens secundários. Não somente porque o foco está mesmo no protagonista, mas também porque ele não fica muito tempo no mesmo lugar.

Capa, Diagramação e EscritaA edição que eu li é maravilhosa. De capa dura, cara de livro antigo mesmo, sabem? Aqueles que aparecem nas bibliotecas de filmes e a gente fica babando. Coisa mais linda da vida, me apaixonei.
A narrativa consegue ser sutil e grotesca ao mesmo tempo. O autor faz uma metáfora comparando o protagonista a um carrapato que torna quase palpável a riqueza de sua escrita. Só nisso ele já tinha me ganhado.

Concluindo: Apesar de alguns trechos mais lentos, eu gostei bastante. Pode não ter marcado minha vida, mas preciso reconhecer a qualidade dessa obra. Agora, não vou dizer que esse é um livro para qualquer um, porque não é. A história vai além do bizarro, sério. Mas... Tem a escrita. E a escrita de Patrick é uma coisa indescritível.
Vale para quem gosta de clássicos, para quem quer se aventurar em outros estilos e tal. Porém, tem o seu lado esquisito, e prefiro prevenir vocês sobre isso.

Classificação:

Top Comentarista - Abril

Boa noite gente linda!!! 
Tenho um comunicado importante para fazer a vocês: não vou mais me desculpar pelo atraso no Top (hahaha). Vocês já sabem que eu atraso, não sabem? Então não faz muito sentido...
Vocês já pararam para pensar que 1/4 do ano já foi? Essas coisas me deixam meio em pânico, o tempo está passando rápido demais para a quantidade de coisas que tenho/pretendo fazer! 
Enfim, desabafo feito, vamos ao Top do Mês! Lembrem-se que os comentários são contados desde o primeiro post do mês.
Qualquer dúvida, estou sempre à disposição no email promosfomedelivros@gmail.com - assim que eu ler, respondo vocês


O esquema é o mesmo de sempre, viu? Se vocês clicarem na imagem ela fica melhor. 
Só porque mês passado elogiei o número de inscrições, vocês resolveram me zoar esse mês e sumiram né? Me sindo abandonada gente, não façam isso!!! 
Antes de colocar o resultado, deixem eu explicar uma coisinha. Como em em março continuamos com menos posts no blog, o esquema de pontos ficou um pouco diferente (o mesmo que rolou em fevereirol): quem comentou em pelo menos 5 postagens recebeu 1 ponto, quem comentou em mais de 10 recebeu 2, e quem comentou em todas (esquecendo no máximo 1 post) recebeu os 3 pontos.
Agora sim, vamos ao resultado!



Emanoelle Souza!!! Parabéns!!!
O e-mail já foi enviado e você pode escolher seu prêmio!

Agora para abril, faremos uma listinha com muitos livros legais para vocês escolherem como prêmio, ok? São livros suficientes para agradar a todos os gostos, de editoras e gêneros variados. 

REGRAS:


1. Serão válidos apenas:
- Um comentário por post;
- Comentários feitos nas postagens de abril, exceto as promoções! (Cuidado, isso conta desde o 1º dia do mês e não a partir dessa postagem);
- Comentários com conteúdo. "Adorei a resenha", "Que legal" e etc. serão ignorados. REALMENTE VAMOS DESCLASSIFICAR AS PESSOAS. No mínimo, leia parte do post e, por favor, comente algo condizente com a resenha!

2. Você pode usar o Intense Debate, o Facebook ou ambos. Caso pretenda usar ambos (ou troque no meio do mês) e eles tenham nomes diferentes, não se esqueça de avisar.

3. Para participar você só precisa deixar um comentário nesse post com uma forma de contato (pode ser e-mail, twitter, etc.). A contagem final será feita por mim e só é necessário inscrever-se uma vez.

4. Os vencedores receberão pontos, baseado na quantidade de posts em que comentaram. Quem comentar em mais de 5 postagens receberá 1 ponto, quem comentar em mais de 20 receberá 2 e quem comentar em tudo (esquecendo, no máximo, 1 post), recebe 3. Sendo assim, quando formos sortear, se você recebeu 3 pontos, seu nome estará na lista 3 vezes. 

5. Será um vencedor, o qual terá direito a um livro da lista que será enviada por e-mail. Essa lista tem lançamentos bem recentes e livros mais antigos de diversas editoras. Caso nenhum livro interesse ao vencedor, pode ser oferecido outro prêmio.

6. Os inscritos tem até 02 de maio para comentar. O resultado sairá no post do Top Comentarista do mês e na página de vencedores.


Boa sorte! Até mês que vem!

Resenha - A Menina da Neve

Resenha feita pela Tay!
Título: A Menina da Neve

Título Original: The Snow Child
Livro Único.
Autor: Eowyn Ivey
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon


Sinopse
Alasca, 1920: um lugar especialmente difícil para os recém-chegados Jack e Mabel. Sem filhos, eles estão se afastando cada vez mais um do outro. Em um dos raros momentos juntos, durante a primeira nevasca da temporada, eles constroem uma criança feita de neve. Na manhã seguinte, a criança de neve some. Dias depois, eles avistam uma criança loira correndo por entre as árvores. Uma menina que parece não ser de verdade, acompanhada de uma raposa vermelha e que, de alguma formam consegue sobreviver sozinha no frio e rigoroso inverno do Alasca. Enquanto Jack e Mabel se esforçam para entender esta criança que parece saída das páginas de um conto de fadas, eles começam a amá-la como se fosse sua própria filha. No entanto, nesse lugar bonito e sombrio, as coisas raramente são como aparentam, e o que eles aprenderão sobre essa misteriosa menina irá transformar a vida de todos.

A Trama: Não sei por onde começar ao tentar explicar a trama desse livro, porque na verdade não há exatamente uma. Um casal sem filhos e infeliz por causa disso se muda para o Alasca e enfrenta as dificuldades desse lugar selvagem. No seu primeiro inverno, eles constroem uma menina de neve, mas no dia seguinte, no seu lugar, aparece uma menina de verdade, ainda gerando dúvidas se ela saiu mesmo da neve ou se está apenas perdida e precisando de uma família. É ela então que vai trazer algum tipo de felicidade e conforto para o casal. Depois, não acontece praticamente nada. Temos neve, daí eles caçam, depois plantam, a menina some, neva de novo, eles caçam de novo, plantam de novo, a menina some de novo... Entendem? E um acontecimento no final foi bem "wtf?".

Pilha de Leitura da Tay #21

Oi, gente! Não tenho ideia de como começar a postagem, então vamos direto para as pilhas.

A Última Pilha: 



O Papel de Parede Amarelo é um conto que trás várias reflexões e é bem importante no movimento feminista. Apesar de ter gostado muito da ideia do conto e de tudo o que ele gerou, a leitura dele propriamente não foi tão incrível para mim. Adorei a proposta do Vamos Juntas? e me emocionei bastante com a leitura, apesar de não concordar exatamente com tudo. As Virgens Suicidas foi uma leitura diferente e que requer muitas releituras para que você consiga tirar cada vez mais camadas dessa história. Seraphina teve um início chatinho, mas que depois se tornou uma leitura envolvente e me surpreendeu bastante, acabei adorando no final das contas. Estou completamente apaixonada por Outro Dia até hoje! Adorei conhecer o ponto de vista de Rhiannon sobre o que estava acontecendo e acompanhar seus dilemas. Também me apaixonei por Mar da Tranquilidade, a história me envolveu de uma forma que eu até sofri com as dores dos personagens. Mesmo assim, sei reconhecer que o livro tem alguns problemas. Incendeia-me me consumiu completamente enquanto eu lia. Também sei reconhecer que tem problemas e faltou muita coisa no desenvolvimento da guerra final, mas como o negócio dessa série é a questão romântica, gostei muito. A Menina da Neve foi um livro frustrante e eu acabei a leitura bem indiferente com a história.


Li Nunca Jamais emprestado, então não deu para colocar na foto da pilha. Eu gostei bastante e fiquei muito curiosa para saber como o será o restante da história. Fragmenta-me é um conto da trilogia Estilhaça-me que li em e-book antes de começar o terceiro volume. É sob o ponto de vista do Adam e eu gostei dos seus sentimentos em relação ao irmão, mas aqui também começamos a ver ele virar um imbecil.
O Pior da Pilha: A Menina da Neve.
O Melhor da Pilha: Outro Dia! <3

Resenha - Artistas dos Ossos

Resenha feita pela Lary!
Título: Artistas dos Ossos
Título Original: The Bone Artists
Série: Asylum
0.5 - Escape from Asylum (2016 US)
1 - Asylum (2014)
1,5 - Scarlets (2015)
2 - Sanctum (2015)
2,5 - Artistas de Ossos (2016)
3 - Catacomb (2015 US)
Autor: Madeleine Roux
Editora: V&R
Páginas: 112
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino

Bem mais fraco do que eu imaginava.

Sinopse: Oliver é um adolescente que tenta economizar dinheiro para ingressar na faculdade e deixar para trás a loja de antiguidades de sua família. Mas para garantir seu sonho ele começa a trabalhar para uma organização sinistra, que se denomina “Artistas de Ossos”. Bem, mas dinheiro é dinheiro. Abrindo sepulturas e roubando ossos, ele aceita a missão pensando que isso seria uma fase momentânea, mas descobre que abandonar essa empreitada pode ter um custo muito alto, pois existem algumas dívidas que não podem ser pagas. Assim Artistas dos Ossos é um puzzle importante que faltava para os fãs da série Asylum.

Resenha - Divina Vingança

Resenha feita pela Luh!  
Título: Divina Vingança
Título Original: Dark Triumph
Série: O Clã das Freiras Assassinas
1- Perdão Mortal (2015)
2- Divina Vingança (2016)
3- Mortal Heart (2014 US)
Autora: Robin LaFevers
Editora: V&R Brasil
Páginas: 392
Comprar: Curitiba // Amazon (ebook)

Esse livro é um presente para qualquer fã de assassinos e ficção histórica.
Nota: Essa resenha não tem spoilers do livro anterior. Além disso, não vou colocar a sinopse aqui. Acredite em mim, é mais legal não saber o que acontece na trama.

A Trama: Vou confessar que comecei o livro bem confusa. Ele se inicia logo antes do final de Perdão Mortal, porém do ponto de vista de Sybella, outra das assassinas do convento de São Mortain e há muita coisa que aconteceu com a garota desde que ela misteriosamente deixou o convento, seis meses atrás, mas logo comecei a entender a história.
Fiquei com genuína pena da protagonista, que passou por situações que são raras em livros de YA e são recomendadas somente para quem tem estômago forte, com espancamentos frequentes e outras cenas de cortar o coração. Entretanto, mais do que tudo, esse livro é extremamente real e me prendeu de uma forma única. É claro que a trama cobre um pouco da intriga política da época, mas é só um pano de fundo para a vida complicada e perigosa que Sybella leva.

Resenha - Salve-me

Resenha feita pela Luh!
Título: Salve-Me
Título Original: Rescue Me
Série: Lovett, Texas
1- Daisy Está na Cidade (2015)
2- Maluca Por Você (2014)
3- Salve-Me (2016)
4- Run To You (2013 US)
Autora: Rachel Gibson
Editora: Geração Editorial
Páginas: 272
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Amazon

Um romance apaixonante.
Aviso: Por ser um livro adulto, esse livro não é recomendado para os leitores mais jovens.


Sinopse:  A salvação de Sadie Hollowell e Vince Haven depende de muitos fatores. Ele voltou traumatizado da guerra ao terrorismo no Afeganistão e ela, aos 33 anos, acha ridículo ser convidada para ser dama de honra do casamento de uma prima no interior do Texas, onde nasceu. Ambos estão perdidos, à procura das raízes e de uma identidade que a vida foi esfacelando, e são atormentados por uma atração sexual violenta que demora muito a se transformar em amor e compromisso.
O que se oferece aos leitores é uma história tensa, em que preconceitos e hesitações lutam contra o amor, sem saber qual dos lados terá o triunfo final. Vale a pena ler e torcer por ele.

A Trama: Começando pelo aviso de que o livro teoricamente faz parte de uma série, mas é completamente independente dos outros, com protagonistas diferentes e etc.
Esse talvez seja meu livro favorito da Rachel Gibson. Além de ter a trama gostosa de sempre, com um romance quente, interações hilárias e um pouquinho da peculiaridade do Texas, a autora finalmente conseguiu corrigir um problema que sempre me incomodou (dos protagonistas parecerem adolescentes sem controles dos hormônios).
Sadie precisa voltar à cidade onde cresceu para o casamento de um parente e definitivamente não espera conhecer Vince. Essa cena em que o casal se conhece é absolutamente hilária e o livro já me ganhou ali, seguindo um ritmo rápido e fofo até o fim.