Resenha - Matéria Escura

Título: Matéria Escura
Título Original: Dark Matter
Livro Único.  
Autor: Blake Crouch
Editora: Intrínseca
Páginas: 352
Ano: 2017

Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon // Saraiva // Submarino

Sinopse"Você está feliz com a sua vida?"
Essas são as últimas palavras que Jason Dessen ouve antes de acordar num laboratório, preso a uma maca. Raptado por um homem mascarado, Jason é levado para uma usina abandonada e deixado inconsciente. Quando acorda, um estranho sorri para ele, dizendo: “Bem-vindo de volta, amigo.”
Neste novo mundo, Jason leva outra vida. Sua esposa não é sua esposa, seu filho nunca nasceu e, em vez de professor numa universidade mediana, ele é um gênio da física quântica que conseguiu um feito inimaginável. Algo impossível. Será que é este seu mundo, e o outro é apenas um sonho? E, se esta não for a vida que ele sempre levou, como voltar para sua família e tudo que ele conhece por realidade?
Com ritmo veloz e muita ação, Matéria escura nos leva a um universo muito maior do que imaginamos, ao mesmo tempo em que comove ao colocar em primeiro plano o amor pela família. Marcante e intimista, seus múltiplos cenários compõem uma história que aborda questões profundamente humanas, como identidade, o peso das escolhas e até onde vamos para recuperar a vida com que sonhamos.

A TramaNo mundo de Jason Dessen, ele é um professor de física numa faculdade, talvez um pouco frustrado, mas que não se arrepende das decisões que tomou para ficar com sua esposa e filho. Numa noite, voltando de um bar, Jason é sequestrado, levado para um galpão abandonado e deixado inconsciente para acordar rodeado de pessoas que ele não conhece, em um lugar em que ele nunca esteve. Mas todos parecem conhecê-lo e estarem ansiosos por sua volta. Aos poucos, ele descobre que para aquelas pessoas ele é Jason Dessen, gênio da física quântica e responsável por uma das maiores descobertas da humanidade. Agora tudo o que Jason quer é encontrar uma forma de voltar para casa e para sua família, mesmo que isso pareça impossível quando ele descobre que esse pode nem ser o seu mundo.
Matéria Escura é um livro muito esquisito e muito bom! Desde o início da leitura, tudo o que você quer fazer é continuar lendo para saber o que está acontecendo. É uma história que prende o leitor e faz com que ele se divirta apenas criando teorias sobre o que está acontecendo enquanto lê. E quando finalmente conseguimos colocar as peças juntas, tudo fica ainda melhor! Mesmo sendo um livro com muita coisa sobre física quântica, é bem simples acompanhar a história, já que o autor se preocupou em explicar essas coisas para todos nós que não entendemos nada do assunto. Acaba sendo tudo muito interessante e também um pouco assustador imaginar todas aquelas possibilidades. Os acontecimentos finais são do tipo que deveriam ser previsíveis, mas que acabaram me pegando completamente de surpresa, e foi uma loucura maravilhosa acompanhar tudo.


Os PersonagensÉ fascinante acompanhar a jornada de Jason. Apesar dos elementos de ficção-científica e até mesmo thriller, o livro nada mais é do que a busca de um homem por sua família, e ele faria de tudo para tê-los de volta. Toda essa determinação de Jason foi crucial para deixar a história ainda mais envolvente, porque o envolvimento emocional do leitor com o que está acontecendo é o que faz a experiência de leitura valer a pena no final das contas.
Amanda também é uma personagem bem interessante que conhecemos ao longo do caminho, que me deixou um pouco desconfiada no início, mas foi ganhando minha simpatia aos poucos.
Apesar de serem a grande motivação do desenvolvimento da história, não ficamos sabendo muito a fundo sobre Daniela e Charlie, esposa e filho de Jason. Sabemos que ela também abriu mão de sua carreira como pintora para cuidar do filho, e que eles têm uma ótima relação, mas ainda faltou algo que fizesse com que eu me importasse diretamente com eles, não apenas com a questão de Jason querer encontrá-los.
  
Capa, Diagramação e Escrita: A edição da Intrínseca está muito bonita pelo o que eu vi (já que não tenho o livro físico). É em capa dura e o trabalho na diagramação foi muito bem feito. Os capítulos são um pouco longos, mas tudo o que está acontecendo na história é tão interessante, que você nem vê as páginas passando. A escrita do autor também é muito envolvente e, como já disse antes, sua forma de explicar sobre o trabalho de Jason com física quântica é essencial para que todos os leitores consigam absorver a história, mas sem duvidar da inteligência de ninguém, se é que isso faz sentido. Suas descrições estão na medida certa e as cenas de ação são fantasticamente construídas. Qualquer um consegue visualizar essa história facilmente como um filme.

Concluindo: Esse é um livro estranho, que vai virar sua cabeça enquanto lê, te deixar entusiasmado com a história que está se desenvolvendo e até fazer com que você queime alguns neurônios, mas isso é uma coisa boa. Se você gosta de ficção-científica, thriller e universos paralelos, definitivamente deveria dar uma chance.