Retrospectiva Literária 2016 - Ná

Olá pessoal!! Minha vez de falar sobre as leituras do último ano, que não foram muitas, mas felizmente curti a maioria e vou mostrá-las a vocês nessa retrospectiva. Me contem nos comentários de já leram ou pretendem ler algum dos livros :)





Melhor continuação
O Cisne e o Chacal
Sou fãzinha mesmo da série Na Companhia de Assassinos e esse livro, que é o terceiro, simplesmente encheu meu coração para depois quebrá-lo sem piedade, mas ainda assim mantive meu amor. Ainda estou sentindo o gostinho de quero mais.





Mais fofo
HQ fofíssima dessa turma que fez e ainda faz parte da vida de muitas pessoas que como eu cresceram lendo seus gibis. Nessa trama, uma releitura ilustrada e escrita pelos irmãos Cafaggi, a busca pelo cachorro perdido do Cebolinha traz o mesmo encanto já conhecido dos personagens de Maurício de Souza.








Melhor de um autor favorito
A Carina tem conseguido manter a fórmula para escrever bons chick-lits e não falhou nessa trama. Dos dois livros que li dela em 2016, esse foi o que mais me agradou e mais me envolveu com os protagonistas.







Melhor drama
Drama bem dramático, com direito a adaptação para o cinema com atores queridos em Hollywood. O livro conseguiu me deixar imersa na trama e estou curiosa para ver se o filme também conseguirá.







Maior decepção
As Épicas Aventuras de Lydia Bennet
Como nem tudo são flores, também me decepcionei com um livro do qual eu esperava bem mais, sendo continuação de outro que eu havia gostado e tendo uma protagonista tão carismática.





Melhor nacional
Como amo nacionais, não poderia deixar de escolher um dos lidos desse ano como destaque, e o que mais se destacou foi essa história linda, envolvente e surpreendente de Samanta Holtz.






Melhor primeira vez
À Procura de Audrey
Finalmente li Sophie Kinsella e foi uma experiência maravilhosa. Quero conhecer os chick-lits pelos quais ela é tão famosa e tenho certeza que ao menos a escrita vai me agradar, pois o estilo dela se provou cativante.






Melhor policial
Bem melhor que o primeiro livro, Brutal, Sombrio se desenrola deixando o leitor ligado nas ações do psicopata e suas vítimas e nas investigações do detetive Sean Corrigan do início ao fim.






Mais viciante
Novamente Você
Romance super gostosinho que eu não consegui largar, de verdade, e fiquei muito feliz em devorar de uma vez só. Quero mais leituras dessas em 2017, por favor.





Mais tocante
Que livro gente, que livro. Personagens maravilhosos, história linda, escrita intensa, mas delicada... alcançou todas expectativas que tinha para ele. Entrou para meus favoritos da vida e pra minha lista de recomendações com certeza.